A Sorte Segue a Coragem! - Mário Sérgio Cortella

Aprenda neste resumo, a como desenvolver a coragem para abraçar as melhores oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional.

Favoritar
Salvar
Lido

Para você, o que vem primeiro: a oportunidade ou o preparo? A sorte ou a coragem de agir? Neste resumo de "A Sorte Segue a Coragem!", do autor Mário Sérgio Cortella, você vai aprender a ter mais coragem para dar vida aos seus projetos.

Além disso, saberá o que fazer para gerar grandes oportunidades de desenvolvimento em todas as áreas da vida.

Se você deseja avançar em todos os campos da sua vida, especialmente na carreira ou nos negócios, é essencial saber exatamente como o destemor pode trazer aquilo que muitos chamam de "sorte".

Quer saber os detalhes? Então venha, pois vamos te explicar tudo!

Sobre o livro "A Sorte Segue a Coragem!"

O livro "A Sorte Segue a Coragem!: Oportunidades, competências e tempos de vida", de Mário Sérgio Cortella, foi publicado em 2018.

A obra apresenta 192 páginas que abordam a importância de desenvolver uma forma mais profunda de coragem e como essa ação pode gerar melhores oportunidades.

Muito lido por líderes e profissionais de várias áreas, este livro é reconhecido por abordar de maneira simples e cotidiana como transformar grandes sonhos em realidade.

Sobre o autor Mário Sérgio Cortella

Mário Sérgio Cortella é filósofo, escritor, palestrante, comentarista e professor da PUC-SP. O autor possui mestrado e doutorado em educação e é um dos palestrantes mais requisitados no Brasil.

Cortella tem mais de 30 livros publicados com edição no Brasil e em outros países. Entre essas obras, destacam-se:

Esse livro é indicado para quem?

Os ensinamentos de Cortella em "A Sorte Segue a Coragem!" podem ser de grande benefício para líderes, empreendedores, profissionais da área de recursos humanos, educadores e demais pessoas ligadas ao campo do desenvolvimento pessoal e profissional.

Ideias principais do livro "A Sorte Segue a Coragem!"

Para que você compreenda melhor a proposta da obra de Mário Sérgio Cortella, aqui estão listadas algumas das ideias encontradas no livro:

  • Ao surgir situações altamente favoráveis no decorrer da vida, consideradas como "sorte", é preciso estar preparado para aproveitá-las. Sem preparo, a sorte em si não tem tanto valor;
  • A "má sorte" geralmente é usada para justificar os fracassos que muitas vezes ocorrem devido à falta de preparo. Já a "boa sorte" é empregada para justificar o sucesso de outras pessoas;
  • A "pessoa certa" que é considerada "sortuda", nada mais é que aquela que está preparada para fazer o que tem de ser feito;
  • Coragem não significa aventura ou impulsividade. Ela deve ser encarada como uma iniciativa competente;
  • Para dar vida aos projetos pessoais ou profissionais é essencial manter o foco no que realmente interessa, estar disposto a fazer alguns sacrifícios e eliminar distrações;
  • A motivação corajosa surge quando estamos conectados aos nossos propósitos e objetivos mais profundos.

Nesse resumo, iremos mostrar como a coragem de se preparar para as oportunidades sempre vem antes do que as pessoas costumam chamar de sorte. Vamos ver os detalhes agora?

Faça o Download do Resumo do Livro "A Sorte Segue a Coragem" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] A Sorte Segue a Coragem! - Mário Sérgio Cortella, PDF

Overview: Sorte x Coragem

O autor Mário Sérgio Cortella esclarece em seu livro "A Sorte Segue a Coragem!" que o termo sorte muitas vezes é usado como justificativa, e aborda a importância de uma coragem mais profunda para agir.

Por que a sorte segue a coragem?

Não basta esperar eternamente por situações de sorte. Só é possível gerar e aproveitar condições favoráveis quando as pessoas se preparam para isso.

Em outras palavras, é necessário criar as próprias condições para lidar com ocasiões promissoras (muitas vezes consideradas como sorte).

A coragem deve ser entendida como uma força desenvolvida de maneira consciente e organizada, o que leva ao aproveitamento das oportunidades que aparecem. É por esse motivo que a coragem vem antes da sorte.

Sorte como justificativa

Muitas vezes, o termo "má sorte" é usado para justificar o próprio fracasso e a expressão "boa sorte" é empregada para explicar o sucesso alheio. No entanto, dificilmente as pessoas fazem o inverso.

A expressão sorte nunca é empregada para explicar o próprio sucesso. Da mesma forma, falta de sorte não é um termo usado para justificar os fracassos de outra pessoa.

No entanto, o que quase todas as pessoas esquecem é que "sorte" está simplesmente ligada a talento.

Sorte sozinha não faz milagre

Mário Sérgio Cortella enfatiza que de nada adianta surgir uma situação de sorte quando não existe uma orientação ou movimento adequado para seguir nessa direção.

Ou seja, mesmo que surja uma "oportunidade de ouro", ela dificilmente será aproveitada quando não há competência para concretizar tal oportunidade.

Para entender essa explicação, suponhamos que um músico ganhe um violino de máxima qualidade. Isso poderia ser chamado de sorte. No entanto, ter o violino em mãos de nada adianta se ele não souber extrair as notas musicais do instrumento.

O que é a pessoa certa?

É comum que muitos digam "a pessoa certa, na hora certa, no lugar certo". Tais pessoas são vistas como sortudas. No entanto, a pessoa certa é aquela que simplesmente teve a coragem de buscar, estudar, fazer, preparar-se etc.

De acordo com a obra "A Sorte Segue a Coragem!", diante desse preparo para fazer o que tem de ser feito, é natural que as circunstâncias favoráveis (hora e lugar) surjam com maior naturalidade.

Overview: Coragem não é aventura

Cortella traz uma visão mais profunda de coragem, demonstrando que ela está muito mais relacionada à construção de hábitos que à impulsividade.

Diferença entre aventura e audácia

Há uma diferença imensa entre audácia e aventura. A pessoa audaciosa é aquela que estuda, analisa e age. Isso significa que ela desenvolve o que o autor chama de "coragem competente".

Já a aventura é um tipo de iniciativa incompetente. Ou seja, ela quase nunca se dedica a uma análise e age mais por impulsividade que por conhecimento.

A importância da ética

Por mais que as oportunidades devam ser bem aproveitadas, é preciso considerar os aspectos éticos que elas apresentam. Esse cuidado é essencial para evitar armadilhas que podem ser fatais para a carreira do profissional ou para o futuro de uma empresa.

Segundo "A Sorte Segue a Coragem!", é preciso estar claro para o leitor que aproveitar a sorte não significa aproveitar qualquer ocasião.

A hora é agora!

As circunstâncias favoráveis e oportunidades não são para sempre. Por isso, tomar a iniciativa de ir até a montanha requer pensamento e atitude de coragem. Nunca podemos esperar que a montanha venha até nós.

Outro ponto relevante apontado pelo autor Mário Sérgio Cortella é a necessidade de focar apenas no que é essencial, ou seja, nos objetivos centrais do seu projeto. Deve-se evitar gastar atenção demais com fatores irrelevantes e fugir das distrações que comprometem os resultados.

Quando chega a hora certa?

A hora certa, isto é, o momento perfeito de aproveitar uma oportunidade, é quando há um encontro entre a necessidade (demanda) e o desejo de realizar algo. Também é preciso considerar até que ponto, em determinado momento, o projeto é factível.

Overview: Alguns cuidados e sacrifícios

Nessa parte, a obra "A Sorte Segue a Coragem!" mostra como identificar quando não é a hora de realizar um projeto. Além disso, ela explica por que muitas vezes são necessários certos sacrifícios para concretizá-lo.

Quando a hora não é agora

Cortella menciona que a estratégia de um projeto precisa ser revista quando os riscos de realizá-lo ainda são maiores que os benefícios visíveis. Diante desse cenário, é preciso equilibrar coragem e paciência.

A paciência é fundamental para aguardar o momento mais propício para obter os resultados esperados.

Sacrifícios necessários

Para dar vida a um projeto, sempre são necessários alguns sacrifícios, ainda que eles sejam temporários. Por exemplo, uma pessoa que deseja passar em um concurso público deverá dedicar mais horas ao estudo. Com isso, o tempo com a família ou lazer é reduzido.

Estar disposto aos sacrifícios é parte essencial para a concretização do planejamento feito com o objetivo de realizar um projeto de vida ou na carreira.

Overview: Quais são suas razões?

Aqui, o autor Mário Sérgio Cortella nos convida a pensar sobre quais são nossas grandes razões. Ou seja, quais são nossos reais propósitos? O que nos move na direção de um objetivo?

A fonte da motivação

Antes mesmo de iniciar um projeto, é preciso pensar: o que faz você sentir-se vivo? Quando você sente que sua inteligência está trabalhando a serviço de um propósito?

Responder a essas perguntas é fundamental para que seu objetivo esteja de acordo com seu propósito de vida. O livro "A Sorte Segue a Coragem!" explica que esse é o principal fator capaz de motivar em todas as etapas de um projeto, por mais desafiador que ele seja.

Aproveitar o tempo, nunca perdê-lo

Mário Sérgio Cortella esclarece que a sensação de tempo desperdiçado ocorre devido à falta de conexão entre o que fazemos e os nossos reais propósitos. Isso demonstra mais uma vez a importância de saber exatamente o que nos motiva, quais são nossas razões.

Aproveitar o tempo e não desperdiçá-lo também requer aprender a fazer silêncio e pausas produtivas. Esses momentos de descanso são de imensa ajuda para clarear as ideias, favorecer o aprendizado e aumentar a criatividade.

Overview: Disciplina como aliada

Essa parte da obra "A Sorte Segue a Coragem!" demonstra como a disciplina é item essencial em todas as etapas de um projeto, sendo um fator decisivo para o alcance de grandes objetivos.

Profundo aprendizado

Cortella destaca a importância de líderes, empreendedores e profissionais de todas as áreas investirem em aprendizados profundos e não apenas numa imagem pessoal ou profissional.

Para entender esse raciocínio, basta observar as redes sociais. A maioria das pessoas desejam uma valorização que é bastante superficial.

Para desenvolver níveis mais profundos de aprendizado é essencial ter disciplina, a maior aliada de quem almeja realizar grandes sonhos.

O que outros autores dizem a respeito?

Segundo a autora Lynda Gratton, do livro "The 100-Year Life", família, amigos, saúde e aprendizado são os ingredientes intangíveis, mas necessários para uma vida rica e gratificante.

Em "Poder Sem Limites", Tony Robbins explica que geralmente, uma pessoa de sucesso anda de uma maneira mais erguida, mais imponente, demonstrando ter autoestima.

Uma das maneiras de se ter sucesso, portanto, seria replicar este comportamento e começar a caminhar dessa mesma forma, de maneira mais imponente.

Por fim, Caio Carneiro, autor do livro "Seja Foda!", diz que o sucesso é 99% feito de fracasso. Além disso, se você considera o fracasso como o oposto de sucesso, não construirá nada produtivo, já que todo fracasso é apenas um degrau da escada do seu sucesso.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

Depois de entender por que a coragem sempre vem antes da sorte, você pode aplicar a partir de agora essas dicas práticas:

  • Defina quais são seus grandes propósitos na vida pessoal e na carreira;
  • Invista continuamente no seu aprendizado e capacidade de aprimoramento;
  • Não espere a sorte bater à sua porta. Valorize a ação;
  • Converse com profissionais que sabem mais do que você;
  • Aprenda a focar no que é essencial para o seu projeto e não dê tanta atenção a fatores de menor importância;
  • Valorize seu tempo e fortaleça o hábito da disciplina.

Gostou desse resumo do livro "A Sorte Segue a Coragem!"?

Agora que você aprendeu os ensinamentos de Mário Sérgio Cortella, conte-nos: qual dessas estratégias você já vai aplicar no seu dia a dia?

Deixe sua opinião nos comentários, seu feedback é muito importante para nós. Além disso, para se inteirar mais sobre o conteúdo, adquira o livro clicando na imagem abaixo:

Livro 'A Sorte Segue a Coragem'

Nota:

O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.

Adicionar aos Favoritos
Adicionar Para Ler
Marcar como Lido
Experimente ser premium

Experimente ser premium

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!