Influencer - Brittany Hennessy

Na era da mídia social, aprenda como criar a sua própria marca e entrar no vasto e competitivo mercado digital, gerenciando e monetizando sua influência com sucesso.

Adicionar aos Favoritos
Adicionar Para Ler
Marcar como Lido

A autora Brittany Hennessy é responsável por contratar e gerenciar os Digital Influencers para promover as marcas digitais da Hearst e ensina, em seu livro, “Influencer”, o que fazer para construir a sua marca pessoal.

Você entra no seu feed do Instagram e vê os Digital Influencers postando fotos de lugares incríveis, ganhando produtos maravilhosos e pensa: “Por que alguém não poderia me pagar para eu viver essa vida também”?  

Digital Influencers, como o próprio nome já sugere, são pessoas capazes de influenciar outras através das mídias sociais. Eles são responsáveis pela produção de conteúdo e por manter o seu público engajado. 

Ficou curioso? Então, vamos lá!

 

Sobre o livro “Influencer”

 

A obra “Influencer: Building your Personal Brand in the age of social media” (2018) foi escrito por Brittany Hennessy e contém 255 páginas. Nela, você vai aprender a construir a sua marca pessoal em mídias sociais como o InstagramFacebookYoutube e até blogs.

É um livro de fácil leitura, que contém insights de Influencers, anedotas sobre “o que não fazer como Influencer” e a visão da autora para a sua construção. Brittany mostra como se tornar um produtor de conteúdo partindo do zero.

 

Sobre a autora Brittany Hennessy

 

Brittany Hennessy formou-se em jornalismo, é a primeira Diretora Sênior de Estratégia de Influenciadores e Parcerias de Talentos da Hearst Magazines Digital Media e co-fundadora da Carbon.

Ela criou o blog “ChiChi212.com”, que foi considerado como o melhor blog sobre vida noturna pela revista Paper e se tornou Influencer da Bacardi, Popchips, Svedka e da Gap.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

“Influencer” é ideal para você que deseja se tornar um Digital Influencer. Ele também é indicado para aqueles que desejam saber mais sobre como funciona essa profissão e se inteirar das mídias sociais.

 

Ideias principais do livro “Influencer”

 

Dentre o conteúdo apresentado no livro, reunimos as melhores estratégias para que você consiga se tornar um verdadeiro Influencer:

 

  • As empresas pagam os Influencers baseados em dois fatores: quanto custa o seu talento (ou produção) e o tamanho e engajamento da rede deles (ou distribuição);

  • [Curtidas + Comentarios] / Seguidores (no momento do post) = Taxa de Engajamento;

  • Os Influencers devem ser pagos pelo valor que eles trazem à marca;

  • Taxa de Distribuição + Taxa de Talento = O quanto você deveria cobrar pelo post;

  • Ser um Digital Influencer não tem a ver somente com quantidade dos seus seguidores, mas como você gera um conteúdo para aumentar e manter a sua audiência engajada;

  • Brittany propõe uma proporção de 70/30 ao aceitar patrocínios, ou seja, 70% de seu conteúdo deve ser orgânico e 30% deve ser patrocinado.

 

Agora vamos ao conteúdo!

 

Faça o Download do Resumo do Livro "Influencer" em PDF grátis

 

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

 

[Resumo do Livro] Influencer - Brittany Hennessy, PDF

 

Overview: Construindo a sua comunidade

 

feed

 

Inicialmente, Brittany Hennessy sugere você escolher um nome de usuário que seja consistente. Ela começa enfatizando que não é necessário ter uma conta em todas as plataformas, mas deveria ter somente naquelas que você conseguirá administrar.

A autora aconselha que se tenha conta nas 4 maiores plataformas: Facebook, Instagram, Twitter YouTube. Ela explica as vantagens de se ter cada uma e o que se deve e o que não se deve fazer em cada uma delas.

Além dessas plataformas, Brittany aconselha em seu livro “Influencer” que se tenha um blog, por ser uma plataforma em que você pode ter o controle. Já que, nas outras, o seu perfil pode ser deletado a qualquer hora sem te avisar, ou te proibir de promover seus outros canais.

A autora lista 5 insights para quem está querendo divulgar a sua marca pessoal:

 

  1. Poste com frequência;

  2. Seja inclusivo;

  3. Não seja negativo: 

 

“Se você divulgar um produto ou serviço que não seja tão bom, saiba expressar isso com cuidado, não deixe a sua audiência saber que você está desapontado”;

 

  1. Mas também não seja muito positivo: 

 

“No caso se você for divulgar um produto ou serviço bom, não seja exagerado do tipo: ‘Esse é o melhor produto/serviço que eu já vi na vida!!!’”;

 

  1. Vá para o próximo nível: 

 

“Se você é um(a) blogueiro(a) de maquiagem, é claro que vai postar fotos de maquiagens. No entanto, você deve produzir outros conteúdos para postar também.”

 

A Audiência

 

Quando um Influencer publica um conteúdo que envolve patrocínios, os seus seguidores vêem aquilo e acreditam nele. Cada vez mais cresce o uso de Influencers para divulgação de um produto ou serviço já que os anunciantes querem ter acesso ao público deles.

Os anunciantes não vão te contratar para fazer propaganda de produto ou serviço deles, se você não gerar influência nas pessoas, não publicar conteúdos criativos e/ou não tiver um público leal.

Brittany Hennessy ressalta que não precisa ter uma enorme quantidade de seguidores para gerar influência, mas que ela vai usar o número de 100.000 seguidores como um guia.

 

De zero a 2.499 seguidores

 

Teste os conteúdos. Comece fazendo isso com ajuda dos seus familiares e amigos, para eles te fornecem um feedback e sugestões.

A autora dá dicas de entrar em grupos do Facebook que abordam os conteúdos que você está testando e divulgá-los.

 

De 2.500 a 4.999 seguidores

 

Nessa parte, Brittany aconselha colocar hashtags nas suas publicações para atrair desconhecidos para o seu conteúdo. Ela recomenda utilizar de 5 a 7 hashtags em cada publicação.

 

De 5.000 a 9.999 seguidores

 

Quando estiver nesse estágio, a autora Brittany Hennessy recomenda que você siga as páginas que oferecem conteúdos semelhantes ao seu. Para isso, você pode encontrar elas por meio das hashtags.

Outra dica que ela dá é você seguir as páginas que tenham menos seguidores que você, já que elas vão acabar te seguindo de volta por “não quererem perder um seguidor mais influente”. Brittany ressalta que não se deve usar serviços que utilizam likes/seguidores/comentários como meio de troca.

 

De 10.000 a 24.999 seguidores

 

Nesse nível, a sugestão é que você comece a acompanhar o que os outros Influencers estão fazendo e continue a fazer o que já estava realizando nos outros níveis.

 

De 25.000 a 49.999 seguidores

 

Esse é o estágio em que você começa a se conectar com outros Influencers, já que, com isso, você conseguirá um novo público, garantindo mais seguidores. Ela ressalta que você deve explorar a figura de outras pessoas, como os seus amigos e/ou familiares nas sua publicações.

 

De 50.000 a 100.000 seguidores

 

Agora você já está pronto para começar a aproximar marcas para você poder fazer propaganda. Você pode fazer isso oferecendo a divulgação de um sorteio do produto/serviço da marca que você sabe que seus seguidores curtem.

 Por exemplo, se você é Influencer de maquiagens, faça sorteio de paletas de maquiagem, já que mais importante do que ganhar seguidores é mantê-los.

Brittany dá outras dicas. Uma delas é: se você ver comentários de haters em um post seu, você não precisa ter medo de apagá-los e, também, bloquear as pessoas.

Isso é o melhor para a sua própria sanidade e para o público que você está construindo. 

E ela ainda ressalta: não compre seguidores e/ou curtidas. Em 2014, o Instagram deletou as contas fakes fazendo com que muitas pessoas perdessem milhares de seguidores. Se isso acontecer novamente, não soará legal para a sua imagem.

 

Overview: Criando a sua marca

 

Destaque-se

 

Nessa parte do livro “Influencer”, Brittany Hennessy ressalta que há muitos Influencers e que, se você quiser trabalhar para as melhores marcas, precisará se destacar. 

Para isso, você deve entender o engajamento do seu público, possuir habilidades especiais e produzir conteúdo de alta qualidade. Quanto mais você se destacar, maior será sua chance de ser contratado e bem pago.

Primeiramente, você deve saber o quanto seu público está engajado com o conteúdo que você produz.

A autora diz que a taxa de engajamento de cada post é calculada da seguinte forma:

 

[Curtidas + Comentarios] / Seguidores (no momento do post) = Taxa de Engajamento

 

Depois de descobrir a taxa de engajamento, você deve procurar saber mais sobre o perfil dos seus seguidores: Qual a idade, o sexo e a localização deles? Você pode verificar isso através do Google Analytics, se a sua plataforma for Youtube ou blog.

Já se a sua plataforma for Instagram, se o seu perfil for comercial, ele te oferece essas informações.

Com todas as informações em mãos, é hora de você dedicar o seu tempo aprendendo como posar para uma foto, como falar em frente às câmeras e desenvolver outras habilidades.

 

A Imprensa

 

Sempre quando você entrar em contato com alguém, ou seu nome aparecer no inbox, a primeira coisa que vão fazer é procurar o seu nome no Google

Por isso, é imprescindível que um dos primeiros resultados de pesquisa seja aquilo que tenha um conteúdo rico seu, contendo todas as informações sobre você que vão fazer com que a marca queira te contratar.

 

Overview: Monetize sua influência

 

O dinheiro

 

Depois que você já tiver criado um conteúdo rico e divulgado o seu nome, as marcas irão te procurar para você fazer a campanha delas. Dessa forma, eles vão te fazer uma proposta. Como negociá-la? Qual preço você deve cobrar?

Primeiramente, você deve responder todos os e-mails contendo propostas, mesmo que não se interesse por elas.

Brittany diz que a fórmula para você dar o seu preço é:

 

Taxa de Distribuição + Taxa de Talento = O quanto você deveria cobrar pelo post

 

A “taxa de distribuição” é o quanto ela custa para ser exibida no seu perfil/canal. Ela se baseia em 5 fatores: 

 

  1. O quanto de seguidores você tem; 

  2. A taxa de engajamento; 

  3. A qualidade dos seus conteúdos; 

  4. As suas habilidades;

  5. Perfil do seu público.

 

Já a “taxa de talento” é o quanto custa para você produzir os conteúdos. Esses custos são provenientes de: 

 

  1. Seu fotógrafo ou editor de fotos;

  2. O lugar que você pagou para produzir o conteúdo; 

  3. As compras que você fez, incluindo as roupas que teve que comprar para a campanha.

 

Então, você precisa levar em consideração o quanto você cobra por hora. Se você está escrevendo um post no blog, produzindo uma sessão de fotos/vídeos, essas coisas levam tempo, e tempo é dinheiro.

Em toda campanha, você deve incluir o tempo gasto para: 

 

  1. Negociar com o agente do elenco (uma hora); 

  2. Ler o resumo da campanha e pesquisar o anunciante (duas horas); 

  3. Observar e reservar os locais (duas horas);

  4. Criar painéis para a filmagem (duas horas); 

  5. Filmar o conteúdo (até 10 horas).

 

A autora ressalta que muitos Influencers cobram um valor muito alto e ela nos leva a uma reflexão:

“Se nós apagássemos a internet amanhã, alguém saberia quem você é? Se a resposta for não, aja como uma pessoa normal. Há uma razão pela qual você pode fazer compras sem ser atacado e é porque você não é tão importante. É apenas a internet”.

Mas e se oferecerem produtos ou serviços em troca do seu trabalho? Vale a pena fazer? Brittany Hennessy aconselha a refletir em 3 perguntas:

 

  1. É a empresa dos seus sonhos?;

  2. Você vai viajar?;

  3. Eles vão te promover? (No sentido de “Eles podem compartilhar o seu conteúdo para o público deles?”).

 

Qualquer outra oportunidade que te oferecerem com o preço menor que você cobra, você deve sempre refletir se vale a pena fazer, já que pode ser uma grande forma de você aumentar o seu network.

 

O contrato

 

Quando decidir fazer a campanha, você deve analisar com calma cada um dos itens que pode conter. A autora Brittany Hennessy ainda ressalta que nunca se deve assinar um contrato sem ler.

 

O Agente

 

Você pode estar se perguntando como o seu Influencer favorito registra todas essas campanhas enquanto ainda encontra tempo para criar um conteúdo incrível. A resposta curta é: ele não faz. Ele provavelmente tem uma equipe de pessoas o ajudando.

No entanto, há muitas coisas que um agente pode fazer que põem em risco sua carreira. Então, é muito importante que você escolha o caminho certo. Brittany Hennessy traz em seu livro “Influencer” algumas dicas que você deve seguir se estiver procurando por um agente:

 

  1. Olhe para a lista completa de clientes que ele tem;

  2. Conheça seu agente na vida real;

  3. Peça para falar com outros clientes;

  4. Peça para ver o contrato dele;

  5. Procure o seu histórico de trabalho.

 

O que outros autores dizem a respeito?

 

Em “As armas da Persuasão”, o autor Robert Cialdini aprofunda a ideia do marketing pessoal, fornecendo ferramentas sobre como influenciar as pessoas de suas ideias, o que, em uma negociação, é de extrema importância. 

Dessa forma, o livro se baseia em 6 princípios psicológicos que induzem a decisão de compra do cliente para instruir vendedores e profissionais de marketing na conquista de uma compra.

Já no livro Launch, o autor Jeff Walker apresenta um guia sobre como vender produtos na internet, considerando todos os desafios e dificuldades de se fazer um marketing digital eficiente.

Por fim, o livro “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas” traz uma série de ensinamentos sobre como se destacar nas relações pessoais.

 

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

 

Você pode usar todas as dicas da Brittany que foram expostas aqui para já começar a construir a sua marca pessoal. 

Lembre-se o que a autora ressalta: para atrair marcas fortes e lucrativas não é preciso ter milhares de seguidores, e sim você ter um ótimo engajamento com eles, produzir um conteúdo atrativo, ter habilidades com fotos/vídeos, entre outros.

 

Gostou desse resumo do livro “Influencer”?

 

E aí, gostou do PocketBook? Deixe o seu feedback para a gente! Ele é muito importante para conseguirmos entregar sempre o melhor conteúdo!

Ah! E se você quiser se aprofundar mais no assunto, você pode aproveitar e adquirir o livro clicando na imagem abaixo:

 

Livro Influencer                    Livro "Influencer"

 

Nota:

O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.
Adicionar aos Favoritos
Adicionar Para Ler
Marcar como Lido
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!