O Empreendedor Viável - André Telles, Carlos Matos

O Empreendedor Viável - André Telles, Carlos Matos

Aprenda de uma vez por todas como ser um empreendedor viável, conseguir investidores e construir uma startup vencedora.

Vamos bater um papo sobre o livro "O Empreendedor Viável"? De acordo com um estudo do programa de pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), de cada cinco brasileiros adultos, dois são empreendedores. Ainda segundo o levantamento, em dez anos (2007 a 2017), o Brasil passou de 14, 6 milhões de empreendedores para 49, 3 milhões.

Isso significa que o número de pessoas entre 18 e 64 anos que exercem alguma atividade empreendedora no País mais do que triplicou.

Mas, será que todos esses empreendedores poderiam ser chamados "viáveis"? E, melhor ainda, será que você é um empreendedor viável?

Vamos logo descobrir essas respostas!

Sobre o livro "O Empreendedor Viável"

O livro "O empreendedor viável", de André Telles e Carlos Matos, foi lançado em 2013 e tem 160 páginas.

O conteúdo é considerado uma referência para novas empresas na era da cultura startup. Entre outras coisas, este livro responde por que algumas empresas têm vida longa, enquanto outras logo chegam ao fim. Afinal, o que é ser um empreendedor viável? E qual é o segredo do sucesso das empresas vencedoras?

Sobre os autores André Telles e Carlos Matos

André Telles é um publicitário brasileiro e já prestou consultoria para diversas empresas na área do marketing e inovação.

Além disso, é cofundador da agência Mentes Digitais e recebeu o prêmio da ASSESPRO como o profissional que mais contribuiu para a disseminação das mídias sociais no País.

Além de "O empreendedor viável", Telles é autor de outros livros, como "Geração digital" e "A revolução das mídias sociais".

Já Carlos Matos é um jornalista brasileiro e esteve na liderança da edição e da administração de empresas jornalísticas no Brasil e no exterior. Com foco em economia e negócios, escreveu e editou em publicações importantes no segmento.

Matos já realizou cursos para executivos nas áreas de comunicação, empreendedorismo e gestão em Londres e na Universidade de Cranfield, e uma série de cursos nas áreas de design e programação no Brasil.

Esse livro é indicado para quem?

O conteúdo do livro é ideal para empreendedores e colaboradores a fim de desenvolverem ideias inovadoras nas empresas em que atuam.

Ideias principais do livro "O Empreendedor Viável"

A seguir, separamos as principais ideias dos autores André Telles e Carlos Matos. São elas:

  • "O quê?" é, em geral, a primeira pergunta de todo empreendedor. Trata-se de um escopo;
  • O propósito de um negócio conquista os investidores e garante sucesso junto ao mercado e clientes;
  • A sua ideia é apenas uma concepção;
  • Busca por oportunidades e iniciativa são características marcantes de um empreendedor viável;
  • Um empreendedor viável sempre busca o momento e o lugar mais favoráveis para colocar em prática suas ideias;
  • O empreendedor viável deve estar preparado para correr riscos calculados;
  • A maioria dos investidores só quer colocar dinheiro em empresas que já geram receita;
  • Um investimento é uma aplicação de capital visando um resgate a termo, com acréscimo de juros, ágio ou prêmio;
  • Só você pode levar a sua startup ao crescimento.

Neste PocketBook, vamos conhecer a ferramenta do "5W2H" que deriva do inglês '5W' (What, Why, Where, When e Who — O quê, Por que, Onde, Quando e Quem) e '2H' (How e How Much — Como e Quanto Custa).

Este é o caminho para dar viabilidade a qualquer projeto. E, como você é um empreendedor, pode dar seu pontapé inicial com respostas a essas sete perguntas.

Então, vamos lá!

Faça o Download do Resumo do Livro "O Empreendedor Viável" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] O Empreendedor Viável - André Telles, Carlos Matos, PDF

What — a chave dos objetivos

"O quê?" é, em geral, a primeira pergunta de todo empreendedor. Segundo André Telles e Carlos Matos, a resposta para essa pergunta é apenas um escopo da sua ideia, já que ainda é uma fase de concepção.

Em seguida, você precisa ter objetivos claros estabelecidos. Ou seja: a sua ideia é genial, tudo bem, mas (voltando à realidade) como é que você vai colocá-la em prática mesmo?

Confira os principais conceitos levantados pelos autores neste tópico:

  • Primeiro, você precisa decidir exatamente qual é o seu projeto;
  • Depois, você deve ter iniciativa e buscar por oportunidades — características de qualquer empreendedor que quiser ser "viável";
  • Lembre que investidores estão cansados de ouvir a respeito de conceitos vagos;
  • Defina muito bem o "onde" e o "quando"; analise os mais diversos fatores: geográficos, temporais, políticos, econômicos, sociais e culturais;
  • Um empreendedor viável sempre busca o momento e o lugar mais favoráveis para colocar em prática suas ideias — respostas das perguntas "When" e "Where";

Why — o propósito do empreendedor

Todo empreendimento precisa ter um propósito. De largada, o propósito do negócio conquista os investidores e garante sucesso junto ao mercado e aos clientes. Além disso, ele ajuda a manter todos os envolvidos no projeto motivados.

O empreendedor viável deve estar preparado para correr riscos calculados, tanto em sua vida pessoal quanto na profissional. Com um propósito, é possível assumir aqueles com maiores chances de retorno para seu negócio.

Where e When — o lugar certo na hora certa

Você já ouviu a expressão: "Fulano estava no lugar certo, na hora certa"? Pois é. Segundo os autores, isso não é sorte ou mera obra do acaso.

Você deve ter um caráter e um produto bem definidos, além de ter razões fortes para trazê-los ao mercado.

Assim, você deve tocar seus projetos no momento correto: por que não buscar informações e estabelecer metas para estar no lugar certo, na hora certa?

How — definindo processos

Sabe aquelas "perguntas chatas", do tipo: "Como distribuir o produto?", ou "Como converter novos clientes?", ou "Como, etc.?".

O empreendedor viável conhece todas essas perguntas, e sabe respondê-las. Por isso, ciente destas perguntas, você deve criar processos mais rápidos, eficientes e passíveis de repetição. Essa, a propósito, é uma das prerrogativas do conceito de startup.

How much — a verdade que dói no bolso

É verdade, a maioria dos investidores só quer colocar dinheiro em empresas que já geram receita. Afinal, ninguém quer jogar dinheiro fora.

Não leve para o lado pessoal. André Telles e Carlos Matos frisam que um investimento é uma aplicação de capital visando um resgate a termo, com acréscimo de juros, ágio ou prêmio.

Você precisa comprovar aos investidores que a sua startup realmente merece uma chance. Para tanto, vai precisar de persistência, comprometimento, independência e autoconfiança.

Who — a pergunta final

Por último, mas não menos importante, chegamos ao quinto "W" (Who). Segundo "O Empreendedor Viável", a pergunta "quem" poderia ser interpretada de diversas formas. A questão também está presente em todas as decisões de uma startup.

"Quem" se aplica ao público-alvo, aos clientes, aos colaboradores, aos parceiros, aos fundadores, a toda a sua rede de contatos.

E há a questão mais importante: "Quem pode levar minha startup ao crescimento?". Essa é simples: você mesmo.

O que outros autores dizem a respeito?

No livro "Empreendedorismo para Subversivos", o autor Facundo Guerra conta a sua trajetória profissional, o que o levou a sair do mundo corporativo e se tornar um empreendedor, com mais de 10 negócios bem-sucedidos.

Já o autor de "Traction", Gino Wickman explora como os empreendedores de sucesso possuem uma visão atrativa e bem definida para o seu negócio. Além disso, eles sabem como comunicar essa mensagem aos colaboradores.

Por fim, no livro "Inovação e Espírito Empreendedor" o autor Drucker, considerado um dos maiores nomes da Administração Moderna, define inovação como prática e disciplina. Ele considera também que inovar é uma necessidade do mercado e primordial para sustentabilidade de qualquer empresa.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

Agora que já percorremos os principais pontos do livro "O empreendedor viável", dos autores André Telles e Carlos Matos, que tal recapitular?

Então, vamos lá:

  • Tenha objetivos claros estabelecidos. Lembra do primeiro "W" (What)? Coloque suas ideias no papel e medite sobre elas;
  • Determine exatamente qual é o seu projeto;
  • Crie processos rápidos, eficientes e passíveis de repetição;
  • Dê um propósito ao seu negócio. Isso vai motivar a sua equipe e encantar os clientes e investidores;
  • Faça a sua própria sorte: estude e conheça o mercado, o seu público-alvo, o momento em que o país ou a sua região está atravessando. Assim, você pode se colocar como a pessoa certa no lugar certo;
  • Faça uma lista de todas as "perguntas chatas" que alguém já fez sobre o seu negócio e responda a cada uma delas. Só assim poderá provas aos investidores que a sua startup realmente merece uma chance;
  • Na busca por um investimento, você vai precisar de "persistência, comprometimento, independência e autoconfiança". Por isso, organize uma agenda, faça um diário e veja ou leia conteúdos que te deem motivação.

Gostou desse resumo do livro "O Empreendedor Viável"?

Chegamos ao fim desse PocketBook!

Deixe o seu comentário! O seu feedback é fundamental para a nossa melhoria contínua. Além disso, você pode aproveitar para adquirir esse livro agora mesmo; basta clicar na imagem abaixo:

Livro O Empreendedor Viável

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!