Viola Davis: Em Busca de Mim - Viola Davis

Viola Davis: Em Busca de Mim - Viola Davis

Será que o local e condições de seu nascimento te definem? Conheça a história de Viola Davis, umas das atrizes mais famosas e influentes da atualidade que triunfou contra o preconceito e as adversidades da vida.

Às vezes aceitar nosso destino e abaixar a cabeça parece o mais sábio e fácil a se fazer, não é mesmo? Mas e se o nosso destino for mais que se encaixar no padrão da sociedade? E se tudo que passamos nessa vida fosse para nos preparar para este destino que pode ser desperdiçado pelo medo?

Nesta autobiografia de Viola Davis, temos a passagem de uma mulher que se descobriu como heroína da sua própria trama. Passando por todas as etapas de uma grande história de superação, temos um personagem principal deslocado que inicia uma jornada enquanto ainda não está preparado para encontrar sua verdade.

Mesmo comparando a uma estrutura genérica de fantasia, nossa realidade e os contos podem estar muito mais interligados do que se imagina e todos temos a capacidade de superar nossos desafios e dificuldades.

Venha ser inspirado por essa mulher que dominou os holofotes nas telas e na realidade!

O livro “Viola Davis: Em Busca de Mim”

Contendo 266 páginas, a obra distribui em 17 capítulos as diferentes etapas da vida de Viola Davis. Nascida nos EUA em condições precárias onde a fome, o medo e o preconceito eram raízes do seu cotidiano, a atriz vivenciou experiências horrendas que a marcaram por toda vida.

A obra retrata essas experiências de forma não romantizada e analisa como as ações e pensamentos da autora na vida adulta a levaram a ter a garra e perseverança para alcançar seus sonhos, sendo um dos seus marcos o Óscar de 2017, pelo filme Um Limite entre Nós.

Quem é a autora Viola Davis?

Conhecida principalmente pelas suas participações em grandes filmes e séries como: Como Defender um Assassino, Histórias Cruzadas, Esquadrão Suicida e mais, Viola Davis é uma das 100 pessoas mais influentes pela Times e conquistou diversos prêmios como Oscar, Emmy Awards e Tony Awards.

Suas habilidades se estendem também para produção e escrita, tendo escrito um livro infantil (Corduroy Takes a Bow) e uma autobiografia.

Por que ler “Viola Davis: Em Busca de Mim?

O mercado está sempre se renovando e por isso muitas vezes nos sentimos deslocados e incapacitados, neste livro veremos as dificuldades passadas por Viola e quais lutas ela escolheu enfrentar para chegar onde está.

A obra também ensina como canalizar as emoções e dificuldades de forma produtiva e mostra como a força de vontade pode ser a diferença entre o fracasso e o sucesso.

Seja você um fã de seu trabalho ou de sua representatividade como uma mulher negra, essa história com certeza lhe ajudará a ter perseverança no caminho que você escolheu para sua vida.

Quais são os principais ensinamentos do livro “Viola Davis: Em Busca de Mim”?

  • O poder das memórias;
  • O medo como combustível para ir em busca de seu sonho;
  • Amor-próprio;
  • Representatividade nas telas da televisão;
  • Como viver com as cicatrizes deixadas pela vida.

Como crescer em meio a tantas adversidades?

Qualquer ser humano tem um instinto muito forte em relação à sobrevivência, alguns nunca passaram por isto, então, imaginar um cenário onde a violência, roubo e pobreza envolvem seu dia-a-dia, é impossível.

Os que passaram por estas dificuldades sabem que seu espírito deve ser forte para combater e sobreviver nestas condições, e este foi o caso de Viola.

Nascida no dia 11 de agosto de 1965 na Carolina do Sul, desde pequena a atriz era lembrada de sua cor e também de sua posição dentro da hierarquia preconceituosa.

Sua forma de defesa era ter uma atitude competitiva e irritada, que a levava para a coordenação em diversas ocasiões. Estava claro a revolta e desespero de uma criança que desafiava quem quer que fosse e, ao mesmo tempo, era desafiada todo dia.

Ao contar sobre seu passado, existem momentos que mais a marcaram e que a definiram por muitos anos, até sua fase adulta. Uma delas é de como foi perseguida diversas vezes após a escola por um grupo de meninos que a chamavam de feia, por isso, a faziam sofrer, jogava objetos e tentava bater nela, era um tormento diário.

Neste caso a frase “Run Viola, Run!” seria bem aplicada, pois ela corria para sobreviver, uma corrida interminável, provinda do constante medo do seu passado. Infelizmente, este não foi seu único problema enquanto crescia, seu pai foi o primeiro homem a quem amou e também o primeiro a quebrar seu espírito.

Violências constantes contra sua mãe, trouxeram uma instabilidade dentro do local em que mais deveria sentir-se segura. Um abuso sexual provindo de seu irmão também foi uma realidade que teve de passar ainda pequena.

A pobreza da família era uma realidade que a fazia roubar para se alimentar. Esses momentos a marcaram de maneiras diferentes, geraram uma profunda insegurança e muitas vezes ela se sentiu diminuída perante os outros, inclusive daqueles que admirava.

Cada parte, boa ou ruim, influencia e molda nossas possibilidades, mas quem define o que fazer com elas somos nós mesmos.

“As memórias são imortais. São imortais e precisas. Elas têm o poder de lhe dar alegria e perspectiva em tempos difíceis ou podem te estrangular. Te definir de uma forma que se baseia mais nas percepções escondidas dos outros do que na verdade". - Viola Davis

Como Viola achou e seguiu seu propósito na vida?

Achar seu propósito ou então aquilo que você passar em sua vida fazendo, não é fácil, pois além das inúmeras tentativas de se encontrar, muitas vezes, temos nossas ideias barradas pela ideia de segurança e estabilidade da sociedade.

Para nossa protagonista, seu momento mágico aconteceu ao ver a atriz Cicely Tyson, alguém parecida com ela, na televisão! Se ela pode, como que a pequena Viola não conseguiria? E sua oportunidade apareceu em um concurso da cidade no qual ela e as irmãs fizeram um skit chamado de “O Show Salvador de Vidas” e elas ganharam.

Este evento trouxe mais do que o prêmio, trouxe também o reconhecimento que secretamente almejava. Eventualmente, acabou se engajando em atividades extracurriculares da escola e entre elas estava o Teatro. Muitos anos depois ficou claro o porquê de sua escolha de profissão, era um escape, onde podia canalizar todas suas emoções e angústias da vida real.

E assim continuou se interessando e participando de mais atividades na área, incluindo outra seleção onde 30 adolescentes concorreram a uma viagem para Miami. Este foi não só o momento em que Viola mais se apaixonou pela arte de atuar como também foi o momento no qual ela mais se sentiu fora de sua zona de conforto.

Todas essas pequenas etapas a levaram a entrar na universidade e participar de aulas de teatro, mas seu medo de não conseguir se sustentar e ter que voltar para casa a levou a pensar em ser professora. Contudo, isto apenas gerou uma profunda depressão que a fez eventualmente retornar e se arriscar na atuação.

Terminando a faculdade continuou a participar de programas de atuação e eventualmente entrou na Julliards, foi ali que seu senso de quem era mudou completamente. Lá ela entendeu o poder da cor negra.

Percebeu como esta área era extremamente preconceituosa e neutralizante das culturas minoritárias e afro-descendentes. Não apenas a faziam se encaixar em personagens neutros sem traço cultural - afinal a maioria das peças era feita por brancos para brancos - mas a vergonha de ser quem era afetava sua confiança. Até então!

Ela foi obrigada a perceber que lutar contra quem era e quem havia sidonão era uma realidade que devia acatar. Então, ao realizar uma viagem para países na África, Viola, finalmente, conseguiu entender sua raiz e quem deveria ser na profissão que escolheu ter.

Infelizmente nada é feito apenas de partes felizes e de autorrealização, seu caminho foi duro. Ela trabalhava em diversos empregos para poder se sustentar e comer, mas seu medo de ter que voltar para casa era pior.

Durante essa época ela também teve um namorado que fez parte de 7 anos da sua vida, entretanto não era um relacionamento, não havia comunicação e por isso ele ficava com diversas mulheres. Este momento é relevante, pois foi dele que perto de sua graduação na Julliards ela ficou grávida.

Seu medo e insegurança bateram mais uma vez e a difícil decisão de aborto foi tomada, como ela mesmo salientou em seu livro, todos têm segredos e este é um dos que mais doem na sua vida. O que se pode tirar é que todos somos construídos de cicatrizes, mas se não fossem elas não aprenderíamos a viver.

Como Viola se tornou famosa?

Fama é algo muito almejado em diversas áreas, mas principalmente nesta. A dificuldade de chegar lá é a questão do problema, se você não for famoso, como conseguirá se sustentar na área?

A biografia salienta como apenas 0.04% dos atores ficam famosos e isso não é apenas por talento, existe uma realidade não falada, que é a sorte! Esta pequena palavra é essencial para que qualquer coisa aconteça, não importa o quão esforçado você seja.

Então, ali estava Viola, graduada na Julliards, com um agente famoso, mas nenhum papel lhe era dado. Houveram diversas tentativas e falhas, ela não encaixava no padrão ou não era conhecida o suficiente, por isso seu sustento vinha de pequenas apresentações de teatro.

Até que a sorte bateu em sua porta e a coragem de enfrentar algo novo a fez conseguir um papel na peça Seven Guitars dirigida por Lloyd Richards. Nessa época, ela cresceu muito como atriz e finalmente conseguiu melhorar sua qualidade de vida.

Isto afetou diretamente sua família que recebia ajuda financeira da filha. Qquando foi indicada ao Tony Awards, os pedidos de ajuda começaram a ser mais frequentes e em valores maiores. A  família ganhava pouco e os números de integrantes aumentavam com os filhos do irmão de Viola que não tinha condições para se sustentar.

Enquanto havia uma parte positiva nesta situação, como a mudança no comportamento do pai, que agora se tornara carinhoso e afetivo com todos da família, principalmente, a sua mãe, isto gerava um constante desespero por conseguir dinheiro suficiente para sustentar a si e a todos.

Eventualmente ela começou a participar de mais papéis e chegou até na TV, um dos primeiros filmes de Viola Davis foi o filme Irresistível Paixão, com George Clooney e Jenifer Lopez recebendo $1.000 dólares por dia.

Foi durante esta época que conheceu seu marido Julius, aprendendo cada vez mais a amar e aceitar cada parte que a faziam ser ela.

Ao entrar nesta área os papéis começaram a aparecer como dominó, uma vez dentro da indústria a constância era mais certa e assim ela conseguiu um papel no filme Dúvida com Meryl Streep.

Seu reconhecimento cresceu imensamente com esta e diversas outras produções, fazendo o ano de 2011 e 2012 muito gratificantes. Nestes anos ela e o marido formaram a JuVee Productions e ela foi nomeada pela revista TIME, uma das 100 pessoas mais influentes.

Nesta época um assunto já repercutido na sua vida voltou à tona, a falta de papéis para mulheres negras e principalmente para as que eram “muito pretas”. Ela não se encaixava no padrão sexualizado que a sociedade e os filmes apresentavam. Isto só intensificou sua vontade de mudar a indústria e representar tudo aquilo que ela ignorou durante anos.

Como Viola Davis usou sua voz no mundo do entretenimento?

Falar sua verdade e seus pensamentos nunca é fácil, seja no começo, meio ou final da carreira. Fazer  isso significa mostrar parte da sua essência e quando é relacionado a representatividade, quebrar o paradigma da vergonha e opressão sofrida é ainda mais doloroso.

Sua oportunidade veio ao aceitar o papel de Annalise Keating em Como Defender um Assassinato, ela era descrita como uma advogada de defesa que era sexual, inteligente, vulnerável, com possibilidades de sociopatia, altamente astuta e criminosa. Nada parecido com trabalhos antigos, afinal este era um papel onde ninguém a achava capaz de realizar por sua aparência.

Este papel não tinha cor, no sentido de que podia ser interpretado por qualquer pessoa, mas ela quis mostrar que esse papel era feito para ela, alguém que, sim, tem uma cor! Seu pedido ao diretor foi de tirar a peruca na primeira temporada, algo simbólico e representativo a sua cultura.

Todos nós sabemos como ela explodiu no mundo através desse seriado que mostrou não apenas que mulheres pretas podem ser sexy mesmo não se encaixando no padrão, como elas tem uma garra para superar e agarrar seus sonhos.

 “Cada memória dolorosa, cada mentor, cada amigo e inimigo serviu como um cinzel [...] A escultura imperfeita, mas abençoada que é Viola ainda está se desenvolvendo e sendo esculpida. O meu elixir? Já não tenho vergonha de mim. Aceitei tudo o que alguma vez me aconteceu. As partes que foram uma fonte de vergonha são, na verdade, o meu combustível.” -  Viola Davis

Mais biografias sobre superação

Uma mente brilhante nunca passaria por dificuldades, não é mesmo? No resumo do livro “Einstein: Sua vida, Seu universo” de Walter Isaacson vemos que a vida de gênios não é tão fácil como esperado e todos têm seus demônios para enfrentar.

A artista Frida Kahlo também construiu um legado onde transformou suas angústias e dores em representatividade e arte, no resumo “Frida Khalo: A Biografiade Hayden Herrera transitamos pelas várias etapas transformadoras de sua vida.

Para finalizar temos a história deNujeen”, escrita pela própria em conjunto com Christina Lamb. Enquanto refugiada, ela teve que passar por imensas dificuldades para sair de sua terra natal, contudo ela tinha mais um obstáculo, fazer tudo isso em cadeira de rodas.

Como usar os ensinamentos de Viola Davis?

  • Não tenha medo do seu passado, aprenda com ele e ache a sua verdade;
  • Desafios e limitações impostas por outros são inevitáveis, mas é você quem decide quando desistir ou continuar;
  • Aprenda a se amar com os defeitos e qualidades que tem, a vida é algo precioso que deve ser valorizado, independente das cicatrizes que carrega;
  • Por mais difícil que possa parecer, seja você sempre e em todos os lugares, não se esconda e se reprima diante da opinião alheia.

Avalie o resumo de “Viola Davis: Em Busca de Mim”

Muito obrigado por conferir mais este resumo da nossa plataforma!

Avalie a qualidade dele e não se esqueça de deixar o seu feedback nos comentários.

Também temos duas oportunidades incríveis para você: assine a nossa newsletter gratuita e faça a sua assinatura premium para garantir uma experiência completa no site. Assim, escutando o PocketCast por apenas 5 minutos, você aprenderá novos conteúdos diariamente!

Adquira a obra completa clicando na capa do livro abaixo:

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!