A Lógica do Cisne Negro - Nassim Nicholas Taleb

A Lógica do Cisne Negro - Nassim Nicholas Taleb

Tenha as ferramentas necessárias para lidar com o inesperado e tirar proveito de situações surpresas que podem transformar a sua vida em um caso de sucesso.

Você já se pegou tentando explicar o inexplicável? A nossa mente está acostumada a tentar explicar tudo de forma lógica e baseada em evidências conhecidas. Através do livro "A Lógica do Cisne Negro", podemos ver que eventos singulares podem mudar tudo.

E no que diz respeito a sua vida pessoal? Quantas vezes as coisas ocorreram exatamente como você planejou? Ainda que você analise seu plano minuciosamente, considerando todas as variáveis, o imprevisível acontece e mais vezes do que imaginamos.

Um único pássaro de cor preta mudou o conceito mundial do que eram cisnes. Uma pequena observação provou que nossa crença era errada e nossas previsões falhas.

Quer aprender sobre o que são eventos Cisnes Negros e como eles podem mudar a sua vida? Venha conosco nesse resumo de "A Lógica do Cisne Negro"!

Sobre o livro "A Lógica do Cisne Negro"

O livro "A Lógica do Cisne Negro", publicado no Brasil em 2008, traz um conteúdo denso explicado em linguagem simples. Foi descrito como um dos doze livros mais influentes desde a segunda guerra mundial pelo The Sunday Times.

Em suas mais de 400 páginas, a obra discute como a tendência humana de simplificar e categorizar tudo, ao invés de nos ajudar, acaba nos atrapalhando.

Sobre o autor Nassim Nicholas Taleb

Nassim Nicholas Taleb nasceu no Líbano e emigrou para os Estados Unidos. Formou-se bacharel, mestre e PhD na área matemática (estatística e análise de risco) pela Universidade de Paris. Também possui MBA pela Wharton School.

Nassim é muito influente no mercado de capitais e alcançou sua fortuna num evento Cisne Negro conhecido como Segunda-Feira Negra. Já foi diretor administrativo do Credit Suisse e fundou a Empirica Capital.

Outras obras conhecidas dele são: "Antifrágil", "Iludido pelo Acaso" e "Arriscando a Própria Pele".

Esse livro é indicado para quem?

O conteúdo deste trabalho é altamente recomendado para qualquer pessoa cujo trabalho envolva a análise de gráficos e tendências, para aqueles que desejam minimizar o risco e para aqueles interessados em epistemologia.

Ideias principais do livro "A Lógica do Cisne Negro"

  • Cisnes Negros são eventos raros, de alto impacto que, após terem ocorrido, podem ser analisados e explicados (previsibilidade retrospectiva);
  • Eventos altamente prováveis e esperados que acabam não ocorrendo também são Cisnes Negros;
  • Você deve criar robustez para enfrentar os eventos negativos e capacidade de exploração para aproveitar os eventos positivos. Use a estratégia Barbell;
  • Especialistas podem ser mais cegos a Cisnes Negros em suas áreas por se apegarem demais aos dados e fatos e não olham além do óbvio;
  • O reconhecimento vem para aqueles que corrigem erros, não para os que são capazes de preveni-los, porque o que não aconteceu não causa comoção.
  • A mente humana gosta de narrativas, então buscamos explicar tudo, ainda que não tenhamos conhecimento de tudo. Isso inclui distorcer o passado para que ele se encaixe em uma teoria;
  • Você nunca saberá que está errado até ser provado que você errou. Então você irá buscar explicações para isso e acreditará cegamente que era algo previsível. Não era;
  • Você sempre encontrará fatos que comprovem a teoria em que você quer acreditar, seja ela qual for.

Faça o Download do Resumo do Livro "A Lógica do Cisne Negro" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] A Lógica do Cisne Negro - Nassim Nicholas Taleb, PDF

Como procuramos validação

Nós temos a tendência de racionalizar tudo, buscar uma conexão lógica entre eventos. Utilizamos fatos passados para explicar eventos futuros. O autor chama esse tipo de racionalização de "Platonificação". Nós tentamos "platonificar", inclusive, incertezas e imprevistos.

Vivemos tentando fazer previsões sobre o futuro acreditando que já temos dados suficientes e ignorando nossa própria ignorância. Por isso erramos. Sempre existirão fatos ocultos que influenciarão o desenrolar dos acontecimentos.

A mente humana sofre do tripé da opacidade que o autor define como:

  • A ilusão da compreensão: as pessoas acreditam que sabem o que está acontecendo no mundo;
  • A retrospectiva distorcida: como nós conseguimos explicar os fatos organizadamente depois que eles aconteceram;
  • A supervalorização dos dados factuais: tendência a platonificar as coisas, principalmente por parte dos especialistas na área analisada.

Nassim Nicholas Taleb cita como exemplo, como a história é bonita e organizada nos livros didáticos, porém, quando está sendo vivida, é imprevisível. Todos acreditam saber como e em quanto tempo um conflito irá se resolver baseando-se nas próprias ideias e desejos.

Não se engane. Você sempre encontrará dados e fatos que comprovem a sua teoria. Isso, porque nós ignoramos o que não conhecemos para não nos sentirmos ignorantes e então, nos apegamos ao conhecido, ao palpável, ao tangível. Isso nos cega em relação à realidade.

A aleatoriedade e a incerteza são abstrações, mas sempre buscamos explicar tudo para nos sentirmos menos ignorantes. Segundo o autor: "Nós somos naturalmente rasos e superficiais - e não sabemos disso."

O autor define dois tipos de aleatoriedades e incertezas: o Mediocristão e o Extremistão. O Mediocristão é o evento que pode ser definido por uma gaussiana (distribuição normal estatística) e não é escalável. Um evento que singularmente teria um alto impacto, se perde na média e não gera mudanças.

Já o Extremistão não obedece essa ordem, porque é escalável, ou seja, um único evento pode ter um alto impacto e mudar absolutamente tudo. É a região do Cisne Negro.

Devemos então aceitar a imprevisibilidade de alguns eventos e parar de tentar prever o futuro. Mesmo porque resultados passados não garantem resultados futuros.

O que fazer então? Sentar e esperar?

Nós devemos nos prepararmos para identificar e atuar quando o Cisne Negro se apresenta. Para isso devemos desenvolver robustez, ou seja, a capacidade de resistir a eventos impactantes negativos.

Além disso, devemos também ser capazes de explorar as oportunidades oferecidas quando o impacto é positivo.

Para tomar decisões de maneira menos primitiva e superficial devemos desligar a TV e passar menos tempo lendo jornais, além de ignorar blogs. Devemos treinar nosso cérebro para pensar fora do famoso: "o que não é visto, é ignorado". Isso não significa se alienar e sim, eliminar o que limita e induz seus pensamentos.

Por fim, "A Lógica do Cisne Negro" também discute que o foco é importante para trabalhos detalhados que exijam atenção, porém é inútil para lidar com incertezas. Afinal, ele te levará ao pensamento Platonificado.

Não podemos fazer previsões

Quando estudamos muito sobre um assunto em um curto período de tempo não filtramos a informação recebida. O excesso de conhecimento sobre minúcias do negócio pode ser até tóxico, porque gera excesso de confiança, mas não necessariamente de acurácia.

Alguns especialistas, inclusive erram pelo excesso de confiança, independente da sua competência técnica. Não seja arrogante; seja competente e ignorante (reconheça que não sabe tudo) ao mesmo tempo.

Ainda assim, a arrogância faz parte da natureza humana, assim como a tendência ao julgamento. Você também acabará fazendo previsões. Nós temos opiniões e pensamentos. Aceite isso, só não seja tolo de tentar aplicar essas ideias em larga escala. Faça previsões sobre o tempo, não sobre economia ou questões sociais.

Independentemente de qualquer coisa, esteja preparado. Esse preparo financeiro, para o autor, vem através da estratégia Barbell. Ela consiste em ser hiper-conservadora e hiper-agressiva ao mesmo tempo.

Coloque de 85% a 90% do seu dinheiro em investimentos muito conservadores, assim você ganha robustez. Os outros 10% a 15% você coloca em investimentos de alto risco, especulativos, assim você se prepara para os Cisnes Negros.

Se esse investimento gerar altas perdas, você ainda estará protegido. E se gerar altos ganhos, pode estourar as garrafas de champagne e comemorar a vontade.

Não procure a hora e lugar certos, pare com essa mentalidade pequena. Vá em busca da oportunidade ou qualquer coisa que pareça uma oportunidade. Abrace o fracasso, caso aconteça, e aprenda com ele.

Também não confie em previsões feitas pelo governo, grandes economistas e analistas de mercado, sociólogos, ciganos, ou qualquer um que queira prever o futuro. Escute, mas não confie.

Não perca seu tempo lutando contra previsões e tentando argumentar contra elas. O que você busca de verdade são resultados assimétricos, e não provar que você está certo (não seja arrogante). Resultados assimétricos podem refletir em grandes ganhos ou grandes perdas, então prepare-se pra eles.

Os cisnes cinzas e seus efeitos

A sorte existe no mundo Extremistão e pode gerar o fator Matthew, o qual descreve que vantagens são cumulativas, assim como fracassos. Alguém que nasceu rico tem uma tendência maior de permanecer rico do que a tendência de uma pessoa pobre enriquecer. E o que faz alguém nascer rico? Sorte.

A pessoa descrita já nasceu um passo à frente na vida financeira e a acumulação de benefícios fará com que ela enriqueça ainda mais.

Porém, as camadas de aleatoriedade permitem que o rico perca tudo e o pobre enriqueça. Tudo é transitório e a sorte pode interferir nisso. E, por isso mesmo, existem as oportunidades, devido a essa assimetria dos resultados. Estes são os pontos extremos da curva gaussiana, fora da mediocridade.

A lei do 80/20, por sua vez, estabelece que 20% do seu trabalho resulta em 20% dos seus resultados. Isso é apenas uma teoria e as porcentagens podem ter uma assimetria ainda maior que essa.

Mas como identificar quais atividades nos trazem mais benefícios? Só depois de tê-las executado e analisado os resultados.

É impossível prever com precisão o resultado de uma ação, porque o desconhecido está também atuando no processo, então aproveite da assimetria por si mesmo.

A verdade é que gostamos da mediocridade, porque ela é segura e conhecida. A incerteza não é apreciada, porque a associamos mais com o fracasso do que com o sucesso. E nós gostamos de segurança.

Contudo, a partir do momento em que uma incerteza se torna uma possibilidade, as coisas mudam de figura. Neste momento, você já pode começar a pensar como se proteger e aproveitar isso.

Basicamente você deve assumir o impossível como possível. Assim transformamos Cisnes Negros em Cisnes Cinzas.

É o que a teoria dos fractais, descrita pelo autor e criada por Benoit Mandelbrot, nos mostra. Com a ideia de Fractal, deixamos de ver as coisas somente quantitativamente e passamos a vê-las também com um olhar qualitativo.

Isso porque fractalidade é a repetição de padrões geométricos em diferentes escalas. Partes pequenas são similares ao todo. Isso torna o Cisne Cinza, porque eles passam a ter um pequeno grau de previsibilidade.

Basicamente, se você acredita que a bolsa pode cair um pouco, pode acreditar que ela pode cair ao ponto do colapso. Você não sabe nem quando, nem quanto, mas agora sabe da possibilidade, porque essa chance pequenina faz parte do todo.

Por fim, lembre-se: não atingir o ideal de sucesso que as outras pessoas têm só é doloroso quando você compartilha desse mesmo ideal. Caso não seja, a dor de correr atrás de um sonho que não é seu é muito pior que fracassar.

Voltamos a questão de não escutar cegamente aos especialistas, mesmo porque os melhores não são reconhecidos. O reconhecimento vem para aqueles que corrigem erros, não para os que são capazes de preveni-los, porque o que não aconteceu não causa comoção. Mas esses são nossos verdadeiros Heróis Silenciosos.

O final

Nesta parte final de "A Lógica do Cisne Negro", Nassim Taleb discute sobre a dualidade da vida. Em alguns momentos precisamos ser mais céticos, em outros mais crentes. Alguns investimentos exigem mais cautela e, para outros, mais agressividade.

O autor escolhe a agressividade quando há a possibilidade de um Cisne Negro positivo, ou seja, nos momentos que o mercado pede cautela. E quando o mercado está muito confiante, Nassim sugere cautela pelo risco de um Cisne Negro negativo.

Para ele, devemos nos preocupar menos com os riscos anunciados e mais com os riscos imperceptíveis. Mas não exagere na análise e nas preocupações, não vale a pena. A dica é: só se preocupe com o que você de fato pode mudar.

O que outros autores dizem a respeito?

Richard Thaler, em seu livro "Misbehaving", explicita que seres humanos não apresentam um comportamento racional em suas decisões de compra, indo contra o esperado pelas teorias tradicionais da economia. Ele assume que pessoas reais agem de maneira previsivelmente irracional, desenvolvendo a teoria da "Economia Comportamental".

No livro "O Poder 80/20", Richard Koch apresenta como utilizar o Princípio de Pareto, que afirma que 20% dos nossos esforços equivalem a 80% dos nossos melhores resultados, na vida profissional e pessoal. Ele afirma que o estado natural do mundo é o desequilíbrio, não o equilíbrio.

Por fim, em "Mindset", Carol Dweck apresenta dois tipos de mindset: o de crescimento e o fixo. Pessoas com mindset de crescimento gostam de desafios porque acreditam que o erro é uma fonte de aprendizado, elas não teriam medo de provar as próprias crenças e de admitir que ainda precisam aprender.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

  • Pare de tentar prever o futuro; você nunca terá conhecimento suficiente para isso;
  • Aceite e aprecie a sua ignorância, não queira ser um especialista limitado arrogante que sabe muito sobre pouco;
  • Gere robustez para se preparar pro Cisne Negro e aproveite oportunidades de ganho quando virem;
  • Utilize a percepção do 80/20 para analisar seus esforços e resultados e redirecionar seu foco;
  • Utilize o teorema de Barbell para organizar suas finanças.

Gostou desse resumo do livro "A Lógica do Cisne Negro"?

E aí, se sente mais preparado para quando o Cisne Negro chegar?

Espero que esse resumo tenha te ajudado a se tornar mais preparado para encarar os desafios normais e os desafios raros e impactantes que a vida oferece.

Não esqueça de deixar sua opinião nos comentários e atribuir sua nota para esse resumo para que possamos sempre melhorar nosso conteúdo para você.

Caso deseje conhecer mais detalhes dessa obra impressionante e riquíssima, adquira o livro clicando na imagem abaixo:

Livro A Lógica do Cisne Negro

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!