Reinventando as Organizações - Frederic Laloux

Descubra como e por que as organizações têm mudado seus hábitos, com a criação de colaboradores mais engajados e busca por melhoria contínua.

Favoritar
Salvar
Lido

O livro “Reinventando as Organizações”, do autor Frederic Laloux, é um guia para entender e inspirar organizações a mudarem seus hábitos de acordo com o próximo estágio da consciência humana.

Antigas e novas corporações apostam na descentralização de poder, estimulando todos os colaboradores a participarem mais ativamente na tomada de decisões.

Essa tendência tem impactado numa mudança de paradigmas, resultando num sistema menos hierárquico e mais humanitário. E saiba mais: esse novo modelo organizacional tem apresentado alta melhoria de processos, além de desenvolver uma relação mais profunda e genuína entre os colegas de trabalho.

Quer saber mais? Então continue a leitura deste resumo e se surpreenda com o modelo de gestão evolutiva!

 

Sobre o livro “Reinventando as Organizações”

 

“Reinventando as Organizações” foi escrito pelo autor Frederic Laloux e originalmente publicado em 2014, sob o título “Reinventing Organizations”. No Brasil, esta obra foi publicada em 2017 e conta com 342 páginas.

O autor discute sobre o surgimento de um novo modelo organizacional que tende a ser adotado nas corporações, baseado na mudança dos paradigmas comportamentais devido à evolução da consciência humana.

Para explicar tal fenômeno, ele divide a obra em três partes: a história das organizações e como elas estão presentes nos dias atuais; os avanços e características desse modelo evolutivo; e as condições necessárias para que esse novo tipo de organização funcione.

 

Sobre o autor Frederic Laloux

 

Frederic Laloux vive em Bruxelas, na Bélgica, atuando como coach, conselheiro e facilitador para líderes corporativos que buscam adotar novos sistemas organizacionais.

Ex-sócio da McKinsey & Company, o autor possui MBA da INSEAD, além de ter o diploma de coach da Newfield Network.

Frederic é reconhecido por grandes estudiosos da área de desenvolvimento humano, que descrevem seu trabalho como inovador, brilhante e transformador.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

“Reinventando as Organizações” é ideal para diretores que desejam modernizar a forma de gestão de sua empresa, funcionários que estão frustrados por se sentirem impotentes dentro de sua função e, também, para pessoas que buscam focar no seu propósito evolutivo e aplicação da melhora contínua.

 

Ideias principais do livro “Reinventando as Organizações”

 

Aqui, explicaremos o surgimento de um novo modelo das estruturas organizacionais, sob a visão do autor Frederic Laloux, existem alguns principais avanços dentro das corporações:

 

  • Autogestão;
  • Integralidade;
  • Propósito evolutivo.  

 

Vamos lá?

 

Faça o Download do Resumo do Livro "Reinventando as Organizações" em PDF grátis

 

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

 

[Resumo do Livro] Reinventando as organizações - Frederic Laloux, PDF


Organizações ao longo do curso da evolução

 

Nesta parte do livro "Reinventando as Organizações", o autor Frederic Laloux expressa a ideia de que o ser humano está em constante evolução, mesmo tendo uma grande tendência a ceder ao ego e à ideia de que nunca vamos mudar.

Como consequência, nos acomodamos exatamente onde estamos. Mas se pararmos para analisar bem o contexto histórico, podemos ver como a nossa consciência tem transitado entre diferentes estágios.

Segundo Laloux, a nossa história pode ser dividida em paradigmas, com nomes compostos por um adjetivo e uma cor. A escolha do adjetivo se dá à característica humana que mais se destaca durante o estágio, enquanto as cores são para orientar melhor o leitor durante a leitura. São estas:

 

  • Reativo-Infravermelho;
  • Mágico-Magenta;
  • Impulsivo-Vermelho;
  • Conformista-Âmbar;
  • Realizador-Laranja;
  • Pluralista-Verde.

 

De acordo com o autor, é essencial entender a perspectiva histórica para compreendermos o que está sendo discutido atualmente no campo da gestão. Por exemplo, o estágio Realizador-Laranja tem forte influência no mundo corporativo, onde suas principais atribuições são:

 

  • Inovação;
  • Responsabilização; 
  • Meritocracia.

 

Enquanto as práticas de organizações Pluralistas-Verde possuem um cunho mais social, tais como:

 

 

Entretanto, Frederic Laloux introduz a ideia de que estamos caminhando para um novo modelo organizacional, o qual o ego se torna apenas um fator, e não é levado como um pensamento absoluto. Esse estágio é chamado de Evolutivo-Teal.

Mas de que forma cada um desses paradigmas citados pode contribuir para os novos modelos organizacionais? Melhor ainda: de que forma esse novo modelo contribuirá para a maneira como nos relacionamos? E dentro das empresas?

 

As estruturas, práticas e culturas das Organizações Teal

 

Nesta seção, o autor Frederic Laloux condensa o conceito de Evolutivo-Teal, colocando em evidência seus três avanços:

 

  • Autogestão;
  • Integralidade; 
  • Propósito Evolutivo.

 

Autogestão

 

Já pensou em trabalhar em um local de trabalho onde todos os empregados participassem das decisões da empresa? Segundo o livro "Reinventando as Organizações", isso não é difícil de imaginar. Muito menos quando se é feito pesquisa sobre empresas que já adotaram esse novo sistema organizacional.

O autor diz que o sistema hierárquico desenvolve um grande problema que as organizações têm enfrentado: as pessoas que se encontram na base do sistema estão cada vez menos estimuladas.

Mas por que seria? Esses funcionários não participam ativamente das decisões da empresa, o que transmite a ideia de que o trabalho não tem significado. Dessa forma, evoca-se um sentimento de impotência, desconfiança e medo sobre elas.

Ao longo dessa seção, Frederic Laloux explica que o novo modelo estimula a produção eficaz através da autogestão. Em equipes autogeridas, as decisões são feitas coletivamente.

De que forma isso impacta positivamente? Ele apresenta dados que afirmam melhores resultados para a empresa. E ainda mais, os funcionários se sentem menos controlados, além de despertar um sentimento de confiança e responsabilidade neles.

 

Integrabilidade

 

As pessoas se sentem como se só pudessem demonstrar o seu “eu” estritamente profissional dentro de uma empresa. E, para o autor Frederic Laloux, isso é uma prisão que fazemos em nós mesmos.

Ele revela em seu livro, "Reinventando as Organizações", que a confiança é o “tempero secreto” de uma gestão bem sucedida. Mas como usá-la quando nós estamos nos escondendo dentro de um perfil que julgamos necessário para ser aceitável?

Ao explicar o conceito de integrabilidade, Frederic relata vários métodos e reflexões para nos incentivarmos a sermos nós mesmos e desencadearmos uma relação profunda com nossos colegas de trabalho.

Como consequência, tem-se um ambiente de trabalho mais agradável, estimulando resultados mais positivos e relações menos hostis.

 

Propósito evolutivo

 

Acima de tudo, devemos estar de braços abertos para novas ideias. Caminhar junto com a vida significa fazer parceria com o sucesso.

Ainda mais, o sucesso deve partir de nós para nós mesmos. Enquanto há muitas empresas obcecadas com a concorrência, as novas organizações vivem para seu próprio propósito.

O livro "Reinventando as Organizações" relata que devemos procurar por melhorias através da sensibilidade e cooperação. Isso faz com que a maximização de lucros deixe de ser uma prioridade para uma corporação, mas sim apenas uma consequência de um trabalho bem feito.

 

Surgimento das organizações Teal

 

Mas o que é preciso para exercer os conceitos do Evolutivo-Teal dentro do seu trabalho?

O autor Frederic Laloux revela que há apenas duas condições para tornar isso possível:

 

  • Alta-liderança: o CEO precisa manter o espaço dentro dos avanços de autogestão, integrabilidade e princípio evolutivo, para que estas práticas possam se desenvolver dentro da empresa;
  • Proprietários: os donos da organização também devem adotar uma percepção evolutiva, mesmo em momentos difíceis, evitando abusar do sistema hierárquico de poder.

 

Essas condições, juntamente com os valores evolutivos, tornam a empresa capaz de operar com uma conduta mais integral e autêntica. Conforme explicado no livro "Reinventando as Organizações", apostar na melhoria contínua de uma empresa é alinhar os objetivos com o propósito evolutivo, gerando resultados:

 

  • Mais poderosos;
  • Mais sabiamente usados;
  • Mais equilibrados.

 

O que outros autores dizem a respeito?

 

No livro Descubra Seus Pontos Fortes, os autores Marcus Buckingham e Donald Clifton dizem que o segredo é focar nos pontos fortes dos funcionários ao invés de viver tentando melhorar os pontos fracos, a fim de aumentar a produtividade da empresa.

Já Tony Robbins, autor de Desperte seu Gigante Interior, sugere que a mudança de um certo hábito pode ser dado à associação desse comportamento indesejado a algum tipo de dor.

Por fim, em Atomic Habits, o autor James Clear explica como grandes resultados podem ser gerados através de pequenas mudanças: melhorar 1% a cada dia gera uma mudança gigante no fim da jornada.

 

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

 

As dicas do autor Frederic Laloux sobre gestão de pessoas são imprescindíveis para um melhor desempenho do seu negócio e te ajudarão a ampliar os resultados.

Você, que se sente impotente e infiel à sua identidade no trabalho, que tal adotar práticas de integrabilidade e mostrar para seus colegas o seu verdadeiro potencial?

A mudança começa desde já! 

 

Gostou desse resumo do livro “Reinventando as Organizações”?

 

Esperamos que você tenha gostado do nosso resumo e consiga praticar as estratégias de gestão elaboradas pelo autor Frederic Laloux. Deixe sua opinião nos comentários, seu feedback é muito importante para nós!

Além disso, para se inteirar mais sobre o conteúdo, adquira o livro clicando na imagem abaixo:

 

Livro “Reinventando as Organizações”

 

 

Nota:
O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.
Favoritar
Salvar
Lido
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!