Resumo do livro Copywriting Secrets - Jim Edwards

Copywriting Secrets - Jim Edwards

Descubra os segredos para produzir um texto persuasivo capaz de convencer qualquer um de qualquer coisa, e desmistifique a crença de que produzir um copy de qualidade é muito complexo.

Você já se perguntou quais são as principais técnicas para desenvolver mensagem publicitária atraente?

Por que algumas vezes ficamos tão hipnotizados com um copy que consumimos do início ao fim com extremo interesse e, no fim das contas, ainda fazemos o que o Call to Action nos solicita, ao passo que certas comunicações simplesmente são ignoradas nos 3 primeiros segundos, ou na segunda linha de texto?

Com o resumo do livro “Copywriting Secrets, de Jim Edwards, descobriremos que vender nossos produtos e ideias não é a parte mais difícil, mas sim chegar até as pessoas no momento certo e da maneira correta.

Apesar das amplas possibilidades - ou por causa delas - muitas pessoas acreditam que a produção de copywritingé extremamente complexa e complicada, necessitando de anos de estudo e aperfeiçoamento para que seja minimamente possível lidar com estes textos de maneira eficiente.

Edwards entrega, em sua obra, seus segredos de produção de conteúdos persuasivos, mostrando que a redação publicitária não é o monstro de sete cabeças pintado por muitas pessoas, e que pode ser aprendida e aperfeiçoada a partir de técnicas e estratégias simples.

Pronto para descobrir os segredos de Jim Edwards? Então, continue a leitura desse PocketBook e conheça as melhores técnicas de redação publicitária para começar a aplicar hoje mesmo!

Sobre o livro “Copywriting Secrets

Copywriting Secrets: How Everyone Can Use The Power Of Words To Get More Clicks, Sales and Profits... No Matter What You Sell Or Who You Sell It To!é uma obra do autor Jim Edwards, que possui 330 páginas e 41 capítulos, nos quais Jim descreve 31 segredos para produzir um copy de sucesso.

O título em tradução livre é “Segredos de Copywriting: como todos podem usar o poder das palavras para obter mais cliques, vendas e lucros... Não importa o que você vende ou para quem você vende!”, e, apesar da obra estrangeira, os segredos podem ser aplicados para produzir copies em todos os idiomas.

Quem é Jim Edwards?

Jim Edwards é um empresário, autor e palestrante da área de marketing e especialista em copywriting, onde, atualmente, presta mentorias e lidera sua própria agência, que desenvolve conteúdos de publicidade persuasiva para diversas áreas e em diversos formatos.

Jim também possui muitas obras de sucesso produzidas sobre a aplicação, produção e análise da escrita de copy, no formato de livros, ebooks, artigos e blog posts. Seu maior desejo é ajudar pessoas que não possuem habilidades de venda a compartilharem suas mensagens, produtos e valores com o mundo.

Para quem a leitura de “Copywriting Secrets" é indicada?

Esta obra é indicada para os interessados por estratégias de produção de escrita persuasiva, ou copywriting, que desejem iniciar uma jornada de aprendizado sobre o tema, ou que gostariam de aprimorar suas técnicas de criação de conteúdos na área para prender a atenção do leitor, sejam eles na forma escrita ou não.

Ideias principais do livro “Copywriting Secrets

  • O copywriting é regido por estrutura e estratégia;
  • Estudar mensagens publicitárias que já convenceram você a realizar uma compra ou fechar um negócio é uma das estratégias mais importantes, visto que houve uma conexão emocional com o copy, baseada no uso de gatilhos mentais;
  • Ninguém consegue vender o seu produto melhor do que você mesmo, então, conheça seu negócio, estude seus objetivos e, se não for produzir seus textos, acompanhe e sugira modificações;
  • Estratégias de redação publicitária podem seguir padrões e serem adaptadas aos contextos rapidamente, sendo a forma de escrita mais lucrativa e com mais rápido aprendizado;
  • Copywriting se resume à intenção;
  • A única maneira de ser incrível, é, primeiro, ser bom. A única maneira de ser bom, é, primeiro, ser ruim. E a única maneira de ser ruim é, primeiro, tentar.

Faça o Download do Resumo do Livro "Copywriting Secrets" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] Copywriting Secrets - Jim Edwards

Afinal, o que é Copywriting?

Segundo Jim Edwards, copywriting pode ser definido como qualquer mensagem - escrita ou não - que possua a intenção de persuadir um certo leitor, espectador ou ouvinte a tomar uma decisão ou ação específicas, sendo elas online ou offline.

Tais ações possuem ampla abrangência, sendo um click em um link, uma solicitação para maiores informações, a compra de um produto, um próximo passo em um processo de jornada de compra, o preenchimento de um formulário… As opções são infinitas.

Estratégias de copywriting, além de estarem em todos os lugares, podem possuir diversos formatos, desde pequenas linhas de um texto em mídias sociais, até longas páginas de e-mail marketing, anúncios em vídeo de segundos, ou de 40 minutos.

Eles também podem estar em diversas plataformas e em muitos formatos e linguagens.

Isso significa que para ser um bom produtor copywriter, é necessária a capacidade de convencer as pessoas a realizarem ações por meio de infinitos meios e maneiras.

O que torna o Copywriting diferente das escritas usuais?

Segundo Jim Edwards, muitas pessoas tendem a acreditar que o copywriting é uma maneira divergente de pensar e escrever, sendo muito diferente da escrita usual e possuindo padrões muito específicos.

Logo, Edwards afirma que, às vezes, essas pessoas estão certas, enquanto em outros momentos, elas estão completamente equivocadas. De maneira geral, o autor justifica seu pensamento com a maneira com que um copy é desenvolvido.

O melhor copywriting é desenvolvido no momento em que o seu público não percebe que está consumindo um texto publicitário, porque o conteúdo da mensagem é interessante para o consumidor. Um grande exemplo disso são as newsletters.

Copies bem estruturados fazem com que as pessoas interessadas leiam, escutem ou assistam ao conteúdo sem prestar atenção ao fato de que o maior intuito da mensagem é convencê-los a realizar uma ação. Portanto, o mais importante é atrair a atenção do leitor.

O que faz as pessoas prestarem atenção?

Agora que compreendemos o principal objetivo de um copywriting, é necessário focar em como desenvolvê-lo da maneira ideal para que atenda às necessidades previamente mencionadas.

Portanto, reflita: o que chama a atenção do público? O que faz as pessoas não pensarem sobre as mensagens de vendas incluídas no seu texto, ou o que impede que elas desistam do seu copy após os primeiros 5 segundos?

Copywriting se resume à intenção

Para desenvolver a mensagem ideal, segundo Jim Edwards, é necessário abordar os medos e anseios do seu público, discutir seus desejos e utilizar a mesma linguagem que seu alvo.

A ideia é estabelecer uma comunicação conectada ao receptor, como uma conversa casual entre amigos ou como um conselheiro confiável.

Outro dos grandes mitos que permeiam o copywriting é o de que os textos possuem o objetivo mágico de convencer as pessoas a fazerem ou comprarem coisas das quais não gostam, não têm vontade ou, normalmente, não consumiriam.

A verdade é que um bom copy apenas convence pessoas a fazerem aquilo que adoram: comprar. O autor cita, então, um antigo axioma que é base fundamental para o desenvolvimento de um bom copywriting: As pessoas adoram comprar, mas odeiam que vendam a elas.

Portanto, o copywriting se resume a intenção: qual o seu maior propósito ao escrevê-lo? entretenimento, transmissão de informação, ou convencimento na tomada de uma ação específica?

É necessário questionar, também, o que desejamos obter como resultados da leitura, visualização ou escuta do que produzimos. A partir disso, com a intenção bem definida, o copywriting pode tomar qualquer forma que desejarmos, desde um artigo informativo, até um meme.

É possível que um copy seja qualquer conteúdo de valor oferecido a um público segmentado, que, com o valor demonstrando em frente a eles, podemos convidá-los a tomar qualquer ação pretendida.

Copywriting é baseado em estrutura e estratégia

O autor afirma, em “Copywriting Secrets” que, embora estudar conteúdos teóricos sobre a produção de textos persuasivos seja importante, uma das estratégias mais eficientes é analisar copies que fazem você gastar dinheiro ou realizar a ação solicitada.

Isso se justifica pela conexão emocional estabelecida com a mensagem.

Edwards esclarece que ninguém nasce escrevendo muito bem, conhecendo as melhores palavras, técnicas e gatilhos de persuasão. Apesar disso, uma coisa que difere o copywriting de redações de ficção ou não-ficção, é a capacidade de estabelecer padrões e estruturas de sucesso, estudá-las, segui-las e aperfeiçoá-las.

O que torna um copywriting tão bom que não possa ser ignorado?

A obra “Copywriting Secrets” trata da busca pela atenção do público como um dos passos mais importantes, onde o autor afirma que, basicamente, um copy impossível de ignorar é aquele que faz as pessoas acreditarem que podem ter seu problema resolvido a partir do que você oferece.

Portanto, se as pessoas acreditarem que você é capaz de oferecer o que querem, alcançar seus desejos, solucionar impedimentos, simplificar tarefas, ou qualquer outra coisa que os beneficie, você terá a atenção deles.

Mas, lembre-se: apenas prometa aquilo que pode cumprir, e ofereça aquilo que pode entregar!

Essa ação é resumida em conquistá-los, a produzir um apelo emocional e provar que é possível agregar valor com seu produto ou serviço. Esta será a sua base para escrever textos de qualidade.

Segundo Jim, as pessoas seguem um checklistmental antes de fecharem um negócio, onde consideram:

  1. Isso funciona?
  2. Isso funcionou para outras pessoas?
  3. Acredito que isso funcionará para mim?

As pessoas vêm em primeiro lugar

Outro segredo de Jim Edwards, é o da priorização da pessoa receptora da mensagem ao invés de quem a escreve.

O autor afirma que a primeira coisa que deve ser citada em seu copy são as pessoas e seus problemas, em seguida seus desejos, anseios e sonhos. Então, por fim, é possível realizar uma conexão com seu produto ou serviço, e como isso pode ajudá-los a conseguirem o que querem ou precisam.

Dessa forma, há uma estratégia de marketing baseada em um caminho linear que guia seu lead a partir da identificação de sua própria história.

Não há problema em repetir estratégias e destacar mensagens

Um funil de vendas é composto por diversas etapas, com inúmeros CTAs de diversas maneiras, desde o preenchimento de uma landing page, até a leitura de emails, o envio de uma mensagem de interesse ou o follow nas redes sociais.

Além disso, é comum que os redatores acreditem que um copy de vendas precisa ser extremamente diferente em cada etapa do funil, desde sua linguagem, até seu meio de entrega. Apesar disso, Jim Edwards afirma que isso é apenas um mito.

Considerando que desejemos entregar uma mensagem consistente durante toda a jornada de compra, é possível utilizar a mesma linguagem e mesma mensagem. E-mails, vídeos e textos podem possuir a mesma forma de comunicação.

O autor de “Copywriting Secrets” sugere a utilização frequente de um mesmo copywriting, inclusive, para que seus leads se sintam familiarizados e confortáveis com sua mensagem durante todas as etapas do funil, o que reforça o seu valor.

Conecte-se com as pessoas certas

Outro segredo de Copywriting é a conexão segmentada. Você já pode ter se perguntado: “por que algumas palavras e frases conectam melhor com certas pessoas do que com outras?

A resposta, segundo Edwards, é que as palavras e frases que mais se conectam com as pessoas, são palavras e frases que seu próprio público usa.

Sendo assim, torna-se impossível realizar uma conexão com todas as pessoas ao mesmo tempo, visto que sua maneira de comunicação é distinta e ampla demais para que um copy seja abrangente o suficiente.

Portanto, não busque satisfazer todas as pessoas, descubra quais são as pessoas mais importantes para o seu objetivo e adapte a sua mensagem à elas.

Segmentando o seu público, é possível garantir que cada vez que um copy é lançado, os leads certos sejam prospectados.

Como posso manter as pessoas engajadas e lendo meu copy?

Por fim, o autor Jim Edwards entrega dicas para que você prenda a atenção das pessoas e mantenha seus leitores engajados:

  1. Utilize imagens que os mantenha em movimento: use leitura e visualização dinâmicas;
  2. Divida o texto em tópicos;
  3. Não desenvolva parágrafos muito grandes: de duas à quatro linhas é o ideal;
  4. Mantenha o copy focado no público: sua história, suas necessidades, desejos e problemas;
  5. Expresse todo o necessário sobre seu produto ou serviço: como ele pode beneficiar as pessoas, como os ajudará, melhorará suas vidas ou aliviará uma dor;
  6. Fale sobre o significado da sua intenção e foque em provocar emoções.

Como posso me tornar um bom copywriter rápido?

A resposta de Jim Edwards é simples, e nada secreta: prática. O autor de “Copywriting Secrets” sugere que as pessoas escrevam diariamente e, não somente produzam conteúdos, mas que analisem os resultados que eles geram.

É necessário questionar o que é possível obter e o que realmente é obtido do copy produzido: o que as pessoas pensam sobre ele? O que elas fazem? Se não fazem nada, por quê? O que pode ser aperfeiçoado? O que está dando certo?

A maneira de se tornar um bom copywriter rápido, é praticar, mensurar, observar e, principalmente, nunca se considerar bom demais para continuar aprendendo.

Outros livros sobre copywriting

No livroTransformando Palavras em Dinheiro, Ícaro de Carvalho ensina como utilizar a escrita persuasiva para aprimorar seu conteúdo, principalmente no meio digital. Sendo assim, o autor lista suas estratégias e ensinamentos, consolidados por meio de anos de prática em diversas áreas de marketing.

Já em Copywriting, de Paulo Maccedo, compreendemos as premissas da produção de textos dessa categoria, como o contexto, a persona, as emoções e a estruturação do conteúdo de maneiras mais eficientes para cada situação.

Por último,  em Obrigado Pelo Marketing, Vitor Peçanha trata da importância do desenvolvimento de marketing de conteúdo, uma das estratégias mais eficientes de marketing,e que necessita de um bom copywriting,para ser capaz de convencer o lead a seguir o caminho do funil de vendas até o objetivo final.

Certo, mas como posso aplicar os segredos de copywriting?

  • Pratique técnicas de copywriting frequentemente, de maneiras variadas;
  • Selecione e avalie aqueles textos de copywriting que lhe impactaram ou lhe fizeram efetuar um negócio, analise-os criticamente para descobrir quais estratégias foram utilizadas;
  • Sempre teste seus textos e busque compreender quais os efeitos gerados nos receptores da mensagem;
  • Não tente desenvolver conteúdos mirabolantes quando o simples funciona;
  • Sempre extraia aprendizados dos copies já produzidos, repetindo estratégias de sucesso e evitando as ações com efeitos negativos;
  • Defina seu público e utilize meios, estratégias e linguagem adequadas à ele;
  • Não busque agradar a todos, o copy certo afetará positivamente aqueles que importam.

Avalie o resumo do livro “Copywriting Secrets

O que você achou sobre a desmistificação da alta dificuldade e complexidade na produção de copywritings atrativos e de qualidade?

Os segredos para boas produções persuasivas não são tão obscuros como a maioria das pessoas acredita serem, as grandes chaves são a análise e, principalmente, a prática.

Por isso, se quiser conhecer todos os 31 segredos apresentados por Jim Edwards, não deixe de adquirir a obra completa deCopywriting Secretsclicando no link da imagem abaixo:

Livro "Copywriting Secrets"

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!