Change By Design - Tim Brown

Aprenda de uma vez por todas como decretar o fim das velhas ideias, e veja tudo o que é necessário para se tornar um especialista em design thinking.

Favoritar
Salvar
Lido
Escolha sua linguagem:

 

O autor Tim Brown explica em seu livro, “Change by Design”, o funcionamento do conceito de inovação utilizado por empreendedores, conhecido como “design thinking”, que auxilia no desenvolvimento de produtos e ideias, e tem como objetivo principal a satisfação do cliente.

Dessa forma, o design thinking se refere a uma forma pouco convencional de raciocínio: 

 

“Nesse tipo de pensamento, busca-se formular questionamentos através da apreensão ou compreensão dos fenômenos, ou seja, são formuladas perguntas a serem respondidas a partir das informações coletadas durante a observação do universo que permeia a problema. Assim ao pensar de maneira abdutiva, a solução não é derivada do problema: ela se encaixa nele.”

 

Ficou curioso? Então continue a leitura do nosso PocketBook e se surpreenda com os conceitos dessa poderosa metodologia!

 

Sobre o livro “Change By Design”

 

O livro “Change by Design”, lançado em 2019 pelo escritor Tim Brown, cita o papel do design na criação e desenvolvimento de organizações nas empresas, comunidades e governos. 

Essa obra é composta por uma abordagem discreta e empolgante, relacionado à inovação que inspira designers. Esse processo é chamado de “design thinking”.

 

Sobre o autor Tim Brown

 

Tim Brown é CEO e presidente da IDEO. Ele, frequentemente, fala sobre o valor do “design thinking” e da inovação para empresários e designers em todo o mundo. 

Brown participa do World Economic Forum, em Davos (Suíça). Caso queira assisti-lo, suas palestras Serious Play e Change By Design estão disponíveis no TED.com.

Além disso, o autor trabalha para executivos importantes e conselhos de empresas da lista Fortune 100, e já conduziu relacionamentos estratégicos com empresas, como Ford, Microsoft, Steelcase e Procter & Gamble.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

A metodologia design thinking, ensinada no livro “Change by Design”, é útil tanto para a indústria criativa quanto para as demais que desejam produzir e desenvolver ideias em suas empresas

Além do mais, o design thinking pode ser aplicado em organizações com o objetivo de solucionar problemas. Caso tenha interesse, os ensinamentos do autor Tim Brown vão lhe dar suporte. Então, vamos lá!

 

Ideias principais do livro “Change By Design”

 

Dentre o conteúdo apresentado no livro, reunimos as melhores estratégias, elaboradas pelo autor Tim Brown, para que você consiga desenvolver o design thinking em sua organização:

 

  • Design thinking” se move através de inspiração, problema e concepção para execução;
  • Observe o que as pessoas fazem, o que não fazem e o que não podem explicar;
  • Design thinking” funciona através de quatro estados mentais;
  • Crie protótipos rapidamente;
  • Histórias são essenciais para projetar o pensamento;
  • A distinção entre produtos e serviços é cada vez mais difusa;
  • Inove e projete para um propósito.

 

Faça o Download do Resumo do Livro "Change By Design" em PDF grátis 

 

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

 

[Resumo do Livro] Change By Design - Tim Brown, PDF

Overview: O processo de “design thinking 

 

Muitas vezes, a inovação é vista apenas como um processo de criação de uma nova tecnologia, no entanto, ela é mais complexa do que isso. Definir a inovação dessa forma é minimizá-la.

De acordo com o autor Tim Brown em seu livro "Change By Design", o “design thinking” fornece uma maneira de abordar o processo de inovação e, assim, obter uma compreensão mais sofisticada dele.

Ele nos incentiva a usar um método mais integrado que contempla três “espaços” e através deles um projeto pode circular várias vezes, ou seja, não é um método de direção única.

Em primeiro lugar, temos a inspiração. Ela consiste em considerar o problema ou oportunidade com o propósito de resolvê-lo ou aproveitá-la. 

Em segundo, temos a concepção. Nesse ponto, aperfeiçoamos as ideias e teorias e as colocamos em teste. Por último, tem-se a execução, que consiste em expormos a ideia ao mercado. 

Tim Brown diz que a maioria das inovações passa por cada passo várias vezes, pois isso faz parte do processo de “design thinking”. É claro que, na etapa de concepção, por exemplo, o produto que você está desenvolvendo poderia ganhar recursos que superam a resolução inicial do problema.

Por esse motivo, é conveniente repassar pelo processo de inspiração, pois, fazendo isso, seu produto será capaz de solucionar outros tipos de problema.

Portanto, uma solução integrada possui três aspectos equilibrados: praticabilidade, viabilidade e conveniência. No desenvolver de seus projetos, você deve utilizar essa ideia de integração como a base do seu pensamento.

 

Overview: Observe o que as pessoas fazem, dizem e o que podem explicar

 

O autor Tim Brown explica que, através da observação, você pode obter insights sobre como as pessoas realmente realizam suas atividades, o que elas fazem ou não, o que elas dizem ou não e o que podem explicar ou não. Entretanto, é preciso prática.

Ainda segundo o autor em seu livro "Change By Design":

 

 “Não é simples escolher quem será observado, quais técnicas de pesquisa empregar, como extrair inferências úteis das informações coletadas, ou quando iniciar o processo de síntese que começa a nos apontar para uma solução.”

 

Contudo, a observação depende da qualidade, não da quantidade.

Outro ponto importante é que os hábitos de compra das pessoas que habitam o centro do seu mercado merecem destaque, pois são eles que nos dirão se uma ideia é válida em larga escala. 

No entanto, para desenvolvermos algo novo é necessário focarmos nas bordas do mercado, porque é lá que existem os consumidores que vivem, pensam e consomem de maneira diferente.

 

Overview: O poder das histórias no “design thinking 

 

Nossa paixão pelas histórias começa cedo, e elas são, pelo menos em partes, responsáveis pelo modo como entendemos as ideias e os conceitos. Então, não é surpresa dizer que narrá-las também exerce um papel importante no “design thinking”.

Conforme explicado no livro "Change By Design", os “design thinkers” fazem uso das histórias para transformar um produto em algo mais próximo dos clientes, como se fosse uma relação entre eles. 

Assim, para criar uma boa história, um “design thinker” deve levar em consideração qual a origem do produto e como o cliente fará uso dele. Vale ressaltar que a história deve envolver o cliente em todas as etapas, até mesmo no início da vida útil do produto.

Por fim, o autor Tim Brown diz que as histórias mais importantes são aquelas que os clientes podem escrever. Ao fazer parte, ativamente, da história de um produto, os clientes estarão mais predispostos a usá-lo.

 

O que outros autores dizem a respeito?

 

Na obra “A Cabeça de Steve Jobs”, o autor Leander Kahney nos mostra como as mudanças ocorreram na Apple e como ela se tornou uma das maiores empresas do mundo. Steve conseguiu disseminar sua paixão para seus funcionários, fazendo com que eles dessem o melhor de si para a empresa.

Temos também a obra “Elon Musk”, do autor Ashlee Vance, que enfatiza a importância de pensar grande e não se preocupar se a ideia for loucura, pois, afinal, Musk provou que qualquer projeto pode ser colocado em prática.

O império de Musk é constituído por três grandes empresas: Tesla, SpaceX e SolarCity. Essas empresas apresentam grandes sucessos individuais. Elon Musk sempre teve grandes planos e excelentes ideias. E o melhor: colocou essas ideias em prática, através de produtos revolucionários.

As inovações de Musk não pararam. Uma de suas próximas iniciativas é adotar um novo modelo de transporte, chamado de Hyperloop, com objetivo de transportar pessoas e carros por meio de cápsulas.

Por fim, Ed Catmull, autor do livro “Criatividade S.A.” aconselha: sempre dê maior preferência às pessoas do que às ideias, pois pessoas criativas criam boas ideias, mas boas ideias podem ser destruídas por equipes ruins.

 

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

 

Criar inovações que transformam o mundo requer começar com o pensamento correto de design - um que foque na fluidez, una as pessoas e preserve sua base nas aplicações e implicações reais de uma ideia.

Para ajudá-lo a se tornar uma pessoa mais flexível na hora de solucionar problemas, pergunte-se: por quê?

Segundo o autor Tim Brown em seu livro “Change By Design”, essa pergunta deve ser feita uma vez por dia. Além disso, através dela você pode encontrar inspiração para criar outros produtos e serviços.

 

Gostou desse resumo do livro “Change By Design”? 

 

O que achou da obra de Tim Brown? Deixe o seu feedback, assim podemos oferecer sempre o melhor conteúdo pra você! 

Ah, e se quiser se aprofundar ainda mais no assunto, adquira agora o livro clicando na imagem abaixo:

 

Livro “Change by Design”

 

Nota:
O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.
Favoritar
Salvar
Lido
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!