O Poder do Agora - Eckhart Tolle

O Poder do Agora - Eckhart Tolle

Descubra a importância do autoconhecimento e de que forma a recuperação da saúde emocional e da luz interior podem contribuir para maior plenitude de sua vida.

Você sabia que muitas vezes o fracasso pessoal é devido ao fato de perdermos as rédeas da nossa vida? Este é o ponto central da reflexão feita pelo autor Eckhart Tolle em seu livro, "O Poder do Agora".

Frequentemente, deixamos o tempo e as oportunidades passarem por estarmos presos ao passado, ou ansiosos demais para aproveitar o minuto presente.

Entenda, neste PocketBook, o que fazer para retomar a organização da sua vida, focar nos seus objetivos, encontrar a luz interior e seguir rumo ao sucesso.

O livro "O Poder do Agora"

Lançado em 1948, tem por autor Eckhart Tolle, apresenta 156 páginas e 10 interessantes capítulos nos quais farão você entender o segredo da plenitude e a importância do conhecimento do seu eu interior.

Além disso, é um dos principais livros sobre autoconhecimento disponíveis, uma vez que seus ensinamentos são muito aplicáveis também no mundo moderno.

Quem é Eckhart Tolle?

Eckhart Tolle é pseudônimo de Ulrich Leonard Tolle. Tolle é um escritor alemão formado pela Universidade de Londres e pesquisador da Universidade de Cambridge.

É especialista na arte de estudo do eu interior e focado na importância da transformação espiritual para uma maior qualidade de vida.

Além disso, Eckhar Tolle possui em sua biografia a escrita de 6 fantásticas obras, inspirando produções de outros autores como Dan Harris e Jordan Peterson, e foi extremamente reconhecido no programa da apresentadora norte-americana Oprah Winfrey.

Por que ler "O Poder do Agora"?

A obra, "O Poder do Agora", é indicada para as pessoas que buscam se libertar das energias negativas, focar no seu eu interior e entender o sentido de plenitude.

Também é recomendada para líderes e gestores inconformados com a inércia e que desejam uma motivação para a transformação interior, a libertação da escravidão da mente e uma mudança imediata em todas as áreas da vida.

O que posso aprender com o livro?

  • A mente usada de forma errada é uma fonte de destruição;
  • Ouvir o pensamento é uma das formas de conexão com si mesmo;
  • O ego vive de mãos dadas com o passado;
  • O corpo e a emoção estão demasiadamente interligados;
  • Entender a diferença entre pensamento e consciência é uma das chaves para alcançar a plenitude;
  • Preocupação com o tempo é nocivo à criatividade;
  • Aprenda a entender a realidade por trás das palavras;
  • Conectar-se com o seu corpo interior é um passo primordial para alcançar a profundidade da vida;
  • Não use o sofrimento para criar uma identidade;
  • Restabeleça a conexão com o seu ser e aprenda de uma vez a controlar sua vida.

Faça o Download do Resumo do Livro "O Poder do Agora" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] O Poder do Agora - Eckhart Tolle, PDF

Qual o maior obstáculo para conquistar a iluminação?

Nos dias agitados que vivemos, em que temos muitos afazeres, e lidamos constantemente com empresas, negócios, família, é comum estarmos sempre preocupados.

Para Eckhart Tolle, estar com a mente sempre cheia nos impede de encontrar o caminho para a serenidade.

Podemos conceituar a serenidade como um sentimento calmo, tranquilo, suave. Isso se dá principalmente quando você consegue resolver aquela situação difícil ou quase impossível com um pouco mais de equilíbrio.

Encontrar o equilíbrio tem a ver não apenas com estar em paz, mas se refere também a enxergar o seu eu interior e sentir liberdade para se conectar consigo mesmo.

Ou seja, é a convicção de que estar iluminado e interligado com a plenitude. Dessa forma temos mais facilidade para resolver problemas e, consequentemente, melhoramos nossa qualidade de vida.

Como dar um stop em nossa mente?

Para Tolle, a necessidade que temos de nos preocupar com os nossos pensamentos e buscar um novo rumo para nossa vida.

A nossa atividade mental está acelerada e isso tem sido prejudicial para a nossa saúde, pois afeta diretamente a visão do tempo presente.

Uma mente acelerada infla o ego, anula o momento "agora", projeta a pessoa ao futuro ou a prende ao passado, em constantes comparações com o que ela foi em anos anteriores.

Entenda que não é para você parar de pensar, mas sim filtrar o que vale a pena no seu pensamento.

A mente é poderosa pois não apenas inclui o pensamento, mas se encarrega de unir as emoções que, consequentemente, influenciam no funcionamento do nosso corpo.

Dor de cabeça, estresse, tensão nos membros superiores são exemplos de reflexos provenientes da resposta do pensamento ao nosso corpo.

Algumas vezes, o seu pensamento pode conflitar com suas emoções. Não se preocupe com isso. Apenas dê valor às suas emoções, pois os seus pensamentos tendem ao ego e não à mente consciente.

Sendo assim, fique atento aos seus conflitos, emoções e pensamentos!

Quais são os dois estados do sofrimento?

O sofrimento está interligado com o nível de liderança que a nossa mente exerce sobre nós. Seja ele de ordem emocional, física, consciente ou inconsciente, o sofrimento pode ter dois níveis: o que tem origem no presente e aquele que remete ao passado.

Segundo o autor, o sofrimento pode se manifestar por dois motivos: não aceitação do agora ou resistência como forma de julgamento em nosso pensamento.

E a mente, o que tem a ver com tudo isso?

O livro explica que a mente é extremamente temporal. O tempo e a mente andam de mãos dadas, de forma que ela está atrelada ao passado ou futuro por ver o tempo presente como algo ameaçador, perigoso e destrutivo para ela.

Essa é uma das artimanhas da mente: para se manter no controle e garantir a sua permanência, esconde o presente e, consequentemente, a vitalidade e a criatividade, já que são características que dependem do tempo presente para funcionar.

Mas o que fazer para tentar minimizar tudo isso?

  • Mantenha o foco principal no agora. O passado acabou e o futuro está longe do seu controle;
  • Aceite a sua vida, elimine as resistências e tudo aquilo que te impede de confiar e acreditar que você pode mais;
  • Desista de fazer comparações de sua vida atual com aquilo que já viveu. Esqueça o passado, viva uma nova página.

A prisão do medo

Tolle destaca que o medo não se refere ao que está acontecendo imediatamente, então não é algo concreto e verdadeiro.

O medo é uma projeção daquilo que estamos imaginando acontecer. Ou seja, o medo não é real, e sim um reflexo instintivo e liderado por nossa mente.

Esse sentimento se baseia na diferença de tempo entre o futuro e o agora. E essa diferença de período é chamado tempo de angústia.

Esse espaço de angústia pode se tornar um carma para você, caso não se desvincule das amarras da mente e do ego.

Há um ciclo que lidera pessoas regidas pelo medo, e acontece da seguinte forma:

  • Identificação com a mente;
  • Regência do ego;
  • Constante sentimento de ameaça;
  • Liberação do gatilho da emoção;
  • Sensação de perigo e medo.

O ego libera o medo por ser inseguro e vulnerável e traz também a constante sensação de perda, medo e pavor de errar.

Compreendeu o quanto é profundo?

Se você conseguir desvincular das amarras sufocantes da mente, vai conseguir vencer essas sensações ruins.

A não identificação com a mente traz consigo a autoconfiança, a iluminação interior e a consciência plena de que o poder sobre os outros é desnecessário quando você não consegue exercer o poder sobre si mesmo.

Você é uma pessoa infeliz?

Comece se perguntando sobre sua vida pessoal, amigos e vida profissional. Observe seus pensamentos, suas lembranças, recordações e quais são as respostas do seu corpo mediante essa análise.

Agora responda para si mesmo: Você é uma pessoa infeliz?

Se a resposta for sim, entenda que a energia negativa guardada é um dos motivos para o fracasso pessoal.

Compreenda também que ela é altamente propagável no lugar em que está inserida. A infelicidade atrai a negatividade de maneira tal, que ela passa a fazer parte dos seus dias e da sua vida.

O que eu posso fazer para me livrar da negatividade?

Descarte-a. Como se joga fora um papel, uma pedra, um lixo. Jogue fora todo resquício de negatividade em sua vida.

Você pode começar indo contra a resistência que teima aparecer. De acordo com Eckhart Tolle, o processo de aceitação do presente é o caminho mais favorável para a libertação de toda negatividade.

Quando sua mente identifica que houve a aceitação da sua parte, e a interiorização do conceito de que as coisas podem estar ou ficar bem, o pensamento negativo não é formado e também não abre portas para a influência do ego e da infelicidade.

E de que forma a inconsciência comum age nessas situações?

O autor explica que muitas vezes a insatisfação se manifesta de forma inconsciente.

Toda vez que uma pessoa reclama, imediatamente se transforma em vítima daquela situação, e isso pode se tornar algo rotineiro.

Nesses casos, você pode agir diferente de três maneiras:

  1. Aceitando;
  2. Buscando soluções;
  3. Ou mudando de rumo.

Não se atenha ao medo que, porventura, venha a aparecer para impedir as suas decisões.

Antes de tudo, admita o medo, repare-o, analise-o, procure entender as origens desse sentimento, esteja totalmente presente para entender essa situação. Só assim você poderá interromper a comunicação desse sentimento com a sua mente.

Durante a obra, "O Poder do Agora", Tolle explica a importância da rendição frente a um processo de medo.

Render-se diante de algo ou alguém não é um sinônimo de fraqueza, e sim um caminho para a libertação e a chave para alcançar a satisfação pessoal.

Os elos de luz

Inicialmente, é importante que você entenda que os relacionamentos, para serem iluminados, precisam de equilíbrio.

Para que haja o encontro do equilíbrio com a plenitude do elo, é preciso que ocorra a sensação de satisfação. Estar com alguém que nos faz sentir bem é o mesmo que encontrar a paz.

Mas porque essa relação pode mudar instantaneamente?

O que acontece é que depositamos uma esperança de perfeição que nos faz cegos e despreparados para qualquer erro que essa pessoa venha a cometer.

Estar ciente de que em qualquer relacionamento existe ambos os lados, é sábio. As polaridades negativas e positivas existem. O que não pode existir é a ausência de equilíbrio e o aumento da frequência dos ciclos negativos.

Outro fator importante e responsável para a deterioração dos relacionamentos é a dependência de um ou outro parceiro.

Quando um ou ambos apresentam essa relação de constante necessidade, é sinal de sensação de incompletude. E isso não é algo bom.

Consequentemente, o relacionamento passa de iluminado para tóxico e destrutivo em um curto espaço de tempo.

Tolle dá algumas dicas importantes nas quais podemos nos atentar:

  • Foque no agora. Identifique o sofrimento e solucione o problema;
  • Não adie a análise do seu eu interior;
  • Aceite o outro como ele é;
  • Esqueça o idealismo de perfeição nos relacionamentos. A personalidade faz parte, e é importante para a construção do ser;
  • O amor não é seletivo, então não seja também;
  • Escutar o que o outro tem a dizer não é apenas sinal de prudência, é sinal de respeito.

Mais livros sobre autoconhecimento

No livro "Mindset", da psicóloga Carol S. Dweck, é debatido como nossas crenças moldam nosso comportamento e nosso crescimento. Enquanto mindsets produzem visões de mundo definitivas, pessoas podem mudar ao aprender novas habilidades.

Seres humanos podem ser ensinados a reagir de diferentes formas, como enfrentar desafios e pensar de outra maneira.

No livro "Inteligência Emocional", Daniel Goleman diz que emoções fortes podem interferir na atenção e impedir qualquer pensamento claro. Em vez de tentar eliminar seus sentimentos, as pessoas devem buscar equilibrar razão e emoção.

Por fim, o livro "O Segredo", da autora Rhonda Byrne, nos ensina que o pensamento é um ímã: ele atrai o que ele emite. Você pode atrair o melhor do mundo para sua vida.

Para isso, seus sentimentos devem servir como injeção de ânimo ao seu bem-estar. Para Eckhart Tolle, amor é o maior dentre esses sentimentos.

Então, como posso ter uma vida mais plena?

  • Mude sua atenção do passado e do futuro, aprenda a viver o agora e encontre o sentido real de equilíbrio, plenitude e vida iluminada;
  • Segundo Eckhart Tolle, meditação é uma prática indispensável, que permite que você encontre o seu corpo interior e absorva todos os benefícios que uma vida com leveza pode te dar;
  • Destrua qualquer identificação com a mente e conquiste mais liberdade em sua vida pessoal e profissional;
  • Não diga. Aja. Seus bons exemplos são muito mais atrativos do que meras palavras repetitivas;
  • Seja bom gestor, mas primeiramente, seja líder de si mesmo. Governar os outros é fácil, difícil é controlar o poder da sua mente;
  • Pratique o sentimento de entrega. Ninguém é forte o tempo todo. Admita seus erros e suas necessidades e conquiste a habilidade de se ver de uma vez por todas livre do ego e da negatividade;
  • Tenha fé. Esteja interligado com a espiritualidade e deixe sua luz interior dissipar nos lugares aos quais você passar.

Gostou desse resumo do livro "O Poder do Agora"?

Esperamos que você tenha gostado do nosso resumo e consiga aplicar os conselhos do autor, Eckhart Tolle, na sua vida. Deixe sua opinião nos comentários, seu feedback é muito importante para nós!

Além disso, para se inteirar mais sobre o conteúdo, adquira o livro clicando na imagem abaixo:

Livro “O Poder do Agora”

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!