A Segunda Montanha - David Brooks

Veja nesse resumo como levar uma vida mais significativa, colocando o comprometimento no centro dos seus objetivos.

Favoritar
Salvar
Lido
Escolha sua linguagem:

Você não vê um significado claro em sua vida? O livro “A Segunda Montanha: A Busca por uma Vida Moral” mostra que você pode buscar este significado aprendendo a se tornar uma pessoa que irradia alegria, levando uma vida mais leve e com valor moral.

David Brooks traz a reflexão de que o comprometimento com a família, com uma comunidade, com uma causa ou uma fé, traz profundos significados para a vida.

Este resumo vai te ajudar a compreender que, mesmo não estando imune ao estresse e ao cansaço diário, a alegria permanente se torna fácil de ser alcançada quando se deixa de lado a obsessão por si mesmo, passando a se doar mais.

Preparado para chegar ao topo desta montanha e alcançar o ponto mais alto de uma vida moralmente significativa? Então continue a leitura!

 

Sobre o livro “A Segunda Montanha”

 

“A Segunda Montanha”, do original “The Second Mountain: The Quest For a Moral Life” (título original em inglês), de David Brooks, foi traduzido pela editora Alta Books em 2019e eleito best-seller pelo New York Times.

Com observações sociais provocativas, David Brooks aborda temas modernos como a celebração da liberdade e o incentivo a ser leal a si próprio, apontando que muitos levam o individualismo ao extremo.

Em suas 330 páginas, seccionadas em cinco partes, “A Segunda Montanha” ensina que, para solucionar as distorções da estrutura social, o caminho a ser seguido é o comprometimento mais profundo, resultando em uma vida mais alegre e leve.

 

Sobre o autor David Brooks

 

David Brooks é um autor canadense, best-seller pelo New York Times, e um comentarista político e cultural americano. 

Formado em história pela University of Chicago, Brooks trabalhou para grandes jornais americanos. Entre eles estão The Washington Times, The Wall Street Journal, com aparições constantes nos programas PBS NewsHour Meet The Press.

Entre suas obras de destaque estão os best-sellers “A Estrada para o Caráter”, “O Animal Social: A História de como o Sucesso Acontece”; “Bubos no Paraíso: A Nova Classe Alta e como Chegou Lá”; e “On Paradise Drive: How We Live Now (and Always Have) in the Future Tense”.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

“A Segunda Montanha: A Busca por uma Vida Moral” é uma obra de motivação e inspiração, recomendada para quem quer encontrar maiores significados em suas vidas por meio de aprofundamentos em causas que engrandecem moralmente.

 

Ideias principais do livro “A Segunda Montanha”

 

  • Entender o que é um sistema moral e como esses sistemas foram se desenvolvendo na história;

  • Definir dois tipos principais de hábitos ruins de comparação entre indivíduos nos tempos atuais;

  • Entender que, na vida, os momentos de tristeza vão acontecer e nós podemos extrair aprendizados e nos aproximar da nossa humanidade por meio deles;

  • Incentivar a escalada da “Segunda Montanha” pela valorização dos relacionamentos interpessoais. David Brooks aborda o casamento, a fé e a comunidade como formas de entramos em contato com o coração e a alma.

 

Faça o Download do Resumo do Livro "A Segunda Montanha" em PDF grátis

 

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do resumo do livro “A Segunda Montanha” em PDF e leia onde e quando quiser:

 

[Resumo do Livro] A Segunda Montanha - David Brooks, PDF

 

Parte I - As Duas Montanhas

 

Sistemas Morais

 

O sistema moral deixado por uma pessoa é um legado que sobrevive mesmo após a sua morte. Estes sistemas morais são respostas coletivas a grandes problemas de um momento específico, que consistem num conjunto de crenças e comportamentos.

Esses códigos morais guiam sutilmente o modo de vestir, falar, o que admirar e desprezar, e como definir o seu maior propósito. Os sistemas morais podem ser aplicados em diferentes amplitudes no nosso cotidiano, seja influenciando sua casa, o ambiente de trabalho ou exercendo mudanças em uma sociedade inteira.

Os sistemas morais não são à prova de falhas. A Grande Depressão e o pós-guerra aumentaram a demanda de novos costumes na sociedade, em que o indivíduo não era valorizado e isso dava oportunidade para que questões como o racismo, a não valorização da mulher e a homofobia crescessem.

O objetivo de criar um movimento social é remodelar culturas já existentes e melhorá-las. Esse processo deve começar influenciando pequenos grupos. Se o movimento for atraente para as pessoas, elas irão conceder energia e ideias a você.

A cultura atual dá ênfase a ideias como “Sou Livre para Ser Eu Mesmo”, então o indivíduo se torna solitário e suas conexões fracas. A comunidade sofre atenuação e as ligações são dissolvidas, e assim a solidão se espalha.

David Brooks comenta que o mundo acaba se tornando desestruturado, principalmente para o jovem adulto. Um mundo incerto, em que existem poucas autoridades ou seguranças, dificulta que ele se lance para a vida.

 

A Vida no Instagram

 

A infinidade de possibilidades e a autonomia proposta aos jovens dificultam a tomada de decisões. Em meio a um mundo com muitas respostas sobre o que saber, a pergunta mais importante não é respondida: o que eu devo fazer?

Procure fugir do modo de vida considerado pelo autor como estético, o qual atesta que a vida é cheia de possibilidades a serem experienciadas e não ideais a serem vividos. 

Tudo isso é prejudicado pela certeza de que a vida das outras pessoas é melhor. Mas a comparação, de acordo com "A Segunda Montanha", é exatamente a ladra da alegria.

 

A Estrela Insegura

 

Enquanto alguns levam a vida adulta como uma experiência estética, uma outra parte encara como a continuação da escola. Estes nunca tiveram problemas em serem aceitos onde fosse, geralmente vêm de camadas sociais mais elevadas e frequentam escolas competitivas.

A estrela insegura não deseja algo completamente, nunca se tornando preenchida em sua alma. O status e a carreira estão sendo alavancados, mas seu coração nunca está sendo levado em conta.

Segundo David Brooks, quando somente a sua identidade e o nome do seu cargo importam, a comparação constante com as outras pessoas estará novamente presente.

 

O Vale

 

O individualismo gerado pelos modelos sociais de décadas passadas construiu quatro crises sociais que estão inter-relacionadas:

 

  1. A crise da solidão: O isolamento social gera cada vez mais mortes por desespero - suicídio e overdose de drogas;

  2. Desconfiança: A qualidade dos relacionamentos interpessoais está cada vez pior devido às pessoas confiarem somente em si mesmas;

  3. A crise do significado: A falta de significado profundo na vida, a sensação de não ser parte de algo maior tem aumentado os dados de problemas de saúde mental;

  4. Tribalismo: Como um meio de restaurar o significado da vida, as pessoas recorrem às guerras políticas ou reais. O tribalismo é o oposto de comunidade, com foco no inimigo comum.

 

O vale entre a primeira e a segunda montanha representa o sofrimento e a incerteza que aflige as pessoas. É lá que a humanidade é evidenciada.

O maior objetivo da saída do vale é a construção do caráter, aprendendo com os sofrimentos.

 

O Deserto

 

É o período de transição entre o vale e a segunda montanha. Onde você deixa o eu antigo para trás e abre espaço para o novo eu. Um eu mais humano, que o próprio ego não compreende. É aqui que o coração e a alma são descobertos.

 

Coração e Alma

 

O desejo é o potencial mais forte que move uma pessoa. No vale é onde se descobre que a parte mais importante da nossa consciência é o coração.

As emoções guiam a personalidade, são responsáveis pelo valor que damos às coisas e que dizem o que vale a pena querer. A paixão não é o contrário da razão, e sim a base para tudo.

David Brooks retrata a alma como a parte ética e moral da pessoa. O valor e o respeito que o indivíduo conquista durante a vida é ditado pelo valor de sua alma.

As dificuldades do vale vão expor o coração e a alma, nos ensinando que não podemos dar a nós mesmos o que mais desejamos. Aprender com nossas maiores dificuldades amplia a capacidade de amar verdadeiramente. Só assim seremos capazes de iniciar a segunda jornada.

 

A Vida Comprometida

 

A batalha contra a cultura “Sou Livre para Ser Eu Mesmo” deve ser travada no começo da escalada da segunda montanha. Deixamos o individualismo de lado sem pensar em buscar a felicidade pessoal, mas sim o significado em nossas vidas, alegria e valores morais.

O comprometimento começa com um certo movimento do coração e da alma. Você se apaixona por algo - uma pessoa, uma causa ou uma ideia - e se esse amor for forte o bastante você vai passar a se comprometer e doar parte da sua vida a isso.

Este comprometimento produzirá quatro benefícios:

 

  1. Identidade;

  2. Sentido de propósito;

  3. Um novo nível de liberdade;

  4. Construção de caráter moral.

 

Os Quatro Compromissos

 

A escalada da segunda montanha requer quatro compromissos essenciais para alcançarmos o topo: 

 

  1. A vocação;

  2. O casamento; 

  3. A filosofia e fé;

  4. A comunidade.

 

Estes quatro compromissos serão os guias que vão nos fazer alcançar o significado mais profundo em nossas vidas e ter uma vida moral.

 

Parte II - Vocação

 

A escalada da segunda montanha começa pela descoberta de uma vocação.

Diferentemente de encontrar uma carreira, descobrir uma vocação se assemelha a algo místico, como um “chamado”. No início ele pode parecer estranho e confuso.

O despertar de uma vocação se dá pela concepção de uma paixão silenciosa, segundo David Brooks.

Sem exceção, a descoberta de uma vocação tem período de testes. Quando os custos são maiores que os benefícios, você alcança outro nível de intensidade. Se você for movido por uma mentalidade de carreira, desistirá. 

O conhecimento transmitido pela prática é de extrema importância. Este não é adquirido em livros, mas sim transmitido por pessoas que possuem maior experiência.

 

Como tomar decisões grandes e transformativas da vida?

 

Para tomar uma decisão sábia sobre vocação, seu estilo de vida deve manter a sua alma e coração despertados todos os dias.

Música, teatro, arte, amizade, estar próximo de crianças e, contraditoriamente, da injustiça. Estes são grandes exemplos de atividades que despertam o coração e envolvem a alma.

As pessoas que tomam as decisões mais sábias sobre vocação são as que vivem todos os dias com seus desejos despertos e vivos. Não estão em escritórios chatos, mas sim aceitam empregos onde há problemas. Elas confrontam seus desejos em prol de entender o que realmente anseiam.

As características finais da decisão de vocação são:

 

  • Não criar um plano de carreira. Pensar no que tocará seu desejo mais profundo, na atividade que mais te satisfaz realmente;

  • Encontrar o equilíbrio entre uma demanda social e uma atividade que te proporciona entusiasmo.

 

Parte III - Casamento

 

O significado do casamento, no geral, é oferecer amor, respeito e segurança. No decorrer dos dias há inúmeras demonstrações de que desistimos do ego pelo bem da união maior.

Na escalada da segunda montanha, o casamento tem o papel de ajudar na remodelação do caráter. É aceitar a ajuda de seu companheiro e não ter receio de reconhecer a dependência por outra pessoa. Isso fortalecerá a relação com sua humanidade.

 

Os Estágios da Intimidade

 

Como dois estranhos chegam ao ponto de querer se casar? “A Segunda Montanha” retrata três estágios em que essa decisão começa a ser tomada.

 

  1. O Vislumbre: O olhar emitido por uma pessoa, inesperadamente, causando o despertar de um interesse;

  2. Curiosidade: O desejo de conhecer. Sua mente se move em direção a algo;

  3. Diálogo: A conversa que, de início, busca similaridade, conhecimento. Mas para a surpresa, o diálogo acaba continuando e não terminando como todos os outros terminaram.

 

A Decisão do Casamento

 

“A Segunda Montanha” propõe que a avaliação na decisão do casamento passe por três lentes: A psicológica, a emocional e a moral.

Na lente psicológica vemos duas características principais a serem observadas:

 

  1. A amabilidade deve ser procurada. Se a pessoa é bondosa, afetuosa, amigável, flexível, compreensiva, acolhedora, sensível e confiável;

  2. O neuroticismo é o que deve ser evitado. Pessoas neuróticas são tensas, temperamentais e propensas à tristeza.

 

Na lente emocional devemos nos questionar sobre a natureza do amor pelo outro. 

Finalmente na lente moral, onde a admiração pela outra pessoa o fará superar os momentos de crise, “A Segunda Montanha” aborda algumas perguntas que podem te ajudar nesse questionamento: Essa pessoa é honesta? Eu admiro essa pessoa profundamente? Essa pessoa mantém suas promessas?

 

Parte IV - Filosofia e Fé

 

Em “A Segunda Montanha”, David Brooks nos traz a proposta de, possivelmente, nos aprofundarmos em uma fé. De entendermos que uma criatura de amor infinito tenha feito uma promessa para nós. Considerar a possibilidade de que nós sejamos aqueles com quem ela se comprometeu infinitamente.

A fé tem o poder de infundir o ser em maior humildade e nos trazer mais esperança. Não é uma fé caricata em um homem velho de barba branca, mas sim uma fé em possibilidades maiores do que as que você vive e estar sempre perseguindo estas possibilidades.

As comunidades religiosas falam sobre o enriquecimento da alma e do coração de uma forma natural. Elas nos colocam em contato com a humildade e humanidade. Pregam que não precisamos só do dinheiro, mas também de dignidade, amor e propósitos.

 

Parte V - Comunidade

 

Na última parte de “A Segunda Montanha”, os conceitos de comunidade são elucidados.

Uma comunidade saudável é um sistema onde relacionamentos são o foco principal, onde a ajuda mútua está sempre presente, as pessoas se inserem nos trabalhos uns dos outros, sabem os segredos uns dos outros. A devoção que aplicamos às nossas famílias deve ser expandida para os nossos vizinhos.

O primeiro estágio da construção de uma comunidade é a decisão de alguém a se comprometer e colocar a comunidade acima do ego.

O próximo estágio é compreender que a vizinhança é a unidade essencial da mudança social e precisa ser consertada como um todo.

O terceiro estágio se trata de reunir a comunidade. Promover intimidade entre os membros participantes. É interessante sempre fazer perguntas profundas na conversa e ouvir as respostas.

O caminho para alcançar o aprofundamento na comunidade é o compartilhamento de histórias. Uma história leva a outra, instigando o surgimento de histórias mais profundas.

O aprofundamento acontece com o despertar da emoção pelo compartilhamento dessas histórias.

 

Conclusão: O Manifesto Racionalista

 

“A Segunda Montanha” representa duas visões de contraste entre duas visões principais sobre a moralidade no mundo.

A primeira montanha representa o contexto individualista que é fortemente vivido atualmente. Onde a valorização do ego é o foco.

Já a segunda montanha representa o mundo visto de uma maneira racionalista, em que a evolução moral existe e é compartilhada entre as pessoas. Há valorização do coletivo, da comunidade e das relações entre as pessoas.

 

O que outros autores dizem a respeito?

 

Na obra “Ikigai: Os cinco passos para encontrar o seu propósito de vida”, o autor Ken Moji descreve os prazeres e significados da vida, baseando-se nesta filosofia japonesa. Pronto para encontrar o seu Ikigai?

A partir da obra, “Mais Esperto Que o Diabo”, de Napoleon Hill, você aprende a enfrentar suas dificuldades em busca de suas metas pessoais, com dicas para atingir a realização plena e o sucesso.

Por fim, em “Os Segredos Que Vão Mudar a Sua Vida”, encontram-se diversas lições sobre o sucesso, sendo que este está atrelado, segundo a obra, a um plano pessoal que deve ser executado utilizando-se os poderes do subconsciente humano.

 

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

 

  • Primeiramente, a jornada em direção a uma vida moral se inicia quando entramos em contato com a humanidade que foi esquecida, devido à valorização do ego;

  • O segundo passo é procurar e encontrar uma vocação. Algo que te desperte o extremo interesse e que, apesar das dificuldades, você decide continuar e persistir;

  • O casamento nos ensina a amar, a fortalecer e valorizar o relacionamento com outra pessoa. “A Segunda Montanha” nos ensina a avaliar essa grande decisão com questionamentos simples sobre a vida junto de alguém;

  • David Brooks propõe que se permita o contato com uma fé. Para o autor, ter fé é estar em contato com a humanidade e a esperança;

  • Finalmente, devemos criar ou nos integrar em uma comunidade. Fazer parte de um círculo social onde problemas são expostos fortalece muito os relacionamentos e nos faz criar a intimidade para que possamos resolver os problemas comuns entre essas pessoas.

 

Gostou desse resumo do livro “A Segunda Montanha”?

 

Esperamos que com esse resumo você esteja pronto para a escalada em busca de uma vida moral e muito mais significativa. Deixe sua opinião nos comentários, seu feedback é de extrema importância.

Se está curioso para adentrar ainda mais nessa grande obra, adquira o livro clicando na imagem abaixo:

 

Livro A Segunda Montanha

 
Nota:
O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.
Favoritar
Salvar
Lido
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!