Rebeldes têm Asas - Rony Meisler

Rebeldes têm Asas - Rony Meisler

Veja tudo que a Reserva fez para reinventar a moda brasileira e o modelo de gestão tradicional, se tornando uma das marcas mais inovadoras do mundo.

Ao contrário da trajetória da Reserva, narrada pelo autor Rony Meisler no livro "Rebeldes Têm Asas", grande parte das empresas se mantém de pé única e exclusivamente para obter lucros. Dessa forma, elas destroem culturas, envenenam o planeta e, mesmo assim, continuam sendo admiradas.

Diante desse cenário, a marca Reserva nasceu para fazer diferente e quebrar todas as regras do jogo. A empresa foca em realizar um trabalho com amor para fazer diferença no mundo empresarial e na vida das pessoas.

Responsável por reinventar o mercado de varejo da moda nacional e o modelo de gestão tradicional, a Reserva não se concentra no produto, mas sim em suas ações, projetos sociais, inovações e um relacionamento profundo com os "clientes", ou melhor, amigos.

Está pronto para aprender sobre as estratégias utilizadas por essa grande empresa brasileira? Então vamos lá!

Sobre o livro "Rebeldes Têm Asas"

"Rebeldes Têm Asas" foi publicado em 2017, pelo autor Rony Meisler. O objetivo do livro é mostrar que todos podem empreender, além de contar toda a história de como a Reserva fez isso.

O conteúdo da obra é dividido entre a história da vida do autor (criador da Reserva), a história da marca e a sua cultura de negócios. Além disso, o livro é cheio de imagens bem elaboradas e criativas.

Sobre o autor Rony Meisler

Rony Meisler é formado em Engenharia de Produção, trabalhou na empresa de consultoria Accenture, mas resolveu abrir mão de tudo para dar início à sua caminhada empreendedora na Reserva.

Além da Reserva, Rony destina parte de seu tempo fazendo palestras sobre inovação, é presidente do movimento Capitalismo Consciente no Brasil e membro da IDV (Instituto de Desenvolvimento do Varejo) e da ABIT (Associação Brasileira da Indústria Têxtil).

Esse livro é indicado para quem?

O conteúdo dessa obra é ideal para quem deseja inspiração para transformar seus sonhos empreendedores em negócios.

Além disso, se você já é empreendedor, aqui você encontrará maneiras de como desenvolver novos modelos de negócios, transformar crises em oportunidades e ter um pensamento de startup, mesmo com pouco dinheiro, independente de qual for o seu setor.

Ideias principais do livro "Rebeldes Têm Asas"

  • Empreender é trabalhar feito louco para colocar seus sonhos de pé e jamais se dar por vencido;
  • A Reserva começou pelas multimarcas e, após escalar em volumes de venda, partiu para o varejo;
  • Se o conselho é bom, o exemplo arrasta;
  • Ser uma pessoa que não entende nada de determinado mercado pode ser uma ótima vantagem competitiva;
  • É preciso quebrar as regras para atingir a inovação;
  • O propósito ambiental tem de ser maior do que o propósito financeiro;
  • Modelo de gestão é baseado no "por que fazemos" e não em "o que fazemos";
  • Projetos de impacto social positivo têm lucro;
  • A união das pessoas é realizada por meio de propósitos;
  • Ambiente horizontal e feedbacks constantes.

Faça o Download do Resumo do Livro "Rebeldes Têm Asas" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] Rebeldes têm Asas - Rony Meisler, PDF

O empreendedor

Nesta primeira parte do livro "Rebeldes Têm Asas", o autor Rony Meisler conta muito sobre a relação com os pais, irmãos, além de seu casamento com a sua melhor amiga.

Rony também traz informações sobre sua família e sua infância. Ele diz que um dos principais inspiradores em sua história é o seu avô, Benjamin, que era um excelente vendedor e se alegrava muito com as conquistas de seu neto.

Ele relata também que toda a sua educação enquanto criança e adolescente foi em escola judaica, fruto da cultura de sua família.

Desde pequeno Rony se despertou para o empreendedorismo. Ele percebeu que gostava muito de vender. Para se ter ideia, ele vendia xampus para ele mesmo na frente do espelho.

Aos 19 anos, abriu seu primeiro negócio, o "nomoney. com. br", um site de permutas. Ele conta que o negócio não escalou, mas foi uma etapa indispensável, pois obteve um imenso aprendizado.

Além disso, logo depois que terminou a sua faculdade, deu início a um estágio na Accenture, uma consultora multinacional. Rony Meisler ressalta que essa etapa foi muito importante para ele saber o que não queria da vida, como, por exemplo, seguir carreira de consultor.

A Reserva

O começo

Recém graduado e com 24 anos, o autor Rony Meisler carregava consigo uma inquietação, sentindo que algo viria. E acabou vindo mesmo.

No dia D (como ele mesmo batizou), Rony Meisler e seu amigo Nandão observaram 5 jovens usando a mesma bermuda. Com isso, tiveram o "insight" de desenhar e produzir bermudas de praia, afinal era um produto que teria potenciais consumidores. Após a ideia, eles foram atrás de executá-la.

Os amigos então desenharam um modelo simples e foram atrás de fornecedores para criar o primeiro produto. Feito isso, o fornecedor que tinham escolhido entregou 300 bermudas (o pedido mínimo), todas iguais. Para conseguir vender todos os produtos, as vendas ocorriam no carro, na praia, na academia e entre amigos.

De acordo com o livro "Rebeldes Têm Asas", foi também entre amigos que surgiu o nome da marca. "Reserva" faz referência à praia da Reserva, no Rio de Janeiro. Local onde Rony e seus amigos gostavam de curtir.

O autor conta que as coisas foram fluindo e eles lançaram a primeira coleção da marca, que foi considerada um sucesso e ofereceu ensinamentos importantes para eles, principalmente a de que os clientes estavam em busca de boas experiências em um lugar fora do comum.

Surgiu então uma das principais lições: a Reserva deveria ser um meio para se comunicar com seus consumidores e não apenas uma marca de roupas.

Com isso, passou na cabeça de Rony e Nandão abrirem uma loja, mas eles descartaram, pois:

  • Não tinham dinheiro;
  • Trabalhavam com produção terceirizada;
  • O produto não era bom (não entendiam nada de moda).

Crescimento e aprendizado

A estratégia utilizada nesta primeira etapa era a venda das roupas no atacado, de preferência para as multimarcas de cidades formadoras de opinião (seria mais fácil disseminar a marca posteriormente). Além disso, eles possuíam showrooms para mostrar os produtos.

Foram muitas reuniões com fornecedores e lojistas para montar a coleção. Segundo o autor Rony Meisler, nesses encontros, eles vendiam os seus sonhos, com todo amor do mundo, pois seus produtos eram piores do que das outras marcas.

O autor conta em seu livro que trabalhou duro e aliou-se a pessoas criativas para tentar uma vaga de participação no Fashion Rio, circuito da moda nacional. Até que conseguiram, e satisfizeram o público. Isso fez com que a curiosidade externa sobre a marca só aumentasse.

Com toda a repercussão, foi hora de aumentar as vendas, e isso fez com que eles abrissem a primeira loja de rua.

Em paralelo, a Reserva precisava de uma maior identidade, como um mascote, e então contrataram Marcia Cabral para desenhar, enquanto Nandão e Rony construíam a marca.

Com isso, surgiu o pica-pau, Rony disse que foi amor à primeira vista e essa passaria a ser a nova fachada da Reserva.

Para continuar o crescimento, era preciso ter vendedores no time. E aí está um dos diferenciais da Reserva. Rony e Nandão queriam que os vendedores fossem diferentes, era preciso ser amigos dos clientes e comprometidos com a causa.

Por isso, na primeira loja da marca, os clientes estavam mais interessados na experiência que a Reserva proporcionava do que nos produtos propriamente ditos.

Para surpreender os clientes, eles inovaram. Música de boa qualidade, cerveja gelada e espelho no salão de vendas foram itens e experiências incorporadas no dia a dia para construir a Experiência Reserva.

Segundo Rony Meisler, montar o seu time dos sonhos é fundamental para o seu negócio obter sucesso. Isso é feito de forma muito rigorosa na Reserva e despende muito tempo, pois eles só escolhem pessoas com brilhos nos olhos.

Conforme narrado no livro "Rebeldes Têm Asas", a formação da equipe, através da contratação de pessoas boas para as funções críticas do negócio, fez com que o processo de crescimento fosse totalmente eficiente. Em 2008 eram 8 lojas, já em 2017, a empresa contava com 65 lojas.

Um dos apresentadores de TV mais famosos do Brasil, Luciano Huck, foi um dos primeiros garotos-propaganda da marca, de forma espontânea. Luciano gostou tanto dos diferenciais da Reserva que acabou virando sócio da marca e comprou 10% do capital.

Outros dois pontos cruciais para a Reserva alcançar o sucesso foram:

  1. A adesão de uma impressora têxtil, fazendo com que a produção acontecesse sob demanda, o único estoque que tinham eram camisas básicas lisas, então o processo era: comprou, estampou, entregou;
  2. A montagem de lojas de camisetas integradas aos canais de conteúdo, principalmente do Youtube, sendo criadas assim mais de 30 lojas em que tudo era impresso e produzido on demand.

Assim, a Reserva foi expandindo seus nichos, e foram criados:

  • Reserva +: um point carioca, uma espécie de bar com shows;
  • Reserva T. T. Burger: hamburgueria;
  • Reserva Mini: miniatura da Reserva, com coleções completas para recém nascidos até crianças com 12 anos de idade;
  • Eva: marca de moda feminina;
  • Penetras: possui acessórios e calçados de outras marcas que são revendidas em suas lojas.

A Filosofia Reserva

O autor Rony Meisler explica em seu livro, "Rebeldes Têm Asas", que a Reserva foi criada sem pensar no que as outras marcas faziam, o propósito de seus fundadores é fazer apenas aquilo que gostam, e é exatamente por isso que são considerados diferentes, pois:

  • "As lojas são como a casa de seus melhores amigos, onde você se sente à vontade, bebe cerveja e tem uma boa conversa";
  • "Os protagonistas são os vendedores, e não os estilistas";
  • "São comerciantes que tem o hobby de surpreender os consumidores";
  • "Não focam só em roupa, e sim em temas relevantes para a sociedade";
  • "Preocupação com a comunidade ao redor e não só com os comerciantes";
  • "São verdadeiros".

Além disso, o grande propósito da marca é "cuidar, emocionar e surpreender as pessoas todos os dias". E eles pretendem fazer isso oferecendo a melhor experiência, construindo e mantendo relações verdadeiras, individuais e respeitosas.

Comercial

O primeiro passo da Reserva foi estimular o seu time comercial. Era preciso despertar o amor e o orgulho pelo que os vendedores faziam, e criar uma relação de afeto mútua entre eles e os clientes.

A sua filosofia comercial seguia os seguintes valores:

  • "Proatividade em vez de reatividade";
  • "Relacionamentos em vez de transações comerciais";
  • "Liberdade para customização em vez de listas prontas de serviços";
  • "Tocar no coração em vez de vender para as pessoas";
  • "Empresários em vez de vendedores";
  • "Gente que faz, em vez de gente que dá conselhos";
  • "Vendendo com eles em vez de apenas para eles".

Marketing e Comunicação

Nesta etapa do livro "Rebeldes Têm Asas", o autor Rony Meisler diz que as regras da Reserva não estavam escritas, elas seguiam um modelo que replicava tudo aquilo que concordava e fazia diferente quando não concordava.

Com isso, eles ficaram conhecidos como "Rebeldes", por quebrar todas as regras que as outras marcas obedeciam. Logo, a filosofia adotada por eles é baseada em:

  • "Diálogo em vez de imagem de moda";
  • "Revista em vez de catálogo";
  • "Storydoing em vez de storytelling";
  • "Foco nos consumidores em vez de foco nos críticos";
  • "Encontrar maneiras de falar com os clientes nos lugares onde eles menos esperam";
  • "Criar uma nova maneira de nos conectar com aquilo que vivemos";
  • "Ser ousado e transparente".

Logística

A Reserva disponibiliza uma lista de produtos customizados e com entrega em sua própria residência, graças ao reconhecimento de hábitos, assuntos e o histórico de compras dos clientes.

Além disso, para o autor Rony Meisler, a utilização da internet como um único canal, de acordo com a criação dos hábitos dos consumidores, vai se tornar um modelo único futuramente.

Existe até uma opção de comprar pela internet e retirar pela loja, assim é possível experimentar e trocar o seu pedido na própria loja física.

Algumas entregas, em locais estratégicos, são feitas em até 3 horas, por meio de bicicletas. Isso mesmo, o projeto é chamado de "Reserva Ciclo Courier".

Gestão

Muitas das ideias, não só de gestão, como da Reserva em geral, foram copiadas e adaptadas de grandes livros de negócios.

E um dos principais insights que a Reserva teve foi de que o grupo pode entregar muito mais valor além de seus produtos. Não só para clientes, mas também para fornecedores, funcionários e comunidade.

Um deles é o "Reserva 1P5P", que consiste em entregar 5 pratos de comida para quem tem fome, a cada venda de 1 produto da marca.

Além disso, a empresa abre a possibilidade de criar uma empresa de donos, ou seja, é possível se tornar sócio da Reserva, por meio de avaliações dos sócios do grupo.

Por fim, a Reserva oferece aos seus funcionários toda uma avaliação nutricional e de atividades físicas, com foco total na saúde dessas pessoas.

Uma informação bem interessante é a respeito da publicidade da Reserva; são pouquíssimos investimentos nessa área, pois as verbas para esse setor são destinadas para benefícios aos funcionários; o projeto é chamado "bota na vitrine" e o seu principal objetivo é realizar os desejos de seus funcionários.

O que outros autores dizem a respeito?

No livro, "Organizações Exponenciais", os autores afirmam que estamos mudando para um paradigma baseado na informação. Dessa forma, o ambiente baseado em informações proporciona oportunidades disruptivas, fazendo com que a trajetória de seu negócio seja alterada, visando se desenvolver com o crescimento exponencial e aumentar a relação preço/desempenho.

Já no livro "A Cabeça de Steve Jobs", o autor Leander Kahney afirma que uma das causas do sucesso da Apple se deve ao fato de que Steve Jobs coloca como prioridade máxima a experiência do usuário. Isso nos mostra que o principal ensinamento e melhor benefício é aquilo que o seu cliente entende como valor agregado ao produto.

Por fim, o autor Chris Anderson, em sua obra, "A Cauda Longa", afirma que a explosão da internet criou um novo tipo de mercado no qual sempre há consumidores para os produtos, pois são infinitos nichos em que você pode atuar. Para Chris, os clientes são os novos formadores de preferências.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

De uma simples ideia, a Reserva se transformou em uma das empresas mais inovadoras do mundo.

Mas o autor nos conta que, de início, não foi nada disso, pois ele foi desencorajado. E sabe o que ele fez? Pegou toda essa energia e negatividade e transformou em inspiração, amor e coragem para colocar seu sonho em ação.

Esperamos que tenha um "Rony" dentro de você, com uma vontade enorme de concretizar seus objetivos. Portanto, mesmo sem os recursos necessários, vá em frente, pois quando o sonho vale a pena, nada é capaz de impedi-lo.

A dica final é: O que você mais ama fazer quando não está trabalhando? A resposta é exatamente o que você deveria fazer também quando está trabalhando!

Gostou desse resumo do livro "Rebeldes Têm Asas"?

Esperamos que você tenha gostado do nosso resumo e consiga se inspirar na obra do autor Rony Meisler. Deixe sua opinião nos comentários, seu feedback é muito importante para nós!

Além disso, para se inteirar mais sobre o conteúdo, adquira o livro clicando na imagem abaixo:

Livro 'Rebeldes têm Asas'

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!