O Jogo Infinito - Simon Sinek

O Jogo Infinito - Simon Sinek

Descubra como o modo de pensamento infinito pode modificar a maneira com que você lidera, administra, negocia, se destaca e vive.

Como é possível ganhar um jogo que não tem fim? E qual a diferença entre vitória e realização? Segundo Simon Sinek, existem dois tipos de jogos: os Jogos Finitos e os Jogos Infinitos.

Em Jogos Finitos sabemos quem são os jogadores, quais são as regras do jogo e qual o objetivo para alcançar a vitória. Em jogos infinitos, não conhecemos todos os jogadores, não há regras estabelecidas, nem um objetivo final.

Basquete é um jogo finito. Negócios é um jogo infinito.

Em seu livro “O Jogo Infinito”, Simon apresenta a importância de se ter um pensamento infinito, e apresenta como essa ideia levou o homem à lua, ascendeu sociedades, gerou grandes avanços na ciência e medicina e fez com que pequenas empresas se tornassem superpotências.

A maneira com que vemos e traçamos nossos objetivos - na vida e nos negócios - diz respeito com a forma que lideramos, resolvemos problemas, aproveitamos oportunidades ou fracassamos.

Quer entender melhor? Então continue lendo e nos acompanhe nesse jogo infinito que é o conhecimento.

O livro “O Jogo Infinito”

Publicado em 2019, “O Jogo Infinito” (ou The Infinite Game na versão original), é desenvolvido com base no livro de James P. Carse “Jogos finitos e infinitos”, porém atribuído aos negócios e estruturas organizacionais.

Com 226 páginas em sua versão em português, e 11 capítulos, Simon Sinek aborda temas como a importância de saber qual a sua missão, sua responsabilidade nos negócios, a influência de equipes de confiança e como aprender com seus concorrentes.

Quem é Simon Sinek?

Nascido em 1973 em Londres, Inglaterra, Simon Sinek é atualmente considerado referência de grandes líderes e empreendedores por todo o mundo.

É conhecido, principalmente, por ser um palestrante de alto impacto para profissionais de alta performance e autor de best-sellers como “Comece Pelo Porquê”, “Encontre seu Porquê”, “Líderes se Servem por Último” e “Juntos Somos Melhores”.

Também é fundador da Start With Why, instituição com o objetivo de produzir recursos e ferramentas para inspirar pessoas.

Quem deve ler “O Jogo Infinito”?

O livro “O Jogo Infinito” é indicado para quem quer transformar sua perspectiva de vida através dos ensinamentos de Simon Sinek, sendo indicado para líderes, empreendedores, empresários e todos aqueles com o objetivo de melhoria contínua em todos os aspectos de sua vida.

Se você deseja alcançar a plena realização, tanto no âmbito profissional como no pessoal, essa obra é para você!

Principais ensinamentos do livro “O Jogo Infinito”

  • Aideia de contribuir para um propósito maior incentiva as pessoas mais do que qualquer bônus no final do ano;
  • Grandes líderes são aqueles que pensam além do antagonismo entre “curto prazo” e “longo prazo”;
  • O segredo do sucesso e crescimento é focar em ser melhor que já é, e não melhor que a concorrência;
  • O verdadeiro valor de uma empresa é medido pelo desejo que outros têm de contribuir para que ela continue a ter sucesso;
  • A ordem na qual um líder lista suas prioridades revela seu viés. E esse viés influenciará nas escolhas que ele faz;
  • Equipes de Confiança são essenciais para o funcionamento regular e tranquilo de qualquer organização;
  • Líderes são responsáveis pelas pessoas, que são responsáveis pelos resultados.

Preparado para conhecer a ideologia seguida por grandes organizações como Walmart, Applee Disney? Então, vamos lá!

Faça o Download do Resumo do Livro "O Jogo Infinito" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] O Jogo Infinito - Simon Sinek, PDF

Qual a diferença entre Jogos Finitos e Jogos Infinitos?

Atualmente, quando você traça objetivos, o seu desejo é alcançar a vitória ou a realização?

Segundo Simon Sinek, quando as pessoas possuem o objetivo de vencer, elas experimentam a emoção da competição, a necessidade de alcançar a linha de chegada, o anseio pelas multidões que as aguardam para as aclamarem. Mas, e depois?

Depois da vitória o jogo termina, e as pessoas voltam para casa desconhecendo o seu propósito.

Por outro lado, pessoas que anseiam pela realização possuem uma jornada longa, o caminho precisa ser cuidadoso, às vezes é possível parar para observar a paisagem, as multidões se juntam à elas no caminho e, mesmo no fim da sua vida, as mesmas multidões continuaram a seguir a jornada.

A realização é infinita, não se “ganha” na amizade, não se ganha nos relacionamentos, assim como não se ganha nos negócios.

Quais os benefícios da Mentalidade Infinita?

O conceito de jogo infinito é que, se não há um fim, não há motivos para parar e, se não há paradas, sempre há crescimento.

Uma das grandes frases de Simon Sinek é: “O verdadeiro valor de uma empresa é medido pelo desejo que outros têm de contribuir para que ela continue a ter sucesso”, isso não vale somente a curto prazo, mas muito além do tempo atual.

Líderes com mentalidade infinita sempre traçam seus objetivos com o intuito de que seus funcionários, clientes e acionistas continuem engajados a contribuir com seu conhecimento, trabalho e esforço.

A ideologia do jogo infinito é a constância e a busca por melhorias. Simon Sinek deixa claro em “O Jogo Infinito” que a maior prioridade é a auto superação, e não o anseio por ser melhor que os concorrentes.

Simon também cita a forma com que líderes de pensamento finito perdem tempo e recursos tentando superar os seus rivais. E, enquanto isso, os rivais com líderes de pensamento oposto buscam melhorias internas e, assim, se destacam no seu setor.

Empresas como a Amazon e Facebook, por exemplo, ganharam bilhões por possuírem líderes com pensamento infinito.

O que teria acontecido se Jeff Bezos se contentasse em vender apenas livros pela internet? Ou Mark Zuckerberg aceitasse apenas criar uma rede estudantil de conexões?

O que é uma Causa Justa?

Em “O Jogo Infinito”, o autor classifica uma Causa Justa como “uma visão específica do futuro; uma visão tão atraente que as pessoas se disponham a fazer sacrifícios para ajudar a alcançá-la”.

A diferença entre ganhar e possuir uma causa justa é que o sentimento de vitória é insustentável, enquanto uma Causa Justa perdura por anos, e até gerações.

Simon também deixa claro que Causa Justa é diferente de um Porquê e, enquanto o Porquê vem do passado, a causa está relacionada com o futuro e para onde estamos indo.

Boas causas são capazes de nos manterem focados diante de recompensas finitas como bônus ou ganhos individuais.

Causa Verdadeira ou Falsa?

O autor quer que saibamos como diferenciar Causas Verdadeiras de Causas Falsas.

Causas verdadeiras são atemporais, duráveis e resilientes, crescimento e desenvolvimento serão consequência.

Simon deixa claro que corporações com as causas corretas não visam apenas lucro, e cita Henry Ford quando afirma que “Um negócio que nada faz além de ganhar dinheiro é um péssimo negócio”.

A Responsabilidade nos Negócios

De maneira simples, “O Jogo Infinito” considera que a responsabilidade nos negócios e dos líderes, é utilizar seus anseios e recursos para levar adiante uma causa que seja maior do que o próprio líder.

Basicamente, quando uma empresa encontra seu motivo para existir e prosperar, levando adiante esse propósito, protegendo as pessoas que ali trabalham e gerando lucro, ela encontrou a sua verdadeira causa.

Vontade e Recursos

Vontade e Recursossempre serão necessários em todos os jogos, sendo eles finitos ou infinitos.

Ao falar de recursos, Simon Sinek os caracteriza como coisas tangíveis e mensuráveis. Na maioria dos casos, principalmente no ramo dos negócios, “recurso” é sinônimo de dinheiro.

Em se tratando de vontade, o autor a classifica como algo intangível e difícil de ser mensurado. Nesse caso, a vontade possui relação com os sentimentos das pessoas que colaboram para uma organização, por exemplo.

Vontade e Recursos são essenciais, líderes concordam com isso, possuindo eles pensamento infinito ou não. A diferença está em como líderes diferentes priorizam as duas necessidades.

Bons líderes sabem organizar suas prioridades e trabalham para liderar pessoas com grandes vontades. Pessoas com grandes vontades trabalham mais e melhor para obterem mais recursos.

Segundo o autor, empresas que fazem com que as pessoas se sintam valorizadas possuem pessoas unidas de uma maneira que não é possível obter através do dinheiro.

Equipes de Confiança

Através do livro “O Jogo Infinito”, de Simon Sinek, entendemos que uma das principais necessidades de grandes corporações é a confiança entre os membros de uma equipe, principalmente para gerar um funcionamento tranquilo e regular.

Quando há confiança, não há necessidade de esconder dificuldades da empresa ou dos outros funcionários, há colaboração entre colegas, as pessoas se sentem à vontade para apontar problemas e, como consequência, a organização continua jogando o jogo infinito.

De forma sucinta, esta parte do livro trata de como em equipes de alto desempenho, a confiança entre colaboradores é mais importante que o próprio desempenho.

Declínio Ético

Neste capítulo, conhecemos o conceito de Declínio Ético, que, nada mais é do que uma condição em uma cultura que possibilite às pessoas agirem de maneira antiética para que seus interesses sejam favorecidos, na maioria das vezes, às custas de interesses de outras pessoas.

Enquanto isso, pessoas com Declínio Ético acreditam de forma errônea que não feriram seus princípios morais.

Em termos de empreendimentos, Declínio Ético pode ser exemplificado como aumentar injustamente os preços de produtos ou serviços, reduzir salários de funcionários de setores menores ou produzir atividades de baixa qualidade intencionalmente.

E o que isso tem a ver com o Jogo Infinito?

Bem, quem joga o Jogo Infinito conhece e apoia sua causa e, sabendo que Declínios Éticos possuem consequências negativas, apoiadores da causa não farão nada que a prejudique.

Flexibilidade Existencial

Simon Sinek traz para seu livro o conceito de Flexibilidade Existencial, que pode ser traduzida como a capacidade de promover uma grande ruptura em um modelo de negócio ou de um percurso estratégico para fazer com que a Causa Justa avance com mais eficácia.

De maneira enxuta, o autor fala sobre a necessidade de organizações aceitarem as mudanças e evoluções que acontecem e, com isso, criarem oportunidades para se desenvolverem de formas diferentes.

O que são Rivais Dignos?

Como os Jogos Infinitos não possuem ganhadores, é possível crescer e se desenvolver sem que, necessariamente, nossos rivais estejam perdendo.

Para Simon Sinek, um Rival Digno é outro jogador do jogo infinito com o qual vale a pena nos compararmos.

A maior característica de rivais dignos é que, pelo menos, de alguma maneira, eles são capazes de fazer algo melhor do que nós, seja um produto ou desenvolver uma melhor liderança, por exemplo. Assim como, com certeza, seremos melhor que eles em outros aspectos.

A questão é, quando reconhecemos forças ou aptidões de nossos rivais, entendemos o que precisamos melhorar e conseguimos aprender alguma coisa com eles.

Focar em destruir seus rivais ao invés de obter aprimoramento a partir deles já afundou grandes corporações. Sem um Rival Digno, é possível perder nossa humildade e agilidade.

Como ter a coragem para liderar?

Para Simon Sinek, existem três principais fatores que são necessários considerar ao decidir como queremos liderar:


1. Não é possível decidir se certo jogo é finito ou infinito;

2. É possível escolher se queremos entrar no jogo ou não;

3. Se optarmos por entrar no jogo, poderemos escolher se queremos jogar com mentalidade finita ou infinita.

Sendo assim, todo líder com mentalidade infinita precisa, essencialmente:

  • Promover uma Causa Justa;
  • Possuir Equipes de Confiança;
  • Estudar Rivais Dignos;
  • Preparar-se para a Flexibilidade Existencial;
  • Demonstrar coragem para liderar.

Por fim, Simon afirma que para se jogar o Jogo Infinito é preciso coragem.

No que diz respeito à liderar com uma mentalidade infinita, afirma que a disposição para mudar completamente a percepção de como o mundo funciona é a maior base para corporações, empreendimentos e sistemas de alto desempenho.

Outros livros sobre desenvolvimento profissional

James C. Hunter, autor do livro “De Volta ao Mosteiro”, defende a ideia de que equipes de confiança, lideradas por líderes humildes e que conhecem bem a sua cultura, são as que mais se desenvolvem e se destacam.

Já no livro “Safári de Estratégia”, os autores Henry Mintzberg, Bruce Ahlstrand, Joseph Lampel destacam a importância de um planejamento estratégico e que, mesmo assim, é sempre possível e necessária a busca por melhorias.

Por último, no livro “Ataque” de Ram Charan, iremos entender melhor sobre a necessidade de estarmos sempre antecipando os movimentos da concorrência. O autor também destaca a importância de enxergar oportunidades no, até então, desconhecido.

Como posso jogar o Jogo Infinito na minha vida?

  • Defina sua causa justa e faça com que todos os seus colaboradores a conheçam e sigam; 
  • Mantenha uma mentalidade infinita para todos os projetos na sua vida;
  • Torne sua empresa um ambiente de confiança, onde é possível falar sobre dificuldades e erros;
  • Reconheça seus rivais e aprenda com eles;
  • Procure desenvolvimento e inovação por desejo, não por necessidade.

Avalie esse resumo do livro “O Jogo Infinito”

Se você gostou desse resumo, que tal deixar um feedback? É muito importante para nós! Nos conte qual foi o ensinamento que você achou mais interessante e como você vai aplicá-lo ainda hoje!

Quer conhecer mais sobre o Jogo Infinito e a ideologia de Simon Sinek? Você pode encontrar a versão completa da obra clicando na imagem abaixo:

Livro "O Jogo Infinito" de Simon Sinek

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!