Ideias que Colam - Chip Heath, Dan Heath

Descubra os 6 atributos principais que fazem uma ideia dar certo e entenda porque algumas colam e outras não!

Favoritar
Salvar
Lido

Nós precisamos transmitir ideias a todo tempo. Mas, como fazer isso bem? Como chamar a atenção das pessoas? Aqui nesse resumo do livro "Ideias que Colam", você encontra essas respostas.

Está certo que não existe uma fórmula mágica, mas após muitos anos de estudo e observação, os autores Chip Heath e Dan Heath desenvolveram um método. Através de seis passos, você também pode melhorar sua desenvoltura.

Neste livro, repleto de exemplos que explicam o poder da forma como anunciamos nossas ideias, você aprenderá as seis qualidades de uma ideia que cola. Está pronto para aprender e impactar mais pessoas? Então, acompanhe nosso resumo!

Sobre o livro "Ideias que Colam"

Com título original "Made to Stick: Why some ideas take hold and others come unstuck", publicado em 2007, o livro "Ideias que Colam: Por que algumas ideias pegam e outras não", possui 257 páginas. Ele está dividido em seis capítulos, além de uma introdução e uma conclusão.

Chip Heath e Dan Heath discorrem em cada um, os seis atributos básicos de ideias que vão para frente: simplicidade, surpresa, concretude, credibilidade, sentimentos e relatos. Para facilitar o entendimento, a todo momento temos exemplos de ideias que falham e outras que vão para frente.

Para ver de maneira rápida o que os autores nos dizem, continue acompanhando este PocketBook4You!

Sobre os autores Chip Heath e Dan Heath

Chip Heath é professor de comportamento organizacional na Universidade de Stanford. Também já lecionou cursos de negociação, estratégia internacional e empreendedorismo social.

Dan Heath é cofundador da Thinkwell, uma inovadora editora de livros universitários, consultor na Duke Corporate Education e junto com seu irmão, é autor de diversos livros.

A partir do contato com quatro dos professores mais queridos e eficazes dos EUA, Dan percebeu grandes semelhanças em suas metodologias. Já Chip sempre se interessou em descobrir porque algumas ideias falsas se espalham, como a lenda de que só usamos 10% do cérebro.

Percebendo que trabalhavam em cima do mesmo objeto de estudo, escreveram este livro que nos explica como e porquê algumas ideias colam.

Esse livro é indicado para quem?

O livro "Ideias que Colam" é essencial não apenas para líderes de empresas ou gestores, mas também para toda pessoa que deseja transmitir uma ideia e necessita que outras entendam e guardem o que está sendo passado.

Seja na vida pessoal ou profissional, sempre temos a necessidade de persuadir pessoas com a apresentação de nossas ideias, para que sejam ouvidas. É justamente isso que este livro nos explica.

Ideias principais do livro "Ideias que Colam"

  • Colar ideias significa enunciá-las de maneira que atinjam verdadeiramente o receptor da mensagem;
  • Para isso, é necessário transformar a forma como organizamos e espalhamos nossas ideias;
  • Não há uma fórmula certa para ideias que colam, mas elas possuem traços em comum;
  • O livro ensina a produzir ideias criativas através da compreensão dos seis princípios;
  • Priorizar a essência da mensagem é fundamental;
  • Esteja atento às histórias que escuta! Elas podem conter novas ideias;
  • Ideias complexas podem ser organizadas e dispostas corretamente para melhor compreensão.

Faça o Download do Resumo do Livro "Ideias que Colam" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] Ideias Que Colam - Chip Heath, Dan Heath, PDF

Introdução

Uma pesquisa baseada em 200 propagandas vencedoras de prêmios publicitários indicou que elas se encaixam em alguns parâmetros.

Ao testá-los, pedindo que pessoas que não são da área utilizassem-os para criar propagandas de três produtos, comprovou-se que foram 50% mais eficazes do que quando criaram sem o amparo dos métodos.

São estes métodos, explicados e exemplificados, que serão apresentados durante os capítulos. Vamos juntos transformar a maneira como nos comunicamos!

Qual o papel da simplicidade na mensagem?

Conforme explicado no livro "Ideias que Colam", para que uma mensagem cole, é fundamental que ela seja simples e compacta. Assim, fica fácil memorizá-la. Para isso, antes de tudo, você deve encontrar a essência do que quer passar adiante para o seu público.

Um bom exemplo são os títulos em jornal. Eles devem comunicar o ponto mais importante do que está sendo noticiado, captando assim a atenção do leitor. Qual a essência da mensagem? Priorize ela, seguindo as etapas:

  • Informações mais importantes devem ser enunciadas primeiro;
  • Ideias devem ser compactas o suficiente para colar e significativas o suficiente para serem lembradas;
  • Utilize analogias! Faça comparações com coisas concretas, que já existem na memória de seu público;
  • Assim, você pode trocar algo difícil por algo fácil de pensar.

Qual a importância da quebra de padrão da mensagem?

Os autores Chip Heath e Dan Heath dizem que o fator surpresa está ligado a uma quebra de padrão. Ideias inesperadas, novas, costumam atrair a atenção das pessoas.

Possuímos uma lógica que guia nossas expectativas. A surpresa acontece quando esse modo de adivinhação, diante de informações, falha. Daí, nossa atenção é captada.

Mas fique atento: o elemento surpresa da ideia deve ter relação com a essência da mensagem, como visto anteriormente.

Roteiros de cinema costumam criar lacunas de conhecimento, ou seja, apresentam algumas informações, mas vão deixando perguntas no ar. A resolução desses mistérios atrai o público, a ponto de às vezes terminarmos de assistir um filme mesmo que ele seja ruim.

Entendendo a concretude

Imagine ensinar para uma criança de três anos o que é 3 + 2 apenas dizendo o resultado. Agora, imagine utilizando bichos de pelúcia. Isso é concretude.

De acordo com o livro "Ideias que Colam":

É como quando o presidente americano Kennedy, ao final de um discurso, lançou um desafio concreto e surpreendente, porém, possível: até o final da década, enviariam um homem à Lua e ele voltaria para a Terra salvo.

Como dar credibilidade às ideias?

O que leva as pessoas a acreditarem em ideias? Sabemos que o fato de uma pessoa famosa que gostamos ou um especialista renomado apoiarem algum produto ou ideia os tornam atraentes. Mas, e quando não somos famosos?

Os autores Chip Heath e Dan Heath nos trazem algumas dicas que nos ajudam a dar credibilidade às ideias, através, principalmente, da honestidade:

  • Credibilidade de anti-autoridades, ou seja, pessoas reais que se encaixam perfeitamente na ideia ou exemplo;
  • Detalhes claros, que sustentam a ideia essencial;
  • Estatísticas que ilustram um relacionamento, uma comparação relativa à ideia. Tente trazê-la para objetos (lembra-se da concretude?);
  • Aplicação do Teste Sinatra: se você realizou coisa "X", é capaz de realizar coisa "Y", relacionada a "X". Depoimentos de ex-clientes e experiências anteriores são exemplos;
  • Credenciais testáveis pelo próprio receptor da mensagem geram credibilidade.

Como sensibilizar pessoas através de nossas ideias?

Como fazer com que os outros se relacionem com nossas ideias? Para que as pessoas se sintam tocadas, elas precisam se importar. Neste caso, o sentimento, as emoções, são o que as inspiram a agir.

Diante disso, é necessário:

  • Explorar as coisas pelas quais as pessoas se importam;
  • Valorizar interesses pessoais, afinal, pessoas se importam consigo mesmas;
  • Destacar as vantagens de uma ideia. Como elas irão mudar algo, seja claro;
  • Para isso, pergunte-se "por quê?" mais de uma vez. Assim, fica mais fácil entender os valores e princípios essenciais de sua ideia.

Qual a importância dos relatos?

O último método apresentado no livro "Ideias que Colam" são os relatos, ou seja, exemplos baseados em histórias.

Assim como a credibilidade leva as pessoas a acreditarem, e os sentimentos a se importarem, relatos levam pessoas a agirem. Afinal, boas histórias trazem inspiração, que orienta à ação.

Histórias funcionam como simulações mentais, que são também uma maneira de vivenciar algo.

Concluindo

Os métodos vistos neste resumo constituem uma lista de verificação de SUCESSO. Teste suas ideias nas concepções de simplicidade, surpresa, concretude, credibilidade, sentimentos e relatos.

Não é necessário que elas se encaixem em todos estes requisitos, no entanto, desde que sigam alguns desses padrões, suas chances de sucesso aumentam.

Afinal, para suas ideias se tornarem "Ideias que Colam", você deve:

  1. Atrair a atenção;
  2. Ser compreendido e lembrado;
  3. Fazer com que os outros concordem e acreditem;
  4. Fazer com que se importem.

O que outros autores dizem a respeito?

O autor Austin Kleon, em "Roube Como um Artista", conta como você pode fazer algo autêntico baseando-se nas ideias de quem te inspira. Você pode estimular a criatividade saindo da sua zona de conforto e cercando-se de pessoas que te apoiam e agregam para seu processo criativo.

Já na obra "Seja Disruptivo!", Jay Samit diz que ideias inovadoras têm o poder de transformar o mundo e causar disrupção no sistema. Para que você desencadeie um perfil disruptivo, é necessário que você planeje seus objetivos e seja suscetível a mudanças tanto internas quanto externas.

Por fim, Ed Catmull, autor do livro "Criatividade S. A.", oferece um conselho aos líderes: sempre dê maior preferência às pessoas do que às ideias, pois pessoas criativas criam boas ideias, mas boas ideias podem ser destruídas por equipes ruins.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

  • Esteja atento às histórias do seu cotidiano. Afinal, elas podem representar algo a mais. Exemplos reais costumam estimular pessoas;
  • Já tem uma ideia e gostaria de passá-la? Encontre sua essência. Simplicidade gera maior compreensão;
  • Utilize dados concretos, aos quais pessoas possam imaginar e se identificar;
  • Aposte na credibilidade de sua ideia, fundamentando-as em honestidade;
  • Pense para além do senso comum observando o padrão de como as coisas funcionam, para que assim, possa quebrá-los.

Gostou desse resumo do livro "Ideias que Colam"?

Você deve ter percebido que estes conceitos não são nada de outro mundo. Você está pronto para colocá-los em prática? Conte para nós se aquela ideia, que andava esquecida, foi reacendida!

E, se quiser ficar por dentro de todo o conteúdo do livro, adquira já a edição completa disponível para compra na loja da Amazon:

Livro Ideias Que Colam

Nota:

O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.

Adicionar aos Favoritos
Adicionar Para Ler
Marcar como Lido
Experimente ser premium

Experimente ser premium

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!