Os 5 Desafios das Equipes - Patrick Lencioni

Descubra como superar os desafios e extrair os melhores resultados da sua equipe.

Favoritar
Salvar
Lido

O livro “Os 5 Desafios das Equipes”, do autor Patrick Lencioni, analisa os cenários do trabalho em equipe e as dificuldades em se liderar um time, ajudando o leitor a otimizar a sua gestão e alcançar melhores resultados.

Algumas equipes têm êxito e outras não devido ao fato de que as pessoas pensam de maneiras distintas e cada uma delas tende a agir de acordo com suas convicções, ou seja, sempre podem ocorrer problemas nesse processo de formação e desenvolvimento da equipe.

No entanto, é possível enfrentar esses desafios e garantir o seu sucesso e dos seus liderados.

Ficou curioso? Então continue a leitura do nosso Pocket Book!

 

Sobre o livro “Os 5 Desafios das Equipes”

 

Lançado originalmente como “The 5 Dysfunctions of a Team”, em 2002, este livro apresenta 5 desafios a serem enfrentados por equipes de alto desempenho.

Para isso, o autor Patrick Lencioni leva para o leitor uma fábula onde esses desafios podem ser identificados e depois se aprofunda nos conceitos, trazendo soluções para que os gestores possam alcançar melhores resultados.

 

Sobre o autor Patrick Lencioni

 

Patrick Lencioni dedica seu trabalho à formação de equipes de alto desempenho. Além de ser autor de livros best-sellers do The New York Times, traduzidos para 25 idiomas e com 4 milhões de cópias vendidas, ele é consultor de grandes CEO’s e suas equipes de executivos.

Palestrante em diversas conferências mundiais, Patrick é fundador da The Table Group, uma organização focada em aprimorar a saúde empresarial, o engajamento dos funcionários e estimular o trabalho em equipe.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

“Os 5 Desafios das Equipes” é recomendado não só para líderes que desejam otimizar o relacionamento da sua equipe, mas também para todos os integrantes do grupo, de maneira a proporcionar um alinhamento ideal de esforços, sempre em prol do alcance da potencialização do desempenho.

Com as técnicas presentes no livro, sua equipe irá estimular a colaboração, o comprometimento e o foco nos resultados.

 

Ideias principais do livro “Os 5 Desafios das Equipes”

 

Neste Pocket Book, abordaremos os seguintes assuntos:

 

  • Os principais obstáculos para o trabalho em equipe;

  • Como superar esses desafios; 

  • As aplicações dos conceitos da obra na sua equipe.

 

Para isso, Patrick Lencioni nos apresenta uma pirâmide formada por 5 aspectos que são ilustrados na imagem abaixo:

 

           

Fonte: Adaptado do livro (p. 172)

 

Agora, é hora de conhecer quais são os desafios e como formar uma equipe de alto desempenho. 

Vamos lá?

 

Faça o Download do Resumo do Livro "Os 5 Desafios das Equipes" em PDF grátis

 

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

 

[Resumo do Livro] Os 5 Desafios das Equipes - Patrick Lencioni, PDF

 

Overview: Falta de Confiança

 

O primeiro desafio apresentado no livro “Os 5 Desafios das Equipes” é a base da pirâmide: a ausência de confiança entre os integrantes da equipe.

Essa é a primeira e mais importante disfunção, pois, a partir dela, as demais podem ser desencadeadas. A ausência de confiança dificulta o compartilhamento de fraquezas e vulnerabilidades individuais, o que compromete o desenvolvimento efetivo do grupo.

Segundo o autor Patrick Lencioni, a troca de ideias é essencial, seja para a correção de falhas, seja para a união de forças. O potencial de evolução de uma equipe somente pode ser explorado a partir de um relacionamento mútuo de confiança.

 

Como Identificar?

 

Enquanto membros de equipes que possuem uma relação de confiança pedem ajuda, admitem seus erros, pedem desculpas e são focados em dar feedbacks, equipes que carecem desses atributos apresentam os seguintes sintomas:

 

  • Guardam mágoas uns dos outros;

  • Escondem seus erros e fraquezas;

  • Focam em causar boa impressão;

  • Tiram conclusões precipitadas.

 

Como melhorar?

 

Para solucionar esses problemas e evitar maiores desdobramentos, o autor Patrick Lencioni sugere em seu livro “Os 5 Desafios das Equipes” os seguintes exercícios:

 

  • Exercício de histórias pessoais;

  • Exercício de eficiência da equipe;

  • Perfis de preferência de personalidade e comportamento;

  • Programas de feedback 360 graus;

  • Exercícios experimentais em equipe.

 

Uma prática que se apresenta muito útil para resolver esse problema é o exercício de eficiência da equipe.

Embora ele possa parecer invasivo a princípio, ao final do exercício é possível observar um nível de confiança bem mais elevado. A metodologia consiste em cada membro da equipe ser “analisado” por seus colegas. 

Essa análise consiste em dizer qual a melhor contribuição da pessoa, os pontos de melhoria e o que ela deve eliminar por completo.

Essa atividade fará com que os integrantes do time se abram uns com os outros e, assim, ganhem maior confiança para trabalharem juntos.

 

Qual o seu papel como líder?

 

Ao enfrentar o cenário de falta de confiança, cabe ao líder dar o exemplo e ser o primeiro a demonstrar vulnerabilidade, pois tendo o exemplo, os liderados irão se sentir mais encorajados a investir na proposta.

Segundo o autor Patrick Lencioni, a simulação de fraqueza pode acarretar o efeito completamente oposto, fragilizando o ideal de união da equipe.

Assim, ao criar uma relação de confiança, a equipe estará mais disposta a se engajar em conflitos que trarão resultados positivos, conforme veremos no tópico a seguir.

 

Overview: Medo de Conflitos

 

O livro “Os 5 Desafios das Equipes” explica que a falta de confiança no time inibe o envolvimento em conflitos. Por mais que soe negativo, a princípio, conflitar no ambiente de trabalho é fundamental, pois é a partir disso que as ideias surgem e são aprimoradas, chegando à melhor solução possível.

O sentido de conflito, aqui, está intimamente ligado à discussão positiva, construtiva.

Opiniões diferentes ampliam o vislumbre das ideias e levam a uma maior probabilidade de resolução de problemas.

A falta de confiança consolida uma barreira de comunicação, o que acaba por frear a equipe em seu processo de desenvolvimento e impedir que possam ser colhidos os melhores frutos.

 

Como Identificar?

 

Entendendo esse desafio, percebemos que equipes dispostas a discutir saudavelmente, se envolvem nos eventuais conflitos e solucionam problemas rapidamente, têm reuniões produtivas e avaliam as ideias de todos.

São características de grupos com falhas de comunicação e inibição para discordâncias em discussões:

 

  • Repetem reuniões chatas, improdutivas;

  • Deixam de considerar as ideias de todos os integrantes;

  • Perdem tempo na reunião quando passam mais tempo tentando evitar conflitos do que discutindo.

 

Como melhorar?

 

  • Mineradores;

  • Permissão em tempo real.

 

Visando diminuir esse imbróglio, enquanto os mineradores serão responsáveis por “cavar” os problemas, fazendo com que eles venham à tona e possam ser discutidos de forma saudável, a permissão em tempo real visa deixar os membros da equipe mais confortáveis.

O autor Patrick Lencioni enfatiza que esse conflito é permitido, pois é bom para a equipe e deve ser estimulado.

 

Qual o seu papel como líder?

 

O papel do líder nessa situação é fundamental para o sucesso da discussão. Quando a equipe se envolve em algum tipo de conflito, o líder deve moderar a discussão de forma que ela se encerre naturalmente.

De acordo com o autor Patrick Lencioni em seu livro “Os 5 Desafios das Equipes”, um líder não deve tentar evitar ou encerrar o conflito, para que a discussão possa ocorrer e gerar frutos para a equipe.

Dito isso, ao gerar conflitos, os membros do grupo passam a levar em consideração opiniões distintas de diferentes pessoas e isso faz com que elas se comprometam com as novas ideias, sabendo que tudo foi levado em consideração.

 

Overview: Falta de Comprometimento

 

Lencioni traz uma frase que define muito bem a ligação entre a disfunção anterior e esta:

 

Quando os membros de uma equipe promovem conflitos produtivos e levam em consideração as perspectivas e opiniões de cada um, o grupo pode assumir um compromisso com a confiança e acatar uma decisão sabendo que se beneficiou das ideias de todos.

 

Então, como os conflitos não acontecem, há a dificuldade em estimular o comprometimento da equipe.

A obra “Os 5 Desafios das Equipes” explica que existem 2 principais motivos para a falta de comprometimento: a necessidade da certeza e o desejo do consenso.

No primeiro, as pessoas não se comprometem pelo fato de não terem certeza se as ideias seriam as mais corretas. No segundo, mostra o desejo das pessoas de encontrarem um consenso para se comprometerem.

São essas discordâncias que impedem que a equipe “entre de cabeça” na ideia, então, o grande desafio é garantir o comprometimento mesmo que a certeza não exista e o consenso não aconteça. Cabe ao grupo fazer o compromisso de alcançar os resultados.

 

Como Identificar?

 

Seguir em frente e mudar de direção sem hesitar, clareza em relação às prioridades e aos direcionamentos e alinhamento com objetivos são algumas características de equipes comprometidas, conforme o autor Patrick Lencioni.

As equipes que sofrem com o desafio da falta de comprometimento apresentam as seguintes características:

 

  • Demoram demais e perdem oportunidades;

  • decisões demoram a ser tomadas e ficam sendo revisadas;

  • Os membros não estão alinhados quanto aos objetivos e prioridades.

 

Como melhorar?

 

  • Mensagem em massa;

  • Prazos;

  • Contingência e análise do pior cenário possível;

  • Terapia da exposição ao baixo risco.

 

Dentre essas práticas sugeridas pelo autor no livro “Os 5 Desafios das Equipes”, podemos destacar a mensagem em massa, onde ao final de toda reunião a equipe deve rever todas as decisões tomadas e objetivos traçados.

Nesse momento, os integrantes percebem que podem não ter entendido tudo da mesma forma. Essa ferramenta permite um alinhamento entre a equipe e estabelece o comprometimento com o que foi discutido e definido naquela reunião.

 

Qual o seu papel como líder?

 

Em um cenário em que os colaboradores não se comprometem com os objetivos da equipe, seja por motivos de certeza ou consenso, cabe ao líder estimular e guiar todos rumo a uma definição e, assim, estimular todos da equipe a aderir a esse novo desafio.

O autor Patrick Lencioni enfatiza que em um grupo em que os membros confiam uns nos outros e realizem discussões produtivas, provocar o comprometimento será muito mais fácil.

 

Overview: Evitar Responsabilizar os Outros

 

Partindo agora para o quarto andar da pirâmide exposta no livro “Os 5 Desafios das Equipes”, analisamos que em equipes disfuncionais os integrantes tendem a não assumirem responsabilidades.

E isso é uma consequência direta da falta de comprometimento, pois como as pessoas não se engajam com os objetivos traçados, também não cobram as respectivas responsabilidades.

A falta de confiança só agrava esse problema, pois os integrantes da equipe não se sentem confortáveis em cobrar as responsabilidades e, ao não fazer isso, as tarefas ficam sem um encarregado por elas, gerando complicações para a atuação do grupo.  

 

Como Identificar?

 

Segundo o autor Patrick Lencioni em sua obra “Os 5 Desafios das Equipes”, uma equipe eficaz deve cobrar responsabilidade de todos. Assim, todos os membros com desempenho abaixo do esperado tentam melhorar, questionam o que está sendo feito e criam uma relação de respeito entre os membros, pois todos buscam a alta performance.

Em compensação, uma equipe que não foca nas responsabilidades, apresenta as seguintes características:

 

  • Perde prazos importantes;

  • A responsabilidade é jogada completamente para o líder;

  • Afeta o clima da equipe pelo fato de os integrantes terem padrões de desempenho distintos.

 

Como melhorar?

 

  • Publicação de objetivos e padrões;

  • Revisão de progresso simples e regulares;

  • Recompensas à equipe.

 

Dentre esses, a publicação de objetivos e padrões é uma boa solução, pois, a partir disso, o líder deve definir junto com a equipe, deixando bem claro, o que eles devem alcançar, quais as atribuições de cada um e como todos devem se comportar.

Firmando esse acordo com todos, fica mais fácil e natural que possa haver a cobrança das responsabilidades de cada membro.

 

Qual o seu papel como líder?

 

Lencioni explica em seu livro “Os 5 Desafios das Equipes” que muitas vezes, o próprio líder cria o problema de falta de responsabilização. Assim, você, como líder da sua equipe, precisa estimular seus colaboradores a se responsabilizarem.

É preciso deixar claro, também, que o líder não é o único que atribui responsabilidades, mas que isso é um trabalho conjunto de toda a equipe, onde todos são responsabilizados e todos são cobrados por isso.

 

Overview: Falta de Atenção aos Resultados

 

Chegamos agora à quinta e última disfunção que é a falta de atenção aos resultados. De certa forma, esse desafio é o resultado final de todos os outros, pois todos eles levam a este distúrbio.

O grande problema desse nível é que as pessoas tendem a focar em objetivos que não os principais do grupo. Nesse ponto, elas passam a dar prioridade para os objetivos pessoais em detrimento dos resultados coletivos.

Com essa falta de foco, a equipe é prejudicada e, consequentemente, seus resultados também são.

 

Como Identificar?

 

O autor Patrick Lencioni informa em “Os 5 Desafios das Equipes” que uma equipe comprometida e focada nos resultados costuma pensar em conjunto, com menos distrações, comemora o sucesso e lamenta o fracasso. 

Já a equipe que sofre com a falta de atenção aos resultados, sofre com os seguintes problemas:

 

 

Como melhorar?

 

  • Declaração pública de resultados, ou seja, ter uma gestão à vista;

  • Recompensas com base em resultados.

 

Patrick Lencioni sugere esses dois exercícios para aumentar o engajamento da equipe com os resultados. A declaração pública de resultados consiste em se comprometer com uma meta publicamente, fazendo com que a equipe corra atrás do objetivo.

Já a recompensa com base em resultados, como o próprio nome diz, é premiar os colaboradores pelo bom desempenho. Isso irá estimular todos a darem o seu melhor para alcançarem os objetivos propostos e serem reconhecidos por isso.

 

Qual o seu papel como líder?

 

Segundo o livro “Os 5 Desafios das Equipes”, o líder é o guia da equipe. Assim, é sua responsabilidade guiar o grupo e estabelecer uma gestão para resultados.

Para isso, ele deve ser objetivo e saber reconhecer e recompensar apenas quem fizer contribuições reais para a equipe.

Além disso, cabe ao líder também estar focado nos objetivos, pois se ele não estiver, os subordinados se sentirão no direito de fazer o mesmo. Ou seja, mais uma vez, o autor Patrick Lencioni frisa a importância de que o líder sirva de exemplo para a equipe.

 

O que outros autores dizem a respeito?

 

Para John C. Maxwell, autor de “O Livro de Ouro da Liderança” ,os melhores líderes são aqueles que sabem ouvir. Ouvintes sabem o que está acontecendo porque são atentos. Eles aprendem melhor que os outros porque absorvem de vários lugares. 

Além disso, bons ouvintes têm a capacidade de enxergar melhor os pontos fortes e fracos das outras pessoas.

Já em “Developing the Leader Within You”, John Maxwell aborda a importância do líder demonstrar que se importa com a sua equipe e desenvolver líderes entre ela. 

Ele também trabalha com a ideia de que 80% de seus esforços devem ser canalizados em 20% das suas prioridades mais importantes para o alcance de seus objetivos.

Em “O Cérebro do Futuro”, Daniel H. Pink mostra que a empatia também está relacionada ao universo da persuasão e possibilita a criação de estratégias e ações diretas que promovem a boa convivência com os membros da equipe.

 

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

 

Como gestor ou membro de uma equipe, seu papel é colocar em prática as lições aprendidas nesse resumo. Entre elas, destacam-se: 

 

  • Estabeleça uma relação de confiança entre todos da equipe;

  • Entre em conflito, pois conflitos são bons para o desenvolvimento das ideias;

  • Estimule o comprometimento de todos com as tarefas do grupo;

  • Defina responsabilidades;

  • Tenha foco nos resultados, pois eles trarão os melhores frutos.

 

Gostou desse resumo do livro “Os 5 Desafios das Equipes”?

 

Compartilhe conosco a sua opinião através dos comentários abaixo!  Agora que entendemos todo o pensamento de Patrick Lencioni, você estará pronto para resolver os problemas da sua equipe e transformá-la em um time pronto para alcançar ótimos resultados. 

Para isso, basta botar os conceitos em prática! Agora é com você!

Lembre-se de deixar seu feedback para que possamos entender como oferecer sempre os melhores conteúdos para você!

E, se quiser adquirir o livro completo, basta clicar na imagem abaixo:

 

Livro "Os 5 Desafios das Equipes"                    Livro "The Five Dysfunctions of a Team"

 

Nota:
O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.
Favoritar
Salvar
Lido
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!