Originais - Adam Grant

Originais - Adam Grant

Quer aplicar estratégias para desbloquear e sustentar a originalidade com outras pessoas? Descubra o segredo das mentes criativas e como se tornar uma pessoa original estimulando a imaginação.

Adam Grant traz em seu livro “Originais” várias histórias e estudos do mundo real (negócios, esporte, política e entretenimento) para provar que você pode melhorar a criatividade, a sua capacidade de defender ideias e também de identificá-las, assim como fazem as mentes criativas.

Ser criativo está diretamente ligado à habilidade de inovar, criar e inventar, e desenvolver sua criatividade ajuda na produtividade e crescimento profissional, mas para isso é necessário aprimorar estímulos e mudar a forma de pensar.

Quer saber mais? Então vamos lá!

O livro “Originais”

“Originais”, lançado em 2017, do original Originals (em inglês), foi escrito por Adam Grant e ensina técnicas bem-sucedidas usadas por profissionais que ousaram remar contra a maré e levar seus projetos adiante.

Segundo The Financial Times:


Pesquisas recentes, insights que contrariam o senso comum, escrita cativante, ações claras para serem colocadas em prática… Adam Grant merece sua reputação de mente original.”

Quem é Adam Grant?

Adam Grant, americano nascido em 1981, é reconhecido como um dos 10 pensadores de gestão mais influentes do mundo pela revista Fortune.

Além disso, ele é o professor mais bem avaliado da Wharton há sete anos consecutivos, escola de ensino superior de administração ligada à Universidade da Pensilvânia, e seus cursos estão entre os melhores do mundo.

Grant é autor de três livros best-sellers do The New York Times, que venderam mais de um milhão de cópias e foram traduzidos para 35 idiomas, dentre eles Dar e Receber.

Quem deve ler o livro “Originais”?

Em “Originais” você encontrará estratégias definidas pelo autor Adam Grant para desbloquear e sustentar a originalidade, como um líder que cultiva uma cultura contrária ao pensamento de grupo, um pai que deseja estimular a imaginação de seus filhos, ou, ainda, como um professor que pretende incentivar a criatividade de seus alunos.

Principais ensinamentos do livro “Originais”

  • Original significa: 

“Coisa única ou singular; pessoa que é diferente das outras de uma forma atraente ou interessante; indivíduo dotado de iniciativas inovadoras e capacidade inventiva”;

  • “O que distingue a originalidade é a rejeição do que é convencional e a investigação sobre a existência de opções melhores”;
  • “A chance de produzir uma ideia influente ou bem-sucedida é diretamente proporcional ao número total de ideias geradas”;
  • “A procrastinação pode ser especialmente indutora de criatividade quando nos leva a solucionar problemas em momentos de atenção difusa”.

Agora, vamos ao conteúdo!


Agora, vamos ao conteúdo!

Faça o Download do Resumo do Livro "Originais" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] Originais - Adam Grant, PDF

Como nadar contra a corrente?

Em 2008, quatro estudantes (atolados em dívidas) andavam indignados com os preços exorbitantes para trocar seus óculos. Um deles não os substituía há mais de cinco anos, mesmo depois da recomendação do oftalmologista ter mudado duas vezes.

Tendo isso em mente, os estudantes decidiram revolucionar o mercado de óculos, tornando-os mais acessíveis, mas, para isso, era necessário superar uma empresa que detinha mais de 80% do mercado americano.

De acordo com o autor Adam Grant em seu livro “Originais”, a ideia deles foi abrir um site para a venda online de óculos: a cada óculos comprado, outro seria doado para um habitante de um país em desenvolvimento.

No entanto, os garotos receberam muitas críticas: “quem compraria óculos pela internet sem experimentá-los antes?”, “se fosse uma boa ideia alguém já estaria vendendo”.

Apesar de ouvirem que o empreendimento era loucura, a empresa foi fundada.

Warby Parker foi o nome escolhido para ela. A meta inicial dos estudantes era vender no máximo dois óculos por dia. Entretanto, eles bateram a meta anual em menos de um mês e foram chamados pela revista GQ de “Netflix dos óculos”.

Em 2015, a Warby Parker, com 500 funcionários, foi classificada como a empresa mais inovadora do mundo pela revista Fast Company. As gigantes Apple, Nikee Google foram as campeãs anteriores, com mais de 50 mil funcionários cada.

Após cinco anos, os quatro amigos conseguiram construir uma das marcas mais badaladas do mundo. A Warby Parker estava, então, avaliada em mais de 1 bilhão de dólares e tinha faturamento anual de 100 milhões

Segundo George B. Shaw:

"O homem sensato se adapta ao mundo, o insensato insiste em tentar adaptar o mundo a si. Portanto, todo progresso depende do insensato."

Como dominar a arte e a ciência de reconhecer ideias originais?

Quando se trata de criatividade, as pessoas tendem a ser excessivamente autoconfiantes e isso pode ser um problema. Estudiosos sociais sabem muito bem disso. Vamos observar algumas de suas descobertas:

  • Alunos do último ano do ensino médio: 70% disseram ter capacidade de liderança acima da média, enquanto 2% se declararam abaixo da média. Quanto à habilidade de se relacionar com os outros, 25% acreditam estar no grupo de 1% mais qualificado e 60% se incluem nos 10% melhores”;
  • Professores universitários: 94% afirmam realizar um trabalho acima da média”;
  • Engenheiros: em duas empresas diferentes, 32% e 42% incluíram-se entre os 5% de melhor desempenho”;
  • Empreendedores: quando 3 mil pequenos empresários avaliaram as chances de sucesso de diferentes empresas, deram, em média, nota 8,1 (de 10) a seus próprios negócios, enquanto negócios semelhantes levaram 5,9”.

Adam Grant explica em “Originais” que ao criar uma ideia, geralmente estamos muito perto do nosso próprio gosto para julgá-la adequadamente, mas distante do gosto do público-alvo, ou seja, estamos inundados com a sensação de vitória e superação do obstáculo.

Como costumava dizer Brandon Tartikoff, ex-presidente da divisão de entretenimento da rede NBC:

"Ninguém chega aqui com uma ideia que acha ruim."

Segundo o autor:

"Até certo ponto, empreendedores e inventores têm que ser excessivamente confiantes nas chances de sucesso de suas ideias; do contrário, não teriam o combustível emocional necessário para levá-las adiante."

Mas não é apenas isso, mesmo depois de cientes do gosto do público, existe o que os psicólogos chamam de tendência de confirmação: os inventores acabam focando nas qualidades de suas ideias e desconsideram os defeitos.

Então, para maximizar suas chances de criar uma ideia de sucesso, aumente o número de ideias elaboradas.

Por exemplo, segundo a lista das 50 maiores obras da música clássica, escolhidas pela Orquestra Filarmônica de Londres, Mozart possui seis composições, Beethoven possui cinco e Bach tem três.

Mozart criou mais de 600 obras ao longo de toda sua vida, Beethoven compôs mais de 650 e Bach mais de mil. Em outras palavras, quanto mais produções, maiores serão as chances de sucesso.

Nunca deixe para amanhã o que você pode deixar para depois de amanhã

No universo da autoajuda, existem inúmeras obras que visam eliminar a procrastinação.

Além disso, somos aconselhados constantemente a agir de forma rápida para alcançarmos sucesso. Mas será que esse é o melhor caminho?

Segundo Adam Grant em sua obra “Originais”:

“A procrastinação pode ser inimiga da produtividade, mas também uma aliada da criatividade. No Egito antigo, havia dois verbos diferentes para a ideia de procrastinação: um denotava preguiça; o outro significava esperar pelo momento certo.”

Os estudos do autor nos revelam que há vantagens em postergar uma ação.

Um exemplo peculiar de procrastinador é o famoso Leonardo da Vinci. Ele é considerado um dos inventores mais originais da história e suas criações envolviam pintura, arquitetura, anatomia, engenharia, escultura, música, geologia, botânica, matemática e cartografia.

A pintura Mona Lisa, segundo pesquisadores, não foi pintada de uma só vez: da Vinci passou cerca de 15 anos pintando-a.

Mesmo com a procrastinação o incomodando continuamente, Da Vinci sabia que a criatividade não podia ser apressada. Compreendia que:

"Os gênios às vezes realizam mais quando trabalham menos, porque estão pensando em invenções e formando na mente a ideia perfeita."

Outros livros sobre criatividade e inovação

Eric Ries, em A Startup Enxuta, explica a importância da palavra “inovação” ser compreendida amplamente. Podem ser descobertas científicas originais, um novo uso para tecnologia existente, criação de um novo modelo de negócios, entre outros.

Em “Criatividade S.A, para Ed Catmull, sempre devemos priorizar pessoas ao invés de ideias, pois pessoas criativas criam boas ideias, mas boas ideias podem ser destruídas por equipes ruins.

No recomendado Everybody Matters, os autores Bob Chapman e Raj Sisodia exploram como os verdadeiros líderes devem continuamente estudar para se desenvolver e desenvolver aqueles ao seu redor, para que se tornem também excelentes líderes que acreditam e valorizam as pessoas.

Como posso desenvolver originalidade na minha vida?

Caso você esteja em busca da originalidade, aqui vão algumas dicas práticas, compartilhadas por Adam Grant, que vão lhe ajudar:

  • Questione o saber convencional. Em vez de presumir que o status quo está certo, pergunte por que, para começo de conversa, ele existe. Quando você leva em conta que regras e sistemas foram criados por pessoas, fica claro que eles não são inquestionáveis — e nesse momento você passa a considerar formas de aprimorá-los”;
  • “Triplique o número de ideiasque você tem. Assim como os grandes jogadores de beisebol só acertam a bola a cada três tentativas de rebatê-la, todos os inovadores tentam e erram. A melhor forma de fortalecer sua originalidade é produzir mais ideias”;
  • “Mergulhe em uma nova área de saber. A originalidade aumenta quando você amplia seu quadro de referências. Uma abordagem possível é aprender uma nova habilidade”;
  • “Procrastine estrategicamente. Quando estiver gerando novas ideias, faça uma pausa programada antes de concluir. Interrompendo no meio o processo de brainstorming ou escrita, você terá maiores chances de considerar pontos de vista divergentes e dará às ideias o tempo necessário de incubação”;
  • “Obtenha mais feedbackdos colegas. Para ter as críticas mais precisas, submeta suas ideias aos colegas. Eles têm melhores condições de identificar o potencial e as possibilidades do que você imaginou”.

Avalie o resumo do livro “Originais”

O que você achou da obra de Adam Grant? Avalie nosso conteúdo e deixe o seu feedback, pois sua opinião é importante para que possamos oferecer sempre o melhor para você!

Se quiser se aprofundar ainda mais no conteúdo, adquira o livro clicando na imagem abaixo:

Livro 'Originais' - Adam Grant

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!