A Mente Organizada - Daniel J. Levitin

A Mente Organizada - Daniel J. Levitin

Você não consegue conciliar as tarefas do dia a dia? Sua mente está sem foco e perde o raciocínio com facilidade? Aprenda com esse resumo a controlar o seu cérebro e começar a mudança para uma vida mais organizada.

No decorrer do seu dia a dia, muitas vezes você percebe que poderia ter um rendimento melhor se conseguisse manter um foco mental.

Você percebe que sua vida está cada vez mais desorganizada e seu raciocínio está lento? Saiba que isso é reflexo de uma mente em crise.

Para sua felicidade, aqui neste resumo do livro "A Mente Organizada", você encontrará dicas para conseguir manter uma mente organizada e melhorar sua produtividade.

Continue conosco e aprenda a como organizar a mente.

Sobre o livro "A Mente Organizada"

O livro "A Mente Organizada", do original em inglês "The Organized Mind: Thinking Straight in the Age of Information Overload" é um guia para se conseguir ter um domínio maior da nossa capacidade cognitiva. Por meio de estudos sobre o cérebro e métodos aplicáveis no dia a dia, o autor dá vários conselhos que servirão para conseguirmos ter um maior domínio da nossa mente.

Sobre o autor Daniel J. Levitin

Daniel J. Levitin é Ph. D. neurocientista, escritor, músico e produtor musical. Ele foi professor visitante na Universidade da Califórnia, em Berkeley, na Universidade de Stanford, no Dartmouth College e na Oregon Health Sciences University.

Daniel Levitin também é o autor de outros best-sellers que figuraram em 1º lugar na lista do New York Times, como "A música no seu cérebro: A ciência de uma obsessão humana", "O Mundo Musical em Seis Canções" e "O guia contra mentiras: Como pensar criticamente na era da pós-verdade".

Antes de se tornar um neurocientista, trabalhou como músico de sessão, engenheiro de som e produtor de discos, trabalhando com artistas como Stevie Wonder e Blue Oyster Cult, tendo publicado em revistas de música, como Grammy e Billboard.

Esse livro é indicado para quem?

O livro "A Mente Organizada" é indicado para toda pessoa que anseie melhorar seu nível de organização e produtividade diária, aumentando a capacidade cognitiva na execução de tarefas. Se você cansou de ter uma vida desorganizada, esse é o livro perfeito para aprender a como organizar a mente.

Ideias principais do livro "A Mente Organizada"

Para te adiantar do que vem pela frente, separamos aqui algumas das propostas centrais de "A Mente Organizada", as quais ficarão mais claras ao longo do resumo:

  • Vivemos numa era de proliferação de informações que podem dificultar nossas habilidades organizacionais;
  • O cérebro humano é incrível no armazenamento de dados quando conseguimos focar nas informações corretas;
  • Devemos simplificar as informações que consumimos para sermos mais eficazes;
  • Precisamos desenvolver sistemas diários que minimizem a pressão em nossas mentes atordoadas;
  • A atenção é o maior componente organizacional da mente;
  • Por meio de uma disciplina diária conseguimos organizar nossas mentes.

Venha conosco e descubra a chave de como organizar a mente.

Faça o Download do Resumo do Livro "A Mente Organizada" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] A Mente Organizada - Daniel J. Levitin, PDF

Overview: Introdução

Nessa parte introdutória, o autor Daniel Levitin explicita sua ideia geral sobre como o nosso cérebro trabalha e como podemos melhorar nossa produtividade. Isso ocorre a partir do momento em que encontramos o sistema produtivo que é melhor para nós. Para isso, você precisará exercitar sua mente diariamente.

Não existe uma fórmula mágica que vá funcionar igualmente para todos, tendo em vista que somos seres singulares. O autor chega a organizar as diferenças humanas em cinco categorias:

  • Extroversão;
  • Amabilidade;
  • Neuroticismo;
  • Abertura a novas experiências;
  • Conscienciosidade.

O cérebro não é organizado da maneira que você talvez arrumaria seu escritório em casa ou o armário de remédios do banheiro. Você não pode simplesmente botar as coisas onde quer.

A maneira como a arquitetura do cérebro acabou evoluindo é aleatória e desconjuntada, incorporando múltiplos sistemas, cada qual tendo sua própria mente (por assim dizer).

Mas alguns princípios, aplicados conforme sua singularidade, poderão te ajudar como organizar a mente e manter uma ordem cognitiva que aumentará a sua produtividade.

Overview: Informação em excesso, decisões em excesso

Na primeira parte, o autor faz um apanhado sobre como a sobrecarga cognitiva pode afetar a nossa mente. Devemos aprender a lidar com esse extenso fluxo de informações presentes em nossa sociedade.

O excesso de informações prejudica o nosso processamento cognitivo. Ao mesmo tempo que temos de lidar com tantas informações, precisamos tomar decisões cada vez mais rápidas.

Segundo Daniel Levitin, o nosso cérebro se concentra mais em relatos vívidos e sociais do que em estatísticas frias e chatas e cometemos muitos erros de raciocínio devido a vieses cognitivos. Ele explica como se formam as categorias do cérebro:

Categoria I: Aspecto geral

São mais são flexíveis e expansivas, passíveis de muitos níveis de resolução ou granulação. Seguimos um nível geral de igualar os itens.

Ex.: Agrupar todos os lápis em um estojo sem separar por cores e formatos.

Categoria II: Equivalência funcional

Quando não conseguimos categorizar os objetos por falta de objetos de aspecto semelhante.

Ex.: Se você já usou a parte de trás de um grampeador ou um sapato para bater um prego, então usou o equivalente funcional de um martelo na ausência dele. Usamos equivalentes funcionais diversas vezes durante o nosso dia a dia.

Categoria III: Situações particulares

São categorias conceituais, feitas no improviso.

Ex.: Quando guardamos fotos de infância, dinheiro, chaves, entre outros nas carteiras mesmo que não tenham semelhança física ou funcional.

Essas três categorias representam como organizamos nossas casas e locais de trabalho, como arrumamos coisas para serem achadas mais facilmente, assim como organizamos as informações em nossa mente.

Overview: Transferindo parte de sua mente para fora do corpo

O cérebro organiza a informação à sua própria maneira e, por isso, pode não ser tão útil algumas vezes, quando gera uma sobrecarga de informações. Por isso, o autor dá algumas dicas para conseguirmos manter a mente organizada:

  • Nem todas as informações são importantes: seja mais perspicaz e permita que apenas informações importantes sejam guardadas em sua mente. Não guarde o que não tem necessidade.
  • Desenvolva um sistema de organização mental que funcione para você e que sirva para descarregar as informações. Por exemplo, anote as coisas para que não precise gastar energia mental com a preocupação de lembrá-las, crie lista de tarefas, classificando-as com facilidade para que a anotação também não cause confusão mental.
  • Defina suas tarefas em campos, como "coisas para se fazer hoje", "coisas para se fazer esta semana", "coisas que podem esperar" e "gaveta da bagunça".
  • Desafogue o máximo de informações que conseguir.

Overview: Métodos para aprendermos como organizar a mente, nossa casa e nossa vida

Quando comparamos nossas vidas a de nossos ancestrais, percebemos que precisamos lidar com bem mais informações do que eles. Temos de lidar com situações de extremo estresse, que chegam a afetar nossa saúde física e mental.

Quando perdemos o controle organizacional, nosso nível de cortisol (hormônio do estresse) chega ao pico, principalmente em mulheres. Altos níveis de cortisol podem levar à diminuição crônica da capacidade cognitiva, à fadiga e à supressão do sistema imunológico do corpo.

Overview: Como devemos organizar nossas casas e ambientes de trabalho?

Podemos organizar os ambientes de nossa casa e nosso trabalho de tal modo que eles se tornem extensões de nossos cérebros. Para fazermos isso, precisamos aceitar a capacidade limitada de nosso executivo central.

O relato padrão durante muitos anos foi de que a memória e a atenção chegavam a seu limite ao lidar com cinco a nove itens sem relação um com o outro. Experiências mais recentes demonstraram que, em termos mais realísticos, esse número provavelmente está mais próximo de quatro.

O autor dá algumas dicas para conseguirmos alcançar uma organização saudável, sem extrapolarmos nosso limite cognitivo.

Veja abaixo alguns exemplos dados pelo autor:

  • Não verifique seu e-mail ou mídias sociais compulsivamente. Verifique-os umas vezes ao dia;
  • Tenha uma gaveta de "sucata" onde possa colocar itens de categoria geral, mas organize-os sempre que puder. E tenha pastas de arquivos ou assuntos específicos, organizadas em ordem alfabética ou por assunto;
  • Evite a multitarefa: Ela aumenta a produção do hormônio do estresse, o cortisol, e da adrenalina. Esses produtos químicos podem estimular em excesso o cérebro e causar pensamentos embaralhados. A multitarefa coloca o cérebro em um ciclo de feedback que o recompensa por perder o foco e prejudica sua mente;
  • Desligue distrações externas (Tv, celulares, e-mails etc.) quando estiver concentrado em fazer alguma tarefa
  • Esconda uma cópia da chave de casa no jardim ou na casa de um vizinho, assim como deve ter uma cópia da chave do carro na escrivaninha;
  • Carregue um pen-drive com todo o seu histórico médico.

Overview: Organizando nossas relações sociais

A organização de nosso mundo social depende, como tudo o mais, de identificar o que queremos dele. De acordo com o autor, uma parte de nossa herança primata faz com que a maioria de nós queira se sentir pertencente a um grupo, se encaixar em algum canto.

Embora existam diferenças individuais, ficar muito tempo sozinho provoca mudanças neuroquímicas que podem resultar em alucinações, depressão, pensamentos suicidas, comportamento violento e até mesmo psicose.

Essa tendência de não se deixar envolver é impulsionada por três poderosos princípios psicológicos inter-relacionados:

  • Adequação: Um forte desejo de se adequar ao comportamento alheio na esperança de que isso nos ajude a conquistar a aceitação do nosso próprio grupo social;
  • Comparação social: tendemos a examinar nosso comportamento em termos dos outros;
  • Difusão da responsabilidade: baseia-se no sentido natural e inato de justiça e de querer castigar ao próximo.

Entender a complexidade das nossas relações e sabermos administrar para que elas não prejudiquem nosso estado mental é crucial.

O seu mundo social é o seu mundo social e só quem pode dizer como ele deve ser organizado é você. Estamos todos crescentemente interconectados, e nossa felicidade e nosso bem-estar são cada vez mais interdependentes.

Mantenha suas relações organizadas. Evite que elas se tornem empecilhos para sua saúde mental, mas não evite tê-las. Somos seres sociais e precisamos estar em convívio em sociedade.

Overview: Organize o seu tempo

Você costuma dormir tarde e acordar mais cedo? Tira cochilos quando pode? Para Levitin, uma tática diária de administração do tempo que todos usamos e mal notamos gira em torno desse grande bloco temporal de tempo perdido, capaz de nos fazer sentir improdutivos: o sono.

Uma enorme carga de processamento cognitivo acontece durante o nosso sono e, por isso, desempenha um papel vital na formação e na proteção das memórias.

No processo do sono é que se conservam as memórias em sua forma original, como também extraímos características e significados das experiências. Isso permite que experiências novas sejam integradas a representações mais generalizadas e hierarquizadas do mundo externo que guardamos dentro da cabeça.

Os três tipos de processamento de informação que ocorrem durante o sono:

Unificação

É a combinação de elementos discretos ou pedaços de uma experiência num conceito unificado. Por exemplo, os músicos e atores que estão aprendendo uma nova música ou cena talvez ensaiem uma frase de cada vez; a unificação durante o sono solda todos esses elementos num todo;

Assimilação

É quando o cérebro integra a nova informação à estrutura em rede existente sobre as outras coisas que você já sabia. Ao aprender novas palavras, por exemplo, seu cérebro trabalha inconscientemente construindo frases com elas, examinando-as e experimentando como elas se encaixam no seu conhecimento preexistente. Qualquer célula cerebral que utilizou muita energia durante o dia dá mostras de um aumento de ATP (o trifosfato de adenosina) durante o sono, e isto tem sido associado à assimilação;

Abstração

É aqui que as regras ocultas são descobertas e em seguida inseridas na memória. Se você aprendeu português quando criança, aprendeu certas regras sobre a formação de palavras, tais como "acrescente um s ao final da palavra para formar o plural", ou "acrescente eu no final da palavra para formar o passado".

Você já deve ter pensado uma vez ou outra que, se pudesse dormir menos, poderia fazer muito mais coisas. Ou que seria ótimo se pudesse pegar tempo emprestado, dormindo uma hora a menos esta noite para dormir uma hora a mais no dia seguinte. Embora sedutoras, essas ideias não encontram respaldo nas pesquisas.

O sono está entre os fatores mais críticos para ótimos desempenho, memória, produtividade, sistema imunológico e regulação de humor.

Até mesmo uma pequena redução do seu sono pode afetar seu desempenho cognitivo por vários dias posteriores.

Não desvalorize o seu sono. Durma bem, para um adulto a carga horária pode ser de 6 a 10 horas de sonos por dia. Não troque esse tempo, pois ele é precioso para sua mente. Organize seu dia para que você tenha os horários de produtividade e os horários de descanso.

Overview: Fuja da procrastinação

A procrastinação é, por definição, o adiamento de uma atividade, tarefa ou decisão que nos ajudariam a atingir nossos objetivos. É algo que afeta todos nós em diversos graus.

Raramente temos a sensação de estar em dia com tudo. Há tarefas a fazer pela casa, bilhetes de agradecimentos a escrever, sincronizar e fazer o backup dos computadores e smartphones.

Alguns de nós são apenas ligeiramente afetados pela procrastinação, enquanto para outras pessoas este é um problema grave. Na variedade de suas manifestações, toda procrastinação pode ser considerada uma falha de auto-organização, planejamento, controle dos impulsos, ou uma combinação dos três.

Foque em suas atividades e não deixe para depois o que você já pode fazer agora.

O que outros autores dizem a respeito?

Ryder Carroll autor do livro "O Método Bullet Journal" mostra que, segundo estudos, cerca de 70. 000 pensamentos passam pela nossa mente todos os dias. Isso seria o suficiente para escrevermos um livro todos os dias. É muita coisa!

No entanto, ao contrário de um livro, nossos pensamentos estão por toda parte, o que dificulta a nossa compreensão do que é mais importante. Assim, não conseguimos focar diretamente nessas coisas e acabamos desorganizados e sobrecarregados.

No livro "Mindset" da psicóloga Carol S. Dweck, é debatido como nossas crenças moldam nosso comportamento e nosso crescimento. Enquanto mindsets produzem visões de mundo definitivas, pessoas podem mudar ao aprender novas habilidades. Seres humanos podem ser ensinados a reagir de diferentes formas, como enfrentar desafios e pensar de outra maneira.

No livro "Sonho Grande", Cristiane Correa complementa a ideia do planejamento estratégico pessoal e ressalta a importância de manter um processo de melhoria contínua para alcançar seus objetivos.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

  • Dê a devida importância a sua saúde mental;
  • Filtre as informações que você recebe diariamente e guarde apenas o que é importante;
  • Anote informações e tarefas para que não precise gastar seu pensamento cognitivo para guardá-las;
  • Não desvalorize o seu sono. Ele é extremamente essencial para um bom desempenho cognitivo. Descanse mais;
  • Seja organizado em todas as áreas da sua vida, incluindo nos seus relacionamentos. Não se isole do mundo e mantenha relações saudáveis;
  • Evite multitarefas. Foque numa tarefa de cada vez e evite distrações;
  • Mantenha sua casa e ambiente de trabalho organizados;
  • Ensine seus filhos para que eles também sejam organizados. Eles são o futuro do mundo.

Gostou desse resumo do livro "A Mente Organizada"?

Fale para gente se essas dicas foram válidas e não deixe de aplicá-las! Seu feedback é muito importante para que a gente forneça sempre conteúdo de qualidade para você.

Clique na imagem para adquirir a obra completa:

Livro A Mente Organizada

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!