Peter Drucker: Melhores Práticas - William A. Choen, PhD

Peter Drucker: Melhores Práticas - William A. Choen, PhD

Aprenda nesse resumo, os principais ensinamentos do pai da administração moderna.

Você quer mudar a realidade da sua empresa? Sonha em abrir o seu próprio negócio?

Se fosse possível, o que você faria para ter 1 hora de consultoria com Peter Drucker, considerado o pai da administração moderna?

E se você pudesse aprender, de forma rápida e prática, os principais métodos de gestão do maior consultor de todos os tempos?

Ficou curioso? Se liga neste PocketBook!

Sobre o livro "Peter Drucker: Melhores Práticas"

O livro "Peter Drucker: Melhores Práticas" é a tradução da obra "Peter Drucker on Consulting: How to Apply Drucker's Principle for Business Success", lançada em 2016 pelo próprio autor, William A. Cohen, PhD.

Um ano depois, em 2017, foi lançada pela editora Autêntica Business a versão brasileira, que conta com 316 páginas, divididas em 17 capítulos que abordam os principais aprendizados do mestre da gestão, Peter Drucker.

William conta, durante toda a obra, conceitos e práticas que aprendeu durante alguns anos com Peter.

Além disso, quem escreveu a introdução do livro foi Philip Kotler, PhD e professor emérito de marketing internacional na Northwestern University.

Sobre o autor William A. Cohen

William A. Cohen é considerado um especialista em estratégia e liderança. Ele foi o primeiro aluno de Peter Drucker em programa de doutorado executivo (criado pelo próprio Peter).

Além de consultor e professor, William atuou em várias empresas, destacamos os trabalhos realizados na FBI Academy, nas Forças Armadas, na Boeing e na Cheesecake Factory. Na Força Aérea dos Estados Unidos, William atingiu o nível de major-general.

Cohen também foi responsável pela divulgação e perpetuação do sucesso de Peter Drucker. Ele cofundou e é presidente da California Institute of Advanced Management, uma organização sem fins lucrativos, que tem como propósito oferecer cursos de pós-graduação de maneira acessível. A metodologia do curso é baseada nos princípios ensinados por Peter Drucker.

Além deste livro, William também é autor de mais de 50 livros, incluindo "The New Art of the Leader", "How to Make It Big as a Consultant" e de "The Wisdom of the Generals".

Esse livro é indicado para quem?

William Cohen traz, em todo o livro, um conteúdo bastante didático e específico sobre os métodos de gestão aprendidos com Peter Drucker.

O autor também aborda as características de Peter, os diferenciais de sua consultoria, qual o modelo das soluções propostas por ele e outros temas que são capazes de melhorar os resultados de toda organização.

Por isso, "Peter Drucker" é indicado para quem quer transformar a realidade de uma empresa ou tem o sonho de criar o próprio negócio de maneira estruturada desde o primeiro dia.

Ideias principais do livro "Peter Drucker: Melhores Práticas"

Destacamos, dentro de todo o conteúdo, os seguintes temas:

  • As características de um bom consultor;
  • A importância de saber identificar o problema;
  • O método chave baseado em perguntas;
  • A necessidade de entender a fundo o negócio;
  • A possibilidade de correr riscos e os resultados que podem ser gerados;
  • Dicas para melhorar a gestão

Faça o Download do Resumo do Livro "Peter Drucker: Melhores Práticas" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] Peter Drucker: Melhores Práticas - William A. Choen, PDF

Overview: Características de um bom consultor

Você tem um problema na sua empresa? Sabe identificá-lo?

O autor enfatiza que uma das principais qualidades de Drucker era de saber identificar exatamente qual o problema que a empresa está passando.

Para isso, William Cohen faz uma analogia da consultoria com a medicina, onde o consultor é o médico e o paciente é o cliente.

Um médico/consultor pode solucionar o problema do seu paciente/cliente ou agravar o estado atual.

Para isso, é extremamente necessário diagnosticar com exatidão qual o problema pelo qual a pessoa/empresa está passando.

Peter Drucker fazia várias e sucessivas perguntas para seus clientes com o objetivo de induzi-los a encontrar as próprias respostas.

Além disso, o autor cita algumas outras características de um excepcional consultor, como, por exemplo:

  • Capacidade de encontrar soluções eficazes;
  • Competência técnica e conhecimento geral;
  • Habilidades de comunicação;
  • Eficácia em Marketing;
  • Habilidades em vendas;
  • Capacidade gerencial;

Como você deve imaginar, segundo o autor, Peter Drucker tinha todas essas características.

Dessa forma, se você quer seguir carreira como consultor, precisa trabalhar essas skills.

Por outro lado, se você deseja contratar uma consultoria, busque por consultores com essas habilidades para poder gerar mais resultados para sua empresa.

Overview: A construção do método chave

Nesta parte William Cohen explica dos principais métodos para Drucker conseguir entregar tantos resultados.

Você já deve ter ouvido falar de algumas consultorias que fazem projetos e entregam um Plano de Ação para o empreendedor implementar na empresa. Nesses tipos de consultoria o contratante não tem resultado prático, somente um guia para seguir.

Peter Drucker não agia assim. Segundo o autor, as consultorias aplicadas por ele era, baseadas em implementação na medida que executava o projeto.

Para isso, o autor explica que Drucker sempre fazia 5 perguntas aos seus clientes, são elas:

  1. Qual a missão da empresa?;
  2. Quem é o cliente da empresa?;
  3. O que o cliente valoriza?;
  4. Quais são os resultados que a empresa gera?;
  5. Qual é o plano?

Essas perguntas formam o guia para uma estruturação de uma gestão voltada para resultados.

Qual a missão da empresa?

É preciso identificar qual a missão da empresa para motivar os funcionários. É preciso ter claro o porquê do trabalho e qual a diferença que a empresa faz no mundo. Esta pergunta tem como objetivo criar um propósito de valor.

Quem é o cliente da empresa?

Um dos relatos trazidos no livro é de que Peter Drucker não concordava com as políticas das montadoras de carro que construíam o veículo para depois procurar quais seriam os clientes.

Para Peter é extremamente necessário saber definir qual é o cliente, para que você consiga entender suas dores, necessidades e problemas antes de produzir algo.

Ao conhecer seu cliente previamente, você consegue criar serviços ou produtos específicos para atendê-los de forma personalizada.

O que o cliente valoriza?

Como foi dito, é nesta pergunta que você consegue definir as dores, as necessidades, as vontades e os problemas que seu cliente enfrenta. A partir da resposta para essa pergunta, uma empresa consegue elaborar um marketing mais eficaz, uma estratégia mais assertiva para vendas e elaborar produtos e serviços que realmente resolvam um problema do consumidor.

Por conta desta pergunta é possível gerar um atendimento mais especializado e personalizado para cada cliente.

Quais são os resultados que a empresa gera?

É impossível mensurar evolução se não houver parâmetros. Esta pergunta visa entender qual a situação atual da empresa. É necessário entender a situação atual para vislumbrar possíveis melhorias.

Desta maneira, para potencializar os resultados é preciso entender o DRE, o fluxo de caixa, as dívidas e os investimentos que a empresa está realizando.

Qual o plano de ação?

Após o entendimento da missão da empresa, a compreensão de quem é o cliente e o que ele valoriza e também a análise de todo o cenário atual é possível traçar planos de ações com responsáveis, metas, objetivos, prazos e custos.

E, depois disso, é hora de executar.

Overview: Correr risco ou não?

Para Peter Drucker, nenhum gestor pode ser eficaz sem correr riscos.

E você, está disposto a correr riscos?

Para isso, Peter afirma que é preciso saber qual o risco que você está disposto a correr. Ele também descobriu que o gerenciamento dos riscos sempre envolve três características que dificultam o controle, são eles:

  1. O processo não é objetivo nem neutro;
  2. Embora se deva focar nos resultados reais, às vezes a "realidade" é incontrolável;
  3. Os riscos também ocorrem em eventos imensuráveis.

Para tentar diminuir os riscos, Drucker elaborou 7 especificações de controle de riscos, são elas:

  1. Quanto menos esforço demandar, melhor será o controle;
  2. Resultados precisam ser significativos ou indicar avanços significativos;
  3. Execução compatível com a demanda e com o prazo;
  4. Saber determinar métricas chave de evolução;
  5. Ser oportuno;
  6. Ser simples;
  7. Especificações orientadas para a ação.

Além disso, Drucker também afirma que a autoconfiança é uma ferramenta chave para estar disposto a correr riscos durante uma gestão. Por conta disso, o autor William Cohen afirma que é preciso cultivar a autoconfiança aos poucos e com disciplina. Para isso, cometa erros, aprenda com eles e conquiste vitórias.

Overview: Dicas de Peter

Já na parte final do livro, William traz 7 dicas para evitar que o sucesso resulte em fracasso. Vamos citá-las agora:

  1. É preciso compreender que o que te fez chegar onde você está hoje não vai te levar para o próximo nível. Muito pelo contrário, geralmente insistir no que levou ao sucesso acaba te levando para o fracasso;
  2. Todas empresas devem estar dispostas a abandonar o que já fez sucesso anteriormente;
  3. Todas empresas devem estar cientes e dispostas a mudar completamente de rumo (se necessário);
  4. É preciso ter planos de contingência caso a empresa passe por situações adversas. Não espere acontecer, esteja sempre preparado;
  5. Fique ligado no mundo. Observe os acontecimentos globais e saiba como isso impactará nos negócios da companhia;
  6. Saiba que as principais funções de um negócio são inovação e marketing. Por isso, inove para evitar o fracasso e estruture um marketing para que o cliente consiga comprar sozinho.
  7. É preciso ter um plano, mas é mais necessário ainda seguir o plano. Planejamento sem ação não gera resultados.

O que outros autores dizem a respeito?

Em "O Gestor Eficaz", Peter F. Drucker esclarece que executivos podem ser brilhantes, imaginativos e informados, e ainda assim serem ineficientes. Executivos eficazes são sistemáticos. Eles trabalham duro nas áreas certas e seus resultados os definem. São profissionais do conhecimento que ajudam a empresa a bater suas metas.

"Million Dollar Consulting" é um verdadeiro guia prático para quem deseja aprimorar suas técnicas de consultoria. Uma dica que o autor Alan Weiss passa para ser um bom consultor é tratar toda interação com um cliente como a "hora da verdade" pessoal, em que se deve pensar sempre na venda lá na frente e não somente na imediata.

No livro "Comece por Você", Reid Hoffman e Ben Casnocha te mostram como planejar sua carreira como se fosse uma start-up, avaliando seus recursos, aspirações e valores, assim como as realidades do mercado, entendendo que para vencer é preciso adaptar-se e correndo riscos inteligentes.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

Vamos lá, para conseguir transformar os resultados de uma empresa, é preciso:

  • Entenda a importância de identificar e atacar o problema certo;
  • Defina o propósito da empresa;
  • Defina quem é o seu cliente;
  • Defina o que esse cliente gosta;
  • Entenda a situação atual da empresa, por isso analise DRE, dívidas, investimentos e Fluxo de Caixa;
  • Trace Planos de Ação com objetivos, prazos, responsáveis e metas;
  • Execute o que planejou;
  • Inove sempre;
  • Invista no marketing, o objetivo é que o cliente consiga consumir sozinho.

Gostou desse resumo do livro "Peter Drucker: Melhores Práticas"?

Gostou do PocketBook? Deixe seu feedback nos comentários para sabermos sua opinião! Se quiser conhecer essa obra fantástica, ela está disponível para compra clicando na imagem abaixo:

Livro Peter Drucker: Melhores Práticas

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!