Nada Easy - Tallis Gomes

Veja todo o passo a passo de como combinar gestão, inovação e criatividade para disseminar sua ideia e fazer a sua startup dar certo.

Favoritar
Salvar
Lido

Você quer empreender, mas não sabe por onde começar? E mais, não sabe o que fazer para alcançar o sucesso? Então, este resumo do livro "Nada Easy" foi feito para você.

Todo o conteúdo apresentado pelo autor Tallis Gomes é fundamentado na realidade do empreendedorismo brasileiro, indicando soluções para os anseios, dúvidas e medos de muitos que pretendem empreender ou já empreendem.

Além disso, você vai ver as etapas, com detalhes e exemplos, pela qual um empreendedor precisa passar para alcançar o sucesso.

Vamos logo começar essa jornada, pois ela promete ser transformadora!

Sobre o livro "Nada Easy"

O livro "Nada Easy" foi publicado em 2017 pelo autor e empreendedor Tallis Gomes. Seu principal objetivo é apresentar a verdadeira realidade de empreender no Brasil, além de fornecer lições e atalhos eficazes para você adotar em sua trajetória.

O conteúdo do livro é baseado nos erros, dores e acertos do autor durante a sua participação na Easy Taxi e em e toda a sua experiência acumulada em torno de 15 anos de empreendedor.

Dessa forma, Tallis apresenta um verdadeiro passo a passo para quem deseja empreender, desde como consolidar a sua ideia até como levar seu negócio para outros países.

Sobre o autor Tallis Gomes

Tallis Gomes é um jovem empreendedor que acumula vários títulos. Já foi eleito um dos jovens mais inovadores do Brasil pelo MIT, empreendedor do ano por 2 anos seguidos no LIDE, e muitas outras qualificações.

Além disso, ele foi um dos principais responsáveis pela fundação e disseminação da Easy Taxi a 35 países em menos de 4 anos, fazendo com que a sua venda fosse a terceira maior saída do ecossistema brasileiro.

Atualmente, Tallis leciona palestras para as melhores universidades do mundo e atua como CEO do maior marketplace de beleza do Brasil, a Singu.

Esse livro é indicado para quem?

O livro "Nada Easy" é direcionado àqueles que têm vontade de empreender, mas não sabem por onde começar.

O conteúdo também é ideal para todos que desejam abrir, escalar e gerenciar uma startup, sendo um verdadeiro manual de inovação para grandes organizações.

Ideias principais do livro "Nada Easy"

  • O primeiro passo para empreender é fundamentar uma ideia que seja viável;
  • Não dimensionar o mercado é um erro que a maioria dos empreendedores comete;
  • O MVP (Produto Mínimo Viável) é uma excelente maneira de validar seu produto;
  • O feedback e a construção contínua têm de estar em paralelo com seu MVP;
  • Tenha sócios com habilidades diferentes da sua. Sozinho é muito mais difícil e demorado chegar ao sucesso;
  • Nunca terceirize a parte de TI;
  • Formalizar as responsabilidades por contratos é um ótimo caminho para que você tenha segurança;
  • Evite burocracia e processos que atrapalhem a inovação.

Faça o Download do Resumo do Livro "Nada Easy" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] Nada Easy - Tallis Gomes, PDF

Como reunir uma ideia viável?

Tallis Gomes inicia o livro "Nada Easy" dizendo que em toda a sua trajetória como empreendedor em mais de 35 países, ele considera o Brasil como um dos países mais difíceis para empreender.

Para iniciar o seu negócio, o primeiro passo é que você pense em um problema que ninguém resolveu e na sua solução. São infinitos nichos nos quais você pode atuar. Este conceito é baseado no livro "A Cauda Longa", de Chris Anderson. Basicamente, a ideia é que em vez de vender muito apenas um produto, você venda menores quantidades de vários produtos.

Tallis retrata bem como surgiu a ideia do Easy Taxi. Ele nos conta que em um dia chuvoso, à noite, ele ligou para uma central pedindo um táxi e ficou esperando horas, para mesmo assim não ser atendido.

Com isso, foi embora para casa debaixo de chuva refletindo bastante sobre a situação e pensou: "e se tivesse um aplicativo que fosse para encontrar táxis?" Isso resolveria a sua dor e a de muitas outras pessoas, não só em dias chuvosos.

Dessa forma, Tallis afirma que a sua ideia precisa parar de pé, então não adianta ser algo mirabolante. E, de qualquer forma, você sempre vai receber críticas, principalmente para as ideias mais disruptivas.

Assim que a sua ideia for estabelecida, é o momento de dar dois novos passos. São eles:

  1. Dimensione o seu mercado: É preciso entender o mercado em que você vai atuar. Portanto, reúna informações (consulte o site statista. com), converse com stakeholders e potenciais clientes, e faça tudo aquilo que permita entender a dor que você pretende curar;
  2. Crie seu Canvas: Esse é o momento de organizar as informações, e colocá-las verdadeiramente no papel. O Canvas é um diagrama que permite você entender perfeitamente o seu modelo de negócio. Um livro que pode te ajudar bastante nesta etapa é o "Business Model Generation", que trata especificamente dessa ferramenta.

Canvas

Como transformar sua ideia em produto?

Antes de lançar o seu produto definitivamente, Tallis nos propõe e diz que com o caso da Easy Taxi utilizou o conceito de MVP (Produto Mínimo Viável, em português). Mas o que significa isso?

O MVP pode ser compreendido como um protótipo que cura a dor do seu cliente. Ele tem que ser construído de forma simples, rápida e pouco custosa. Assim, você consegue validar sua ideia com o mínimo de esforço.

Para entender melhor sobre o MVP, vamos exemplificar isso baseando no que Tallis apresenta em seu livro "Nada Easy".

Vamos acreditar que a sua ideia seja construir um carro, ok? Porém, é um investimento alto, com alta complexidade de montagem e muitos componentes. Então, qual seria o MVP? Seria uma roda, correto?

Errado! Vamos tentar pensar no valor que você deseja entregar para o seu cliente. Provavelmente quem busca um carro quer sanar um problema de mobilidade, então uma roda não resolveria o problema do cliente.

Transformando Ideia

Uma solução proposta é um skate, pois assim o cliente conseguiria se locomover de um ponto A até B. Então, lançado esse MVP, é essencial você focar em outros dois pontos:

  • Feedback: É um ciclo contínuo que indica os pontos de melhoria do seu produto;
  • Ajustes: Atender aos feedbacks e focar na construção contínua. No caso do skate, por exemplo, os feedbacks implantados seriam colocar rodas maiores, um guidão para melhor equilíbrio, uma motorização, uma carcaça... até chegar no produto final, ou seja, o carro.

Além dos feedbacks, uma metodologia eficiente que também pode te ajudar nessa etapa é o Net Promoter Score (NPS), isso porque ela vai avaliar a satisfação dos seus clientes e te indicar os pontos de melhoria do seu produto. Por fim, atente-se em focar no seu nicho específico, afinal, é melhor atender de forma excelente um grupo pequeno de pessoas, do que muitas pessoas de forma mediana.

Um outro conceito muito importante, segundo o autor Tallis Gomes, e que deve ser olhado com bastante cuidado, é o de Product Market Fit (PMF) ou "produto ajustado ao mercado", em tradução livre.

Basicamente, "significa estar em um bom mercado com um produto que consegue satisfazer aquele mercado". Assim, é importante analisar dados e ouvir o cliente para descobrir se sua solução está alinhada com o mercado que você quer atender.

Como construir seu time?

De quem é a responsabilidade pela qualidade da equipe e das contratações? Muitas vezes, escutamos respostas como o RH. Mas, para o autor, isso é diferente, pois ele considera que a principal atividade de um empreendedor é contratar as pessoas certas e cuidar delas.

Logo, para dar início às contratações e construir um time forte, são necessários três perfis de profissionais diferentes: um de vendedor, um desenvolvedor e outro de organizador. Esses perfis possuem as competências que você precisa para o sucesso. Afinal, é muito mais difícil e demorado chegar ao sucesso sozinho.

Mas, encontrar as pessoas certas também é uma tarefa muito difícil e demanda bastante tempo. Assim, o primeiro passo que você deve dar é encontrar os seus sócios com base nas características acima.

Ao traçar o perfil desejado, vamos em busca desse futuro profissional. Para facilitar essa etapa, você pode analisar perfis no LinkedIn, em empresas que assimilam os valores que você procura, eventos e palestras.

Entrevistar o tempo todo é uma etapa considerada obrigatória na visão de Tallis. Ele diz que, quando acha uma pessoa boa, marca direto uma conversa, mesmo quando não possui uma vaga aberta, pois é importante ter pessoas boas na mira quando as oportunidades aparecerem.

Dessa forma, ele faz a utilização de um método de seleção que consiste em analisar no candidato a sua capacidade de aprendizagem, seu nível de engajamento e sua independência.

A importância da proteção jurídica

A partir do momento que você encontrou um sócio, o indicado é que você faça um contrato, mesmo antes de tirar o CNPJ. O contrato deve possuir:

  • As responsabilidades dos participantes;
  • As entregas que cada integrante tem de realizar em determinado período de tempo;
  • Pontos relacionados aos custos iniciais da operação e os termos de uma pressuposta saída de um dos sócios, e como seria conduzida uma sucessão;
  • Um memorando com as atividades diárias da empresa, deixando claro as funções de cada um.

Não torne o contrato em algo complexo em um primeiro momento. Ele deve ser claro e objetivo. O importante é não agir de maneira informal. Tallis afirma: "é melhor mudar algo posteriormente do que começar sem nada e assumir o risco".

Durante a elaboração dos contratos, não tenha medo de dividir suas ações. Você precisa de pessoas boas ao seu lado para vencerem com você e, caso não tenha ninguém, lembre-se que 100% de nada = nada.

Levantando capital

Para que você consiga um bom investidor(a), é preciso mostrar valor para eles. Segundo Tallis Gomes, os mais importantes são o seu comprometimento como empreendedor, a diferenciação de sua ideia e uma equipe com habilidade para executar a ideia.

Tendo esses pontos, você já acaba saindo na frente de muitos empreendedores. Mas, para se sair ainda melhor, veja os outros 4 pontos listados pelo autor em seu livro "Nada Easy":

  1. Nunca feche uma porta: não perca o contato com os possíveis investidores, o networking é fundamental;
  2. Crie uma planilha para controle dos status de suas conversas com os potenciais investidores: melhor que ter as informações, é tê-las de forma organizada;
  3. Prepare seu Pitch Deck: sua apresentação deve ser objetiva, pois o investidor tem outras milhares de propostas para avaliar;
  4. Envie um e-mail para cada potencial investidor individualmente: ele deve conter o problema que você quer resolver e o investimento necessário, nunca envie esse e-mail em cópia oculta.

Agora que temos um norte de como atacar os investidores, temos que estar cientes de quais erros não podemos cometer nesta etapa; os principais são:

  • Não ter um MVP rodando;
  • Fazer pouca pesquisa;
  • Desistir ao receber o primeiro "não";
  • Comprar crescimento;
  • Acreditar que o objetivo-chave do empreendedor é conquistar investimento.

Escalando seu negócio

E aí, você sabe o real significado de escalar?

O conceito de escalar consiste em fazer o seu negócio crescer sem que os custos cresçam na mesma proporção. E, para Tallis Gomes, é fundamental que esse crescimento ocorra junto com a consolidação de sua presença no mercado.

Além disso, no livro "Nada Easy", ele diz que ter os processos estruturados é essencial para alcançar sucesso nesta etapa. Mas é necessário que tenha cuidado com a imensidão de processos, a burocracia e tudo que bloqueia a inovação.

Dessa forma, tente entender apenas o que é necessário para o crescimento. Há muitos processos desnecessários, e um deles é a grande quantidade de reuniões.

De acordo com a evolução do negócio, é hora de pensar em expansão. O ideal é contratar alguém do local desejado, pois a pessoa entende e reage melhor nesse ambiente. Confira o passo a passo para expansão referenciada por Tallis:

  • Ache um escritório societário local e checar as principais leis e regulamentações que impactarão o seu negócio;
  • Faça uma análise de viabilidade de mercado. Para isso, use o statista. com e estude o tamanho do mercado endereçável e todos os fatores impactantes;
  • Monte a estrutura legal para você começar a operar com o seu escritório localmente;
  • Contrate um country manager;
  • Monte o escritório - uma boa maneira de começar é usar um espaço de coworking local;
  • Faça o Kickoff (lançamento) da operação com o country manager.

Por fim, o autor aborda como fez o uso do growth hacking para alcançar resultados na Easy Taxi, uma metodologia que busca o crescimento acelerado e desproporcional da empresa por meio da combinação de três grandes pilares:

  • Criatividade: ideias e canais pouco convencionais;
  • Análise de dados e testes: otimizações e decisões baseadas em dados;
  • Scripts e softwares: para automação e escala das ações.

É o conjunto desses pilares que leva o empreendedor a prestar mais atenção nos dados para investir energia e recursos naquilo que mais irá trazer retorno para a empresa, deixando de lado estratégias caras e convencionais.

É a hora de fazer o EXIT

A saída (ou exit, no jargão do mercado) é o instante em que o empreendedor escolhe afastar-se e, consequentemente, vender sua parte na empresa.

Geralmente, o exit ocorre no momento em que o negócio está desenvolvido e dando retornos financeiros. Em outras palavras, quando seu produto/serviço realmente solucionou o problema das pessoas e se tornou, ou está se tornando, relevante no seu mercado de atuação.

É importante destacar que, no mundo do exit, cabe o alerta: o momento de realizar a venda da empresa não deve ser o foco, ou seja, o objetivo de ganhar dinheiro. Quem entra com esse objetivo irá se frustrar.

Em vez disso, é melhor trabalhar para outra pessoa. Claro, dinheiro é importante, mas ele não deve ser o seu propósito principal, e sim resolver o problema do seu cliente.

Antes de realizar a venda de seu negócio, existem três grandes fatores que você deve considerar: fatores pessoais, os societários e os financeiros e fiscais. Inspecione cada um deles para ter certeza se é a hora de fazer o exit.

O que outros autores dizem a respeito?

O livro "O Lado Difícil das Situações Difíceis", apresenta as experiências do próprio autor Ben Horowitz sobre como superar os momentos difíceis quando se deseja empreender, e dá detalhes para tomadas de decisões quando o seu negócio começa a crescer.

Já o autor Maurício Benvenutti, em seu livro, "Incansáveis", diz que uma boa execução é dez vezes mais importante e cem vezes mais difícil que uma boa ideia. Além disso, essa obra mostra como um novo grupo de empreendedores vem contagiando toda uma geração com ideias brilhantes e trabalho duro, ensinando como se preparar para o futuro.

Por fim, temos também "Empreendedorismo Inovador", em que Nei Grando revela que há muitas formas de empreender. A internet, os smartphones e o desenvolvimento do poder da computação têm concretizado muitas ideias antes inviáveis. No centro dessa evolução estão as startups de tecnologia.

Segundo Nei, empreendedores aprendem ainda mais ao vivenciar e testar as possibilidades de suas ideias. Sobre o que precisa mudar e o que funciona. Assim, ele apresenta princípios que podem alavancar as chances de um empreendedor alcançar o sucesso.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

Todo o passo a passo já foi apresentado, agora chegou a hora de você tirar sua ideia do papel e começar a estruturar cada uma das etapas nesta sua caminhada empreendedora, afinal, como Tallis Gomes diz em seu livro, "uma ideia vale 10 centavos a bacia".

Portanto, execute! O caminho é longo e difícil, principalmente no Brasil. Mas lembre-se de que, se você não começar agora, outra pessoa vai fazer isso para você e colher os resultados que você desejava.

Uma última dica que Tallis apresenta no final da sua obra "Nada Easy" é a seguinte: "JAMAIS confie no estado". Para ele, o estado vai desejar destruir seu negócio de qualquer jeito, portanto, se seu cliente é o estado, modifique o seu modelo de negócio.

Gostou desse resumo do livro "Nada Easy"?

Chegamos ao fim deste resumo. O que você achou? Deixe o seu comentário! O seu feedback é fundamental para a nossa melhoria contínua.

Além disso, você pode aproveitar para adquirir essa obra completa agora mesmo; basta clicar na imagem abaixo:

Livro Nada Easy

Nota:

O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.

Adicionar aos Favoritos
Adicionar Para Ler
Marcar como Lido
Experimente ser premium

Experimente ser premium

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!