How to Be Better at (Almost) Everything - Pat Flynn

How to Be Better at (Almost) Everything - Pat Flynn

Entenda as vantagens de ser uma pessoa generalista ao invés de especialista e aprenda técnicas que vão te auxiliar no aprimoramento das suas habilidades.

O que faz algumas pessoas serem surpreendentes em tudo que fazem? Você acha que ser o melhor em uma habilidade é a chave para o sucesso? Essas e outras questões Pat Flynn responde em seu livro “How To Be Better At (Almost) Everything”.

A escolha entre ser um generalista ou um especialista é um fator chave para o seu sucesso.

Quer saber mais? Continue ligado com a gente!

Sobre o livro “How To Be Better At (Almost) Everything”

O livro de autoajuda, “How To Be Better At (Almost) Everything”, de Pat Flynn, foi lançado em 2019, e ensina como ficar melhor em quase tudo. Para o autor, pessoas generalistas são aquelas que são boas em várias coisas, ao contrário de um especialista que é o melhor em especificamente uma.

O autor mostra a importância de se tornar um generalista no mundo de hoje e desmistifica a ideia de que para alcançar o sucesso você deve ser especialista.

A obra, de fácil leitura, induz o leitor à reflexão e disponibiliza várias técnicas para ajudá-lo a desenvolver as habilidades que almeja.

Quem é Pat Flynn?

Pat Flynn é escritor, filósofo, músico e empreendedor. Ele oferece consultoria de negócios online e é personal trainer.

Ele é também autor de 4 livros, um deles feito para os seus filhos e os outros são best-sellers. Além disso, ele é autor do podcast The Pat Flynn Show”, onde ele ensina sobre o generalismo, assunto abordado nesse livro.

Esse livro é indicado para quem?

O livro “How To Be Better At (Almost) Everything” é indicado para aqueles que querem se tornar bons em diversas coisas, ou seja, um generalista.

Além de ser indicado para aqueles que querem descobrir quais habilidades devem desenvolver e como obtê-las.

Principais ensinamentos do livro “How To Be Better At (Almost) Everything”

  • Se contente em ser bom o suficiente em vários assuntos e habilidades, porque assim você pode se tornar criativo e competitivo;
  • Ter várias habilidades e combiná-las é melhor que ser um especialista em apenas uma;
  • As habilidades que cada pessoa deve ter são: disciplina, foco, lógica, persuasão e fé;
  • Não seja mais que 80% bom em alguma coisa, caso contrário você se torna um especialista;
  • Pratique, em situações desafiadoras, as habilidades que quer desenvolver.

Faça o Download do Resumo do Livro “How To Be Better At (Almost) Everything” em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] How to Be Better at (Almost) Everything - Pat Flynn, PDF

Por que se tornar um generalista?

Como analisado acima, o autor enfatiza e explora a convicção de que manter um maior número de atributos relativamente bem desenvolvidos é inegavelmente mais produtivo do que aprimorar algum até dominá-lo com excelência.

Isso se deve, principalmente, ao fato de que várias qualidades combinadas tornam o profissional mais versátil e flexível, capaz de solucionar uma maior gama de problemas.

Partindo do pressuposto de que dificuldades pontuais, na maioria das vezes, são resolvidas com apenas razoável domínio de técnica, concentrar-se em aprofundá-la pode acarretar a perda de eficiência geral da pessoa. Neste caminho, ele seleciona 5 princípios como base para o desenvolvimento da capacidade generalista mencionada.

Ter várias habilidades é melhor que ser um especialista

Para o Pat Flynn, é preferível ser melhor do que muitas pessoas em várias coisas do que ser o melhor em apenas uma coisa. Uma combinação de habilidades leva o indivíduo a se tornar mais poderoso e com mais vantagens, tendo assim maior chance de atingir o sucesso.

Especialização em curto-prazo

O autor diz que ser um generalista não significa que você deve tentar melhorar em tudo de uma só vez. Ele afirma que os bons generalistas são aqueles que se concentram em uma ou duas coisas, até desenvolvê-las a “80%”, como será explicado no próximo tópico.

A regra dos 80%

Essa regra diz que você não deve ser mais que 80% bom em alguma coisa. Se assim o fizer, significará que já é um especialista. Você deve adquirir outra habilidade se sentir que ao atingir 80% em algo, o resultado não está sendo satisfatório.

Integração é melhor que isolamento

Esse princípio traz a ideia de que você deve se concentrar apenas em técnicas ou habilidades que tenham relação com o que você queira ter, e que elas devam ser praticadas apenas em contextos de qualquer resultado que você deseja alcançar.

5. Repetição e resistência

Para você se desenvolver em alguma habilidade, além de ter que praticar muito a fim de atingir resultados satisfatórios, você deve praticar em situações que sejam desafiadoras para você.

O que são as Metaskills?

Nessa parte do livro “How To Be Better At (Almost) Everything”, Pat Flynn define 5 habilidades fundamentais que ajudam qualquer interessado a conquistar a habilidade que deseja desenvolver, denominadas metaskills. São elas:

1. Disciplina

Ele trata a disciplina como uma habilidade necessária para você desenvolver outra, já que para o autor é impossível adquirir uma habilidade sem ter rotina.

Vários métodos são citados para desenvolver a disciplina, listamos alguns deles:

  • Ter um sono regular;
  • Exercitar-se pelo menos 30 minutos por dia;
  • Meditar;
  • Comer alimentos com proteína em cada refeição.

2. Foco  

Nessa parte, o autor dá várias técnicas e dicas de como manter o foco, e uma delas é utilizando a meditação.

3. Lógica

A melhor forma de desenvolver a lógica é refletir sobre um determinado assunto e praticá-lo. O livro contém várias dicas sobre como você pode fazer isso.

Uma delas é por meio da utilização de perguntas como base para a construção de argumentos.

4. Persuasão

O autor argumenta sobre a importância de você desenvolver a persuasão para assim conseguir adquirir outras habilidades. Flynn dá várias orientações de como fazer isso e também ilustra um “plano de persuasão”:

  • Se apresente e estenda a mão toda vez que conhecer uma nova pessoa;
  • Pergunte como você pode ajudá-la;
  • Estabeleça influência através da comunicação: faça comentários sobre o trabalho dela, envie algo que despertaria o interesse nessa pessoa, entre outros.

5. Fé

Por fim, o autor explica as razões pelas quais a fé é tão importante nesse objetivo, como o fato dela unir as pessoas e trazer coisas boas.

Outras habilidades essenciais para o generalismo

Nessa parte do livro, o autor Pat Flynn induz o leitor à reflexão acerca de qual habilidade ele quer desenvolver e que, para isso, ele deve seguir os 5 princípios que são considerados fundamentais para se tornar um generalista, como explicado na primeira seção.

Ele ressalta a importância de, ao encontrar a habilidade que você quer desenvolver, dedicar-se à ela e ter sempre em mente a razão pela qual você a escolheu, para não perder o foco e a motivação.

Outros livros sobre sucesso em todas as áreas

Em “Fora de série: OutliersMalcolm Gladwell faz uma análise de personalidades consideradas “fora de série” como os Beatles, Mozart e Bill Gates, e confirma que o que levaram eles a terem uma trajetória espetacular é uma combinação de vários fatores,desmistificando que para alcançar o sucesso você deve possuir talento nato e/ou um alto QI.

O livro “Garra: O Poder da Paixão e da Perseverança”, da autora Angela Duckworth, leva ao questionamento sobre o que leva uma pessoa a ter sucesso. Para ela, o que diferencia as pessoas que têm sucesso das que não têm é a questão da garra, que é uma combinação de paixão e perseverança.

Por fim, no livro “Descubra Seus Pontos Fortes”, os autores dão a seguinte sugestão: em escolas e locais de trabalho, somos encorajados a encontrar e corrigir nossas fraquezas, visando sempre aumentar nossa produtividade. Se pararmos para pensar, devíamos focar justamente no contrário, que são nossos pontos fortes.

Certo, mas como posso me tornar um generalista?

O autor diz que muitas pessoas têm a ideia de que não atingem o sucesso por não terem muita informação. Isso pode ser verdade, mas Flynn salienta que ter muita informação pode atrapalhar também, porque a pessoa pode não saber por onde começar.

Por isso, você deve se esforçar e implementar as informações que já tem.

Portanto, coloque em prática os ensinamentos do autor, lembre-se quais foram as razões que te levaram a começar a desenvolver as habilidades (para não perder o foco), faça meditação, e aprenda todo dia uma coisa nova.

Avalie esse resumo do livro “How To Be Better At (Almost) Everything”!

O que você achou da obra? Lembre-se que mais importante que o volume de ensinamentos é praticá-los!

Deixe o seu feedback para a gente saber a sua opinião; assim, poderemos oferecer, sempre, o melhor conteúdo pra você!

Se quiser se aprofundar ainda mais no assunto, aproveite também para adquirir o livro clicando no link abaixo:

How to Be Better at Almost Everything - Pat Flynn

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Upgrade Account
Experimente ser premium

Experimente ser premium