Uma Pergunta Mais Bonita - Warren Berger

Uma Pergunta Mais Bonita - Warren Berger

Aprenda agora a realizar as perguntas certas para se adequar às mudanças do mundo através da criatividade e da inovação.

Utilize esse resumo de "Uma Pergunta Mais Bonita" para compreender como fazer a pergunta correta pode mudar totalmente as situações da sua vida.

O questionamento é o ponto de partida para a inovação. Mas então, o que empresas e líderes podem fazer para encorajar a explorar o questionamento e utilizar essa poderosa ferramenta como um meio para repensar e reinventar nossas vidas?

Você já percebeu que, quando crianças, fazemos muitas perguntas e que depois de crescidos vamos perdendo esse espírito questionador?

Sabia que isso é prejudicial, limita a inovação e nos torna despreparados para as mudanças recorrentes no mundo?

Se liga que nós temos todas essas respostas nesse PocketBook4You, e ele vai transformar sua vida!

Sobre o livro "Uma Pergunta Mais Bonita"

O livro "Uma Pergunta Mais Bonita" (2019) é a tradução da obra original "A More Beautiful Question" (em inglês), publicada em 2014 pelo autor Warren Berger. Ele traz, em 310 páginas, um conteúdo voltado para desenvolver a capacidade de inovação através da realização de boas perguntas.

O livro conta com exemplos de perguntas que os criadores da Polaroid, Airbnb e da Netflix fizeram para desenvolver novos produtos e serviços. Na visão dele, as crianças são muito questionadoras e criativa, mas isso acaba diminuindo com o tempo, muito por conta do formato das escolas e empresas.

Por isso, Warren Berger traz um processo que busca fomentar a curiosidade, imaginação e inovação, tão essencial para sustentabilidade das empresas nos dias atuais.

Sobre o autor Warren Berger

Warren Berger é um jornalista e especialista em inovação. Além desse, ele é autor de outros livros, dos quais destacamos "The Book of Beautiful Questions" e "Glimer" (premiado como o melhor livro de inovação e design de 2009, pela Business Week).

Warren Berger estudou pessoas inovadoras e criativas, com o objetivo de entender como elas formulam perguntas e conseguem criar ideias originais e inovadoras para resolverem problemas.

Sua pesquisa sobre questionamento e inovação foi publicada nas conceituadas revistas americanas Fast Company e Harvard Business Review.

Esse livro é indicado para quem?

Esse livro é indicado para as pessoas que desejam desenvolver sua capacidade de inovação e de criatividade para se adequarem às necessidades do mercado.

Ideias principais do livro "Uma Pergunta Mais Bonita"

  • Definir um sistema prático de questionamento;
  • Elaborar um processo inovador para ajudar a alcançar respostas poderosas;
  • Mostrar que o questionamento é essencial no mundo empresarial atual;
  • Compartilhar exemplos de empresas e histórias de vida e carreira contadas por grandes artistas, professores, empresários e ativistas sociais, de como essas pessoas mudaram não apenas suas vidas, mas também do mundo ao redor delas;
  • E como tudo isso é possível? Começando com uma pergunta bem-feita.

Faça o Download do Resumo do Livro "Uma Pergunta Mais Bonita" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] Uma Pergunta Mais Bonita - Warren Berger, PDF

Overview: A razão da falta de inovação

Como dito na introdução, você já percebeu que crianças não param de fazer perguntas? São, em média, quarenta mil questionamentos entre dois a cinco anos de idade. Isso acontece por conta da vontade conhecer e aprender, que é muito grande nessa idade.

Por outro lado, o número de perguntas que as pessoas fazem cai drasticamente à medida que envelhecem. Você sabe por que isso acontece?

Segundo Warren Berger, na medida que os indivíduos entram nas escolas, a cultura de questionamento desaparece. Isso ocorre porque o sistema de educação clássico tem foco na memorização de conteúdo para provas e testes.

Na visão de Berger, muitas escolas foram desenvolvidas para produzir trabalhadores em um ambiente com pouca tecnologia, no qual a retenção de conhecimento era primordial.

Dessa forma, é necessário se reinventar, ser um pensador, questionador, inovador e criativo. E, para o autor, a forma de desenvolver tais habilidades é através dos questionamentos certos.

Para ele, realizar boas perguntas proporciona o desenvolvimento de novas oportunidades e de implementar mudanças. O autor sugere que você não procure respostas, mas sim por perguntas.

Segundo Berger, alguns produtos, serviços e entretenimentos revolucionários atuais, como o Airbnb e a Netflix, têm suas raízes nas perguntas.

Por isso, para prosperar em um ambiente dinâmico, as empresas precisam se questionar mais. Isso demonstra uma ruptura com os padrões clássicos que reprimem o questionamento.

Dessa maneira, é necessário que você tenha em mente quais perguntas são mais importantes. Quer saber quais são? No próximo Overview!

Overview: As perguntas cruciais

Para o autor, há três tipos de perguntas que você deve seguir para desenvolver uma ideia inovadora e criativa. São elas:

  • Por quê?
  • E se?
  • Como?

Para Warren, essas 3 perguntas permitem que você siga a lógica de se questionar sobre a realidade atual (que é o primeiro passo da inovação) através da pergunta "por quê?" e possibilita a percepção de uma nova realidade através do "por que não?".

O próximo passo é se questionar "e se?", pois, segundo ele, essa pergunta estimula o pensamento inovador e criativo.

Por último, é necessário pensar no modo ou no processo a ser seguido para colocar tal ação em prática. Por isso você deve se questionar sobre "Como" realizar tal ideia.

"Por quê?"

Para Warren Berger, esse tipo de pergunta possibilita a visão de um fato sob nova perspectiva. O "Por quê?" permite que você pare e tente visualizar as ações novamente, o que permite inovar nas soluções.

Além disso, o "Por Quê" te possibilita chegar na raiz do problema e ver a situação com uma "mente de principiante".

Steve Jobs, fundador da Apple, por exemplo, adotou a prática de "mente de principiante". Dessa forma, ele buscava observar as situações como se fosse a primeira vez perguntando o "Por quê?" das situações. Basicamente o que uma criança faz.

A Câmera Polaroid surgiu através dessa pergunta. A filha de três anos de Edwin Land perguntou ao seu pai por que ela não podia ver imediatamente a fotografia que seu pai tinha acabado de tirar. O pai continuou a pensar sobre a pergunta e, quatro anos depois, lançou a primeira câmera instantânea.

"Por que não?"

Enquanto o "Por quê" é capaz de informar muita coisa, principalmente sobre o cenário geral. Se perguntar "Por que não" permite que você encontre um direcionamento sobre uma possível solução.

O questionamento do "Por que não" permite pôr à prova as suposições básicas sobre como as coisas são feitas. Por isso, essa pergunta é uma grande fonte de inovação.

Você sabia que, dentre outros fatores, o Airbnb surgiu através dessa pergunta?

Os fundadores perceberam que, em épocas de eventos, os hotéis ficavam muito cheios e com preços altos. Dessa forma, se questionaram "Por que não alugar a casa onde moramos?" e começaram a desenvolver a ideia do que hoje é o Airbnb.

Está vendo a importância dos questionamentos?

"E se?"

Apesar das perguntas "Por quê?" e "Por que não?" serem ótimas para identificar problemas e um novo caminho, é necessário imaginar possíveis soluções. Por isso, a próxima etapa é perguntar "E se?".

Nessas perguntas é possível ser bastante criativo e inovador. Nessa etapa não é necessário ser prático e realista, muito pelo contrário, aqui é hora de ser sonhador.

Você deve imaginar várias soluções para os problemas identificados.

Saiba também que não é necessário inventar ideias inteiramente novas. É possível realizar uma combinação de conceitos já existentes para ser inovador. Sabe quem fez isso? A Netflix.

Pare para pensar: a Netflix não é inovadora em sua total essência. Os fundadores foram capazes de unir os serviços já existentes de locação de vídeo e de associação mensal.

O questionamento do "E se?" nos permite pensar fora dos parâmetros normais e, portanto, nos permite criar ou combinar ideias.

"Como?"

Mas não adianta apenas identificar o problema e sonhar na forma como solucioná-lo. É necessário também ser realista e prático. Por isso, a última pergunta é o "Como?".

Através dessa pergunta o autor sugere que é hora de analisar o modo como colocar a ação em prática e identificar relevância e viabilidade dela.

Essa etapa é para reduzir a quantidade de ideias. A partir desse ponto é hora de prototipar soluções, testar e validar.

Essa etapa é a mais difícil, pois exige muita persistência e comprometimento para fazer dar certo.

Overview: Como praticar

Para começar a aplicar essas técnicas na sua empresa é preciso ter boa vontade da liderança.

Infelizmente, em muitos casos, alguns líderes não gostam de questionamentos. Isso acontece porque a realização de perguntas pode demonstrar uma lacuna ou vulnerabilidade.

Essa maneira de liderar está caindo em desuso. Por isso há várias empresas pequenas surgindo e tomando lugar de muitas que eram gigantes.

O líder mais eficaz não oferece apenas respostas, ele busca questionar sua equipe para despertar a criatividade. Por isso, a empresa deve ser um ambiente constante de aprendizagem.

Para o autor, é extremamente importante substituir a prática do brainstorming pela prática do "question storming".

A "chuva de perguntas" permite a criatividade na solução de um problema. Enquanto isso, no brainstorming, a pressão por chegar a boas respostas podem inibir alguns funcionários.

Outra dica do autor é para o recrutamento. Para ele, é necessário recrutar questionadores, pois isso pode modificar a maneira como a empresa pensa.

Para Warren, as empresas, durante as entrevistas de emprego, não devem focar somente na capacidade do candidato ter boas respostas, mas sim na capacidade dele fazer boas perguntas.

Além disso, segundo Warren, o questionamento desses quatro itens ( "Por quê?" / "Por que não?" / "E se?" / "Como?") são benéficos até mesmo para a vida pessoal.

O que outros autores dizem a respeito?

No livro "O Estilo Startup", o autor Eric Ries diz que a inovação e criatividade são essenciais para o desenvolvimento e sustentabilidade de uma grande empresa. Para isso, ele traz boas práticas para implementar a inovação contínua nos processos empresariais.

Ed Catmull, autor do livro "Criatividade S. A" aconselha que os gestores dêem maior preferência às pessoas do que às ideias, pois pessoas criativas criam boas ideias, mas boas ideias podem ser destruídas por equipes ruins.

Em "O Poder da Criatividade", Breno Luiz te ensina a cultivar ideias inovadoras e aplicá-las de forma efetiva em sua vida pessoal ou empresarial.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

Para aplicar os conteúdos do livro é bem prático. Você deve se questionar, sempre que possível 4 itens:

  1. Por que fazemos isso?;
  2. Por que não fazer de outro modo?;
  3. E se fizéssemos de tal maneira?;
  4. Como fazer dessa forma?

Obtendo as respostas para essas 4 perguntas, você conseguirá tirar o melhor proveito de suas ideias, além de saber identificar as que são aplicáveis e as que não valem a pena o seu investimento.

Gostou desse resumo do livro "Uma Pergunta Mais Bonita"?

Foi útil pra você? Deixe seu feedback, ele é essencial para garantirmos sua melhor experiência!

Livro Uma Pergunta Mais Bonita

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!