Resumo do livro Nos Bastidores da Disney - Tom Connellan

Nos Bastidores da Disney - Tom Connellan

Já imaginou o porquê do desejo de visitar a Disney é compartilhado por tantas crianças e até adultos? Tenha em mãos os segredos por trás da famosa empresa de entretenimento de forma simples, clara e objetiva.

Já imaginou o porquê do desejo de visitar a Disney é compartilhado por tantas crianças e até adultos? O que o grupo tem de diferente das outras empresas de diversão?

Nesse resumo de "Nos Bastidores da Disney", Tom Connellan conta os segredos por trás da famosa rainha do entretenimento.

O livro revela os princípios do notável sucesso da empresa, que é reconhecida e admirada por outras empresas e por profissionais de qualquer nível.

Quer saber mais sobre como levar a sua empresa ao outro nível? Continue lendo esse resumo!

O livro "Nos Bastidores da Disney"

O livro "Nos Bastidores da Disney: Os Segredos do Sucesso da Mais Poderosa Empresa de Diversões do Mundo", originalmente "Inside the Magic Kingdom: Seven Keys to Disney's Success" em inglês, foi publicado em 1997 pela editora Bard Productions e adaptada e traduzida pela Benvirá em 2010.

A obra é possui 176 páginas, divididas em 14 capítulos, que vão te levar a entender como a Disney se tornou a maior empresa de diversões do mundo e quais as suas estratégias.

O conteúdo apresentado é um passo a passo para o sucesso e ensina como conquistar o patamar mais alto, através de dicas que vão desde o recrutamento de funcionários até a dinâmica adequada para o alcance de clientes.

Quem é Tom Connellan?

Thomas K. Connellan foi professor da Michigan Business School e diretor de algumas empresas de gestão. Ele já foi citado em conhecidos jornais, como US News, World Report e The New York Times.

Além disso, ele é fundador de uma empresa de serviços na área de saúde, na qual atende a 300 hospitais.

Atualmente, Tom é palestrante renomado no que se refere à áreas de atendimento ao cliente, gestão e comprometimento no trabalho. Já palestrou para megaempresas como: Anheuser-Busch, AT&T, CBS, Ford, IBM, Merrill Lynch, Prudential, Shell Oil, Sony, entre outras.

Por que ler "Nos Bastidores da Disney"?

O conteúdo de "Nos Bastidores da Disney" faz com que a obra se torne um manual imprescindível para o crescimento no mercado, sendo ideal para empresários e gestores que precisam impulsionar seus negócios e não sabem como fazer isso.

O que posso aprender com esse livro?

  • Estudar a concorrência é uma maneira efetiva de planejamento;
  • A opinião do cliente é o seu limiar de sucesso;
  • Torne sua empresa culturalmente atenciosa;
  • A motivação quebra barreiras;
  • A maneira de recrutar funcionários diz muito sobre a sua empresa;
  • O entusiasmo contagia;
  • A cordialidade é uma ferramenta transformadora;
  • A atenção com o cliente é a principal estratégia de marketing;
  • Clientes satisfeitos é sinal de equipe competente, e equipe competente leva a clientes satisfeitos;
  • Analise os detalhes, no final, fazem toda a diferença.

Faça o Download do Resumo do Livro "Nos Bastidores da Disney" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] Nos Bastidores da Disney - Tom Connellan, PDF

Como fidelizar a clientela?

Para o bom funcionamento de um negócio, é necessário que uma empresa esteja preocupada com a retenção de clientes. O problema é que poucos sabem como atrair clientes fiéis.

Tom Connellan destaca em sua obra que deixar uma boa impressão é uma atitude fundamental. Mais do que isso: o cliente precisa se sentir querido toda vez que tiver contato com a empresa.

A Disney é especialista nisso. No decorrer de "Nos Bastidores da Disney", é enfatizado o quanto é levada em consideração a satisfação da clientela, começando pelo tratamento, chamando-os pelo nome. Dessa forma, o cliente se sente valorizado, único e especial.

Esse estreitamento de relação é necessário em todas as áreas da empresa, até mesmo naquelas em que não haja um contato direto com o cliente. Ou seja, não é apenas o setor de marketing que tem essa responsabilidade.

Mas, para isso, é preciso que todos os funcionários estejam engajados com a companhia, de tal forma que a satisfação do cliente seja a principal meta a ser alcançada.

Como usar os detalhes ao meu favor?

Se preocupar com os detalhes é o mesmo que se preocupar com a qualidade dos serviços oferecidos. Tom Connellan demonstra o quanto é importante que essa característica faça parte da cultura da empresa, pois dar atenção aos detalhes é se preocupar com a reputação da empresa.

Além disso, Tom ressalta que mais importante do que investir no setor comercial, é investir no bem estar do seu consumidor. Afinal, o cliente é um marketing vivo do seu negócio.

Independente de qual ramo seja a sua empresa, ou em qual nível organizacional que sua empresa esteja: a preocupação não deve ser apenas com detalhes do produto oferecido, mas também com sua estrutura e com a operação de cada setor.

Às vezes, o produto é bom, porém o que o impede de conquistar o mercado talvez seja um déficit em alguma dessas áreas. Pense nisso.

Detalhes visíveis e invisíveis

É importante que você entenda que nem todos os detalhes são visíveis, mas não quer dizer que por isso sejam menos importantes. Vejamos:

Por exemplo, se há um problema no recrutamento de novos clientes, talvez seja um problema operacional, nas linhas telefônicas ou no método de abordagem.

Não é um detalhe visível ao olhar externo, e sim para aquele líder comprometido com a companhia. Portanto, para que os detalhes invisíveis sejam patentes aos seus olhos, é preciso engajamento com a organização.

Entenda que estar com olhar atento aos detalhes é essencial no que se trata da satisfação dos clientes e, consequentemente, da permanência destes.

Como manter meus funcionários felizes?

A lucratividade está estritamente relacionada à satisfação no ambiente de trabalho. Sabemos que a sensação de ser respeitado e valorizado não tem preço, não é mesmo?

Um grupo motivado se empenha a executar o trabalho da forma mais eficiente. Tom Connellan destaca essa importância, no decorrer do livro, e exemplifica muitas atitudes de reconhecimento dos gestores da Disney para com os funcionários. Eis o motivo de tanto sucesso.

Ele explica, que o ser humano funciona muito bem através de reforços, que são chamados de feedbacks positivos. Eles se caracterizam como sendo os elogios, reconhecimentos ou recompensas destinadas à alguém.

Lembrando que para que haja mais comprometimento por parte do funcionário, ofeedback precisa ser imediato.

Porém, é necessário que você, líder, empresário ou gestor, esteja atento para que não haja a recorrência de feedbacks negativos, e, sobretudo, a ausência destes.

Ou seja, o seu funcionário não apenas precisa de renda financeira, mas é necessário também que à ele seja desempenhado um investimento psicológico. Isso o permite desenvolver suas habilidades de forma extraordinária.

Por que é importante pensar de maneira coletiva?

Um erro recorrente é a supervalorização de uns funcionários em relação a outros. Isso estimula o senso de competitividade e desenvolve sentimentos ruins dentro do funcionário. Sentimentos como impotência, tristeza, ou superioridade nos supervalorizados.

Inclusive, tal atitude faz com que influencie negativamente no crescimento de uma organização.

Tom Connellan destaca que é extremamente relevante que a valorização de todos os funcionários seja por parte do diretor da empresa, ou por parte dos colegas de trabalho oriundos de outros setores.

Sendo assim, é necessário derrubar paredes. Esse processo tem a ver com o extermínio do pensamento vertical, o qual é caracterizado pela ideia egoísta de funcionalidade por parte do empregado.

O membro de uma organização que segue esse princípio é inteirado apenas em suas próprias atividades. Ele também não consegue enxergar a companhia de uma forma coletiva.

É necessário uma conscientização de que a empresa é responsabilidade de todos.

Sendo assim, é interessante que as ideias criativas, ou uma opinião que visa o aperfeiçoamento no ambiente de trabalho, venha por parte de todos. Esse é um sinal importante de que a equipe está interligada em prol de um bem comum.

O seu funcionário tem o perfil de sua empresa?

Quais são os pré requisitos para ser apto a trabalhar em seu negócio? Um bom recrutamento de funcionários vai além da conhecida avaliação do currículo.

O livro "Nos Bastidores da Disney" explica que o empregador precisa enxergar no candidato paixão pelo seu negócio. E isso não tem nada a ver com competência ou várias experiências no currículo.

O indivíduo que tem o perfil coerente vai estar interessado em contribuir com a empresa de forma espontânea, não apenas por questão financeira, mas, sobretudo, pelo fato de que há uma admiração por trás disso.

Havendo uma vontade, consequentemente, haverá um entusiasmo que repercutirá nos resultados, no alcance de clientes e na lucratividade da empresa.

Saia do óbvio

Como dito, a escolha de novos funcionários exige muita atenção por parte dos contratantes.

E como fazer isso de forma efetiva?

Segundo Tom Connellan, é relevante fazer um questionário real. Perguntas reais.

É interessante que o recrutamento não seja algo engessado e extremamente técnico. Mas que possa também passear no campo das emoções, criando situações nos quais o futuro contratado possa relatar.

Invista em seus funcionários

No decorrer da obra, Tom Connellan explica o quão interessante é observar o aperfeiçoamento profissional entre os membros da equipe, a começar pelo gestor.

O que nos leva a entender que os obstáculos empresariais ultrapassam setores da economia. Eis a necessidade também de capacitação dos funcionários.

É necessário que a empresa esteja toda empenhada a trabalhar em prol do crescimento.

Muitos gestores, entretanto, têm um pensamento retrógrado em relação a isso. Acham que investir na ascensão profissional de alguém é preparar aquela pessoa para o concorrente.

Se você pensa assim, tire da sua mente agora mesmo!

Um trabalhador quando é valorizado, empenhado, bem escolhido e bem preparado não tem motivos para sair da organização. Muito pelo contrário, o indivíduo inserido em constantes treinamentos, cursos, especializações vai se sentir ainda mais engajado na causa e apto a levar a empresa ainda mais longe.

A importância da diversão no trabalho

Engana-se quem relaciona diversão com irresponsabilidade.

Tom Connellan destaca que a ausência de diversão é umas das principais causas de deficiência profissional.

Para que haja uma boa conexão entre indivíduo e emprego, é essencial que o ambiente seja prazeroso.

De acordo com "Nos Bastidores da Disney", isso tem tudo a ver com a cultura da empresa, e ela é algo pré-estabelecido pelos fundadores. Ela incorpora:

  • Os valores;
  • Os princípios;
  • As decisões de uma empresa.

Isso não quer dizer que os funcionários não possam opinar sobre uma possível mudança. Mas é essencial que o primeiro passo surja de você, empregador.

Motive sua equipe e entenda de uma vez por todas que diversão e seriedade não são divergentes. Pelo contrário, impulsionam o negócio e podem, sim, andar de mãos dadas.

Outros livros sobre gestão empresarial

No recomendado "Everybody Matters", Bob Chapman e Raj Sisodia exploram como os verdadeiros líderes devem continuamente estudar para se desenvolver e desenvolver aqueles ao seu redor, para que se tornem também excelentes líderes que acreditam e valorizam as pessoas.

O livro "Smart Collaboration", de Heidi K. Gardner, ressalta a importância de cultivar uma colaboração inteligente com seus funcionários. Dessa forma, tem-se um time formado por grandes profissionais alinhados a fim de expandir seus horizontes, inovar, trabalhar em equipe e conquistar a lealdade do cliente.

O livro do empresário brasileiro Flávio Augusto, "Geração de Valor", mostra como ao invés de somente trabalhar pelo capital como é importante gerar valor para os clientes.

Como posso aplicar isso no meu trabalho?

O livro revela sete segredos que podem te ajudar, e muito, a trilhar o caminho que levará a sua empresa ao mesmo sucesso do grupo Disney. Segundo "Nos Bastidores da Disney", são eles:

  1. Concorrente é qualquer empresa com a qual o cliente o compara: por menor que seja a empresa, se o seu cliente o compara, ela é sua concorrente;
  2. Fantástica atenção aos detalhes: os detalhes são os que mais demonstram a sua atenção com o cliente, então atente-se a eles;
  3. Todos mostram entusiasmo: é perceptível e cativante, por parte dos clientes, quando os funcionários demonstram alegria em trabalhar para a empresa;
  4. Tudo mostra entusiasmo: tudo que faz parte da Disney deve transmitir entusiasmo e alegria para seus clientes, sejam os funcionários, como citado acima, como também os brinquedos e eventos;
  5. Múltiplos postos de escuta: novamente com foco nos consumidores dos produtos, a Disney não só possui postos de escuta, como também incentiva aos seus funcionários a darem atenção máxima para quem tem algo a falar;
  6. Reconhecimento, recompensa e comemoração: valorizar a equipe, tanto quanto aos clientes, é algo que traz incentivo e felicidade para todos os colaboradores da empresa;
  7. Todas as pessoas são importantes: todos que participam da organização até os consumidores. Todos são importantes para manter o reino de magia, como é conhecida a Disney.

Avalie esse resumo do livro "Nos Bastidores da Disney"

Se sentiu motivado a mudar os rumos da sua empresa e conquistar os mais altos patamares do sucesso? Então não perca tempo!

Não esqueça de contar para a gente o que achou desse PocketBook4You.

E se você se interessou pela obra, ela está disponível para compra! É só clicar na imagem abaixo:

Livro Nos Bastidores da Disney

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!