A Arte da Negociação - Donald Trump

Para desenvolver a arte da negociação, você deve aprender a pensar grande, se inspirando nas 11 condutas brilhantes elaboradas por Donald Trump para alcançar sucesso e ganhar dinheiro.

Favoritar
Salvar
Lido
Escolha sua linguagem:

No livro “A Arte da Negociação”, está a maneira como Donald Trump conduz seus empreendimentos e como ele leva a vida. Entretanto, mesmo sendo um espírito independente, ele obedece às regras do jogo. 

Anos antes de concorrer à presidência dos Estados Unidos, Trump escreveu esse livro, que mostra como ele se tornou bilionário, revelando como ele negociou alguns de seus maiores negócios imobiliários e como ele faz branding, marketing e publicidade.

Então, continue com a gente, porque você está prestes a aprender como melhorar seus negócios e sua vida.

 

Sobre o livro “A Arte da Negociação”

 

Publicado originalmente em 1987, “A Arte da Negociação”, escrito por Donald Trump, traz lições e reflexões que, se aplicadas hoje, podem levar você a assumir a presidência de sua vida, de sua empresa e, por que não, de seu país.

O livro possui 384 páginas que são divididos em 12 capítulos, sendo um dos maiores best-sellers de negócios de todos os tempos escrito pelo atual presidente dos EUA. 

 

Sobre o autor Donald Trump 

 

Donald Trump é o próprio conceito da história de sucesso, determinando constantemente padrões de excelência, enquanto aumenta suas atividades nos setores imobiliário, esportivo e de entretenimento.

Trump também possui outros livros best-sellers do New York Times, como “Grande Outra Vez”, “Think Like a Billionaire”, “Why We Want You to Be Rich” e “Surviving at The Top”.

Em novembro de 2016, indo contra as expectativas e pesquisas, ele foi eleito presidente dos Estados Unidos da América.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

Com o livro “A Arte da Negociação” você terá uma visão geral dos grandes negócios que Donald Trump fez na década de 1980, construindo seu império, incluindo a Trump Tower.

Independentemente, se você ama ou odeia Trump, aprenderá muito sobre vendas, publicidade e negociação.

 

Ideias principais do livro “A Arte da Negociação”

 

  • Ao iniciar seu próprio negócio, primeiro faça muitas perguntas aos seus possíveis clientes para desenvolver um pressentimento sobre o mercado. Então confie nos seus instintos e tome uma decisão;

  • A maioria das pessoas pensa pequeno, porque tem medo do sucesso, medo de tomar decisões, medo de vencer. E isso dá a pessoas como Donald Trump uma grande vantagem;

  • “Descubra o que a outra pessoa realmente deseja (além de mais dinheiro). Em seguida, faça-os acreditar que você tem o que eles querem. Isso lhe dará vantagem na negociação”;

  • Primeiro, venda seus pontos fortes. Explique por que eles deveriam negociar com você ou contratá-lo? E segundo, exponha os pontos fracos e negativos das outras partes, tendo cuidado para não insultá-los;

  • Ao pensar em desistir, lembre-se de que "a persistência costuma fazer a diferença". Muitas pessoas são bem-sucedidas não por serem inteligentes ou sortudas, mas porque continuaram a trabalhar mesmo com uma total falta de incentivo.

 

Faça o Download do Resumo do Livro "A Arte da Negociação" em PDF grátis

 

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

 

[Resumo do Livro] A Arte da Negociação - Donald Trump, PDF


Overview: Converse com as pessoas, depois confie nos seus instintos

 

Nos negócios, Donald Trump não acredita em pesquisas de marketing sofisticadas, comitês ou consultores externos. Quando ele está pesquisando um novo imóvel, ele fala com as pessoas que moram no bairro. 

Ao fazer muitas perguntas, ele desenvolve um pressentimento sobre o quão boa é a propriedade, o bairro e a cidade. É assim que ele toma decisões sobre acordos antes de fechar o negócio.

Segundo ele, “comitês são o que as pessoas inseguras criam para adiar a tomada de decisões difíceis”.

As pessoas dizem que sempre viam Trump conversando com os trabalhadores que construíram seus edifícios. E a partir dessas conversas, ele teve uma idéia do que o povo americano queria e confiou em seus instintos até a Casa Branca.

 

Overview: Pense grande

 

Trump não trabalha um milhão de vezes mais do que você. Ele apenas pensa maior, o que significa que ele faz diferentes tipos de trabalho. 

Por exemplo, quando Trump tinha 30 anos, encontrou um grande prédio à venda chamado Swifton. Se tratava de um prédio com 1.200 unidades. 

Juntamente com o pai, eles assinaram uma hipoteca de US$ 6 milhões pelo prédio.

A maioria das pessoas se sentiria totalmente sobrecarregada por precisar gerenciar 1200 apartamentos, mas Trump e seu pai viam de uma maneira diferente. 

Trump diz que é preciso quase a mesma quantidade de energia para gerenciar 1200 ou 50 inquilinos, mas com 1200 você pode ganhar muito mais dinheiro. Portanto, para ele, é como se estivesse perdendo tempo concentrando muita energia no projeto, caso fosse pequeno.

Pensar alto também pode ajudar quando você está vendendo e comercializando seu produto. Trump gosta de usar palavras como "o melhor, tremendo e de classe mundial" ao falar sobre seus projetos.

Pense nisto: muitas pessoas sabem o nome da primeira pessoa a andar na lua, mas não a segunda. Quase todo mundo sabe o nome da pessoa mais rápida do mundo, mas não a segunda. Várias pessoas sabem qual é o prédio mais alto do mundo, mas não o segundo.

E há uma razão pela qual o marketing da Apple está sempre falando sobre como seu novo produto é o iPhone mais fino de todos os tempos ou o laptop mais leve.

Então pense grande sempre que puder. Seja o número um na sua categoria de negócios.

 

Overview: Obtendo vantagem em acordos

 

Para vencer negociações e chegar a um acordo, um bom negociador deve ter influência.

O autor diz que é preciso "ter algo que a outra pessoa deseja". Mas primeiro, você precisa descobrir o que ela quer.

Por exemplo, uma vez Trump quis abrir um cassino com o Holiday Inn. Ele já tinha um lugar para o cassino, feito projetos e iniciado a construção. Agora ele queria que o Holiday Inn ajudasse a finalizar o projeto.

Porém, o que o Holiday Inn queria? Eles queriam abrir um cassino, mas não queriam começar do zero. Eles queriam fazer parceria com alguém que estivesse na etapa final de construção de um cassino. Isso economizaria muito dinheiro, tempo e energia.

O Holiday Inn acreditava que Trump tinha o que ele queria: um projeto de cassino que logo seria concluído. Mas a verdade era que Trump havia acabado de começar a construção. Ainda não havia muito progresso.

Nesta situação, Trump sabia que precisava fazer com que os executivos do Holiday Inn continuassem acreditando que o projeto estava em andamento. Essa foi a sua influência.

Então, ele ligou para o supervisor de construção e disse para fazer o canteiro de obras parecer o mais movimentado do mundo. Para trazer mais caminhões e mais trabalhadores e fazê-los fazer alguma coisa. Qualquer coisa, desde que o lugar parecesse muito ocupado quando os executivos do Holiday Inn parassem para visitar.

E foi exatamente o que aconteceu. Os executivos viram todos os trabalhadores ocupados e ficaram satisfeitos com toda a atividade acontecendo. Assim, o acordo foi feito.

Segundo o autor, sua “influência veio da confirmação de uma impressão em que eles já estavam predispostos a acreditar.”

 

Overview: Primeiro fale sobre seus pontos fortes e depois destaque as fraquezas do outro lado

 

Trump tem um ritmo espontâneo quando está vendendo ou negociando. Primeiro, ele se vende e fala sobre os benefícios de fazer negócios com ele, faz parte de sua estratégia de negociação. Depois, ele dá um passo atrás e menciona as partes fracas do produto ou oferta da outra pessoa.

Trump seguiu esse padrão ao comprar um grande canteiro de obras perto da orla de Nova York. 

Primeiro, ele se vendeu falando sobre suas realizações passadas e garantindo ao dono da terra que ele poderia aprovar o acordo por todos os funcionários da cidade, advogados e banqueiros. 

Isso passa ao dono da terra uma sensação que Donald Trump é um cara respeitável com quem ele pode fazer negócios.

Então Trump dá um passo atrás, falando sobre todos os pontos negativos e fracos sobre o lugar de interesse. 

Ele mencionou que Nova York estava em recessão e a maioria das pessoas não estava comprando imóveis. Também falou sobre o quão difícil seria obter as licenças de construção certas para um pedaço de terra tão grande no meio da cidade.

Por fim, o atual presidente realizou a compra do terreno por um valor abaixo do especificado inicialmente.

Segundo Trump, “se você quiser comprar algo, obviamente é do seu interesse convencer o vendedor de que o que ele tem não vale muito”.

 

Overview: Muitas vezes o que separa sucesso de fracasso é simplesmente a insistência

 

Uma vez, Donald Trump queria comprar um prédio antigo em Nova York. Então, ele convidou o dono do prédio para um almoço. Após conversarem, o proprietário disse que não havia como vender o prédio.

Em vez de desistir, Trump mandou uma mensagem agradecendo ao proprietário por ter aceitado seu convite. Alguns meses depois, ele escreveu outra perguntando se o dono do prédio havia mudado de idéia. Não houve resposta. Mais alguns meses se passaram e ele escreveu outra mensagem. Sem resposta. Depois outra.

O motivo de Trump fazer isso foi: Primeiro, porque ele realmente queria comprar o prédio. Segundo, porque ele acreditava que a pura persistência sozinha muitas vezes separa sucesso e fracasso.

Três anos depois, a empresa proprietária do edifício estava com problemas financeiros e houve uma mudança na administração. Isso significava um novo proprietário. E o novo proprietário estava aberto a vender o edifício.

Por fim, Trump conseguiu um acordo para comprar o edifício, que acabou demolido para construir a Trump Tower.

 

O que outros autores dizem a respeito? 

 

Na obra “Ignore Everybody”, o autor Hugh MacLeod diz que seu plano de negócio deve ser tão original e inovador quanto sua ideia, ou até mais. Não adianta tentar fazer o mesmo que muitos outros e ficar na esperança de se destacar de alguma maneira.

Segundo o Dr. Robert, em seu livro “As Armas da Persuasão”, todos usam da influência e também são alvos dela. Ele explica que os profissionais da persuasão sabem exatamente o que querem e onde chegar, para isso, utilizam-se de seis princípios psicológicos para alcançarem seus objetivos, abordados em seu livro.

O autor Mitch Anthony, em sua obra “Selling with Emotional Intelligence”, diz que muitos negociadores cometem o erro de tentar alcançar o melhor acordo pensando apenas no seu lado. Eles falham em considerar o impacto a longo prazo que o negócio pode ter no relacionamento com o cliente.

 

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

 

Algumas pessoas podem odiar Trump por causa de sua política. Mas não há como negar que ele é um concorrente feroz. Ele quer ser o vencedor, e muitas vezes é. Ele se tornou um bilionário no setor imobiliário, tornou-se famoso na realidade na TV e depois chocou todo mundo ao se tornar presidente dos EUA.

Para Trump, “o dinheiro nunca foi uma grande motivação, exceto como uma maneira de manter o status. A verdadeira emoção está em jogar o jogo”.

Neste livro, Trump compartilhou algumas idéias sobre pensar grande, confiar em seus instintos, negociar, vender produtos e muito mais.

 

Gostou desse resumo do livro “A Arte da Negociação”?

 

Se você gostou da obra de Donald Trump, “A Arte da Negociação”, deixe seu feedback para sabermos sua opinião e oferecermos sempre o melhor para você! 

Se quiser se aprofundar mais no assunto, você pode aproveitar e adquirir o livro clicando no link abaixo:

 

Livro A Arte da Negociação                    Book The Art Of The Deal

 

Nota:
O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.
Favoritar
Salvar
Lido
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!