Todos se Comunicam, Poucos se Conectam - John C. Maxwell

Aprenda nesse resumo, o segredo do sucesso no empreendimento e de que forma uma conexão dinâmica pode te levar ao patamar de vitória.

Favoritar
Salvar
Lido

Você sabia que um dos pilares do crescimento de um negócio é ter uma comunicação eficiente? 

Agora responda: Como está a sua conectividade com a empresa? Ruim? Aqui será possível encontrar a solução!

Aprenda com esse resumo do livro “Todos se Comunicam, Poucos se Conectam”,  o que você precisa fazer para conectar pessoas, unir propósitos e alcançar de vez o topo dos negócios.

 

Sobre o livro “Todos se Comunicam, Poucos se Conectam”

 

O livro “Todos se Comunicam, Poucos se Conectam”, foi escrito por John Maxwell. É composto de 115 páginas, 2 partes e 10 excelentes capítulos nos quais farão você entender a importância de uma comunicação direta, eficiente e persuasiva na ascensão profissional de um indivíduo.

 

Sobre o autor John C. Maxwell

 

John Calvin Maxwell graduou-se na Ohio Christian University, fez mestrado na  Azusa Pacific University e doutorado na Fuller Theological Seminary.

É pastor, conferencista e autor de diversos livros na área de empreendedorismo e liderança, como: 

 

 

Além disso, Maxwell é considerado o líder número um em negócios pela American Management Association e o especialista em liderança mais influente do mundo pela Business Insider.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

O livro “Todos se Comunicam, Poucos se Conectam” é indicado para líderes, palestrantes e gestores insatisfeitos que necessitam aprender a se conectar de maneira mais dinâmica e não tem ideia de como fazer isso. 

Esse livro é um guia para o sucesso e um manual da comunicação eficaz.

 

Ideias principais do livro “Todos se Comunicam, Poucos se Conectam”

 

John Maxwell destaca no livro “Todos se Comunicam, Poucos se Conectam”, pontos primordiais que definem não apenas um bom comunicador, mas também aquelas pessoas que usam a conexão como a chave de sucesso em suas vidas:

 

  • A comunicação efetiva é o segredo do sucesso;

  • Seja influente: Conecte-se;

  • A facilidade de se conectar com as pessoas tem a ver com maturidade;

  • Nem só de palavras vive a conexão;

  • A energia e a comunicação devem andar de mãos dadas;

  • Encontrar um ponto em comum entre você e o outro é crucial para uma boa comunicação;

  • Fuja da “comunicação cemitério”.

 

Pronto para melhorar sua comunicação? Então, vem com a gente!

 

Faça o Download do Resumo do Livro "Todos se Comunicam, Poucos se Conectam" em PDF grátis

 

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

 

[Resumo do Livro] Todos se Comunicam, Poucos se Conectam - John C. Maxwell, PDF

 

Conectar-se é essencial

 

Um gestor de sucesso precisa aprender a se conectar. Inicialmente pensamos que isso pode ser feito através de um simples diálogo. Porém conectar pessoas ultrapassa isso.

Se pararmos para pensar em algum exemplo simples, logo imaginamos uma cena em que, no final de uma fala, uma pessoa não lembra nada do que a outra disse.

Mas por que isso acontece? Porque as palavras soaram livremente sem encontrar um destinatário específico.

É necessário entender que a conexão e a afinidade precisam andar de mãos dadas.

Agora me responda: Você consegue se conectar no ambiente em que está inserido?

Se a resposta for negativa, não tem problema. John explica que a conexão não depende da genética ou da hereditariedade do indivíduo.

Não é algo nato, e sim uma habilidade que pode ser moldada no decorrer do tempo.

 

Mas como fazer isso?

 

Um líder precisa ter a comunicação como uma de suas características básicas. Mas, para que sua forma de comunicar e conectar estejam literalmente interligadas, se faz necessário o entendimento de alguns pontos extremamente importantes, como por exemplo:

 

  • Inconformismo: Não aceitar sua falta de conexão como algo do destino ou algo que faça parte da sua personalidade é o primeiro passo para construir uma boa comunicação.

  • Coragem: É essencial. Porém é primordial entender que a coragem desligada da conectividade em nada fará efeito;

  • Compreender a importância das pessoas é crucial para o início do aprendizado sobre conectividade;

  • Aumentar o vocabulário de conexão, sair das meras palavras e conhecer detalhes do outro é importante. Ou seja, ser interessante é essencial;

 

3 esferas da conexão

 

Para que exista uma conexão de sucesso é necessário distinguir as formas de comunicação. 

O livro “Todos se Comunicam, Poucos se Conectam” ensina que quase a totalidade da nossa comunicação se encontra na esfera individual. Por ser uma esfera ampla, é preciso ter alguns cuidados nessa forma de interação. 

Ou seja, ser menos egoísta nas palavras e ser solícito e recíproco com o outro são algumas formas eficientes de aproximação.

Já na esfera coletiva, no que se refere a equipe de trabalho, por exemplo, é necessário haver um método de comunicação “igual para igual”. Isto é, elogiar, incentivar e comemorar as conquistas junto ao grupo são excelentes medidas para se ter uma boa conexão. 

A esfera coletiva pode ser além do ambiente de trabalho.

Se você leitor, for um palestrante, precisa entender que a forma de abordagem é diferente. Um público para se manter focado precisa de entretenimento.

A linguagem precisa ser clara, de fácil acesso, objetiva e a plateia precisa se sentir incluída em suas palavras. A empolgação e a valorização do ouvinte devem ser características permanentes em um discurso de um bom comunicador.

 

Outras formas de interação

 

Uma conexão eficiente vai além de meras palavras. A projeção da voz influencia diretamente na maneira que o ouvinte vai receber o discurso.

Além disso, o entusiasmo empregado é decisivo na boa conexão com o outro

John explica que a linguagem corporal também é levada em consideração. A forma como você se porta diante de alguém e as suas ações mediante um público dirão se você é ou não um bom comunicador.

Ele também informa que é comprovado cientificamente que a maneira como o outro vê o locutor é levada muito mais em consideração do que literalmente as próprias palavras.

 

Uma boa dica de conexão

 

Um bom líder precisa colocar a impressão digital nas palavras. Um discurso verdadeiro faz toda a diferença na escala do sucesso. A credibilidade das palavras tem a ver com a visão que você implanta nelas.

E a visão precisa ser sua. Precisa ser sua verdade, sua opinião e sua ideia mediante algo.

Seja um intermediador de boas ideias, mas, sobretudo, seja além de uma promessa, seja um exemplo vivo daquilo que você está oferecendo.

Conecte as pessoas ao seu favor. Tenha um discurso direto.

 

A comunicação e a energia

 

Entenda que a energia é vital em uma comunicação. O escritor explica que quanto maior o grupo, maior a energia necessária para manter uma boa comunicação. 

Uma boa liderança precisa de uma boa comunicação e, sobretudo, uma boa conexão, mas para que essas características estejam fortemente interligadas é necessário um certo esforço por parte do gestor. 

Sendo assim, as suas baterias sejam elas de origem mental, física, espiritual e emocional precisam ser recarregadas continuamente a fim de não atrapalhar as coisas as quais você está destinado a fazer.

 

O ponto em comum entre você e o outro

 

Conectar é uma habilidade. Quando se tem a intenção de se comunicar com alguém, é necessário primeiramente que exista um estudo sobre aquela pessoa. 

É primordial que você esteja interessado em conhecer o outro.

Seja na vida pessoal ou profissional, a troca de experiências exige um mínimo de coerência na fala, e para isso é preciso alguns fatores em comum.

 

Como captar a atenção do meu público?

 

Os grandes líderes, gestores e comunicadores utilizam de alguns artifícios para prender a atenção do seu público. Entre eles, podemos citar:

 

  • Relacionamentos: aprenda a ter um círculo influente. Algumas vezes, você passará por situações em que precisará discursar a um público novo ou diferente do qual esteja acostumado. Para que haja maior facilidade de comunicação e maior conforto para você, o autor explica que é interessante que haja uma recomendação prévia. Entenda que para o público confiar e estar disponível a ouvir alguém é preciso que eles saibam não só de onde essa pessoa veio, mas também quais são as redes de influência pelas quais elas estarão conectadas;

  • Percepção: tenha um discurso útil. Não leve palavras vazias ou as pessoas não ouvirão você. Geralmente, quem tira um pouco do seu tempo para interagir, quer saber o que de fato o outro tem a oferecer. Agregar valor à vida de alguém é imprescindível para quem quer ter uma conexão eficiente;

  • Sucesso: tenha uma história de vitórias. Relatar conquistas e demonstrar de que forma foi almejada, trará a plateia inteiramente a seu favor;

  • Sacrifícios: contar sua trajetória de sucesso é fundamental para um bom discurso. John explica que assuntos que dizem respeito a mudança do padrão de vida, e sobretudo, a maneira pelo qual você conseguiu almejar a escada do sucesso são alguns dos fatores responsáveis pela atenção do público.

 

Uma conexão inspiradora

 

A motivação é responsabilidade do líder. Ela é benéfica por trazer resultados satisfatórios em menor espaço de tempo, por manter a equipe mais unida e mais empolgada em prol do objetivo comum.

Porém, hoje viemos falar que motivação também é uma forma de conexão inspiradora. A inspiração é a união do saber, do ver e do sentir. É a chamada “Equação da Inspiração”.

Vamos juntos aprender um pouco mais sobre isso.

 

Equação da Inspiração e o retorno do sucesso

 

Um bom gestor precisa antes de tudo ser um bom ouvinte e uma fonte de inspiração para os outros.

Para a construção de uma equipe de sucesso é necessário que haja uma valorização do coletivo e que todas as opiniões dos integrantes do grupo sejam levadas em consideração. As pessoas precisam saber o quanto são importantes.

De acordo com o John C. Maxwell, outra característica essencial de um bom líder é conseguir transparecer a convicção das próprias ideias.

Os membros da equipe ou o público pelo qual está ouvindo a mensagem precisam acreditar na veracidade do que está sendo falado, mas para que isso aconteça, primeiro tem que partir de você.

Você precisa acreditar no que está falando e, consequentemente, essa credibilidade será passada também para o outro.

Mas o que as pessoas precisam sentir? Três coisas precisam ultrapassar o campo das emoções. Dentre elas:

 

  1. A paixão pelo que faz;

  2. A confiança no que diz;

  3. A gratidão que te comove;

 

Seguindo esses ensinamentos você, de fato, iniciou a maratona de vitória, de conquista e de sucesso em sua vida.

 

O que outros autores dizem a respeito?

 

No livro “Transformando Networking Em Negócios”, o autor Jorge Menezes mostra como profissionais de sucesso aprenderam a construir suas carreiras baseadas em uma sólida rede de relacionamentos pessoais e profissionais.

Em “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”, Dale Carnegie fala sobre como elogios é uma forma de influenciar já que uma das mais fortes características do comportamento humano é o desejo em ser valorizado por outras pessoas; todos nós gostamos de receber elogios e ouvir que estamos realizando um bom trabalho.

Por fim, segundo o Robert Cialdini, em seu livro “As Armas da Persuasão”, todos usam da influência e também são alvos dela. Ele explica que os profissionais da persuasão sabem exatamente o que querem e onde chegar, para isso, utilizam-se de seis princípios, abordados em seu livro, psicológicos para alcançarem seus objetivos.

 

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

 

De muitas formas, como por exemplo:

 

  • Atente-se aos erros e repare-os. Um líder erra. Mas um bom líder reconhece isso e tenta consertar;

  • Seja sincero. O verdadeiro líder vive a sua mensagem. Não propague mentiras, diga sua história exatamente como ela é;

  • Se preocupe com a base da equipe. Estar no topo é excelente, mas se colocar no alicerce é fundamental;

  • Fuja da monotonia. Não há nada mais desestimulante do que ouvir um discurso cemitério. Seja um entusiasta por onde passa;

  • Valorize o que o outro tem a oferecer. Um gestor de sucesso aprende com a cultura do outro;

  • Compartilhe valores, compartilhe sucesso. Não seja egoísta. O segredo do sucesso está também em dividir vitórias.

 

Gostou desse resumo do livro “Todos se Comunicam, Poucos se Conectam”?

 

Esperamos que você tenha gostado deste resumo. Deixe seu feedback nos comentários, sua opinião é extremamente importante para nós! 

Ei, se você deseja saber todos os detalhes da obra, pode comprá-la clicando na imagem abaixo:                   

 

Livro Todos se Comunicam, Poucos se Conectam - John Maxwell

 

Nota:
O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.
Favoritar
Salvar
Lido
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!