As Upstarts - Brad Stone

Como duas empresas que começaram do zero e passaram por muitos perrengues se tornaram referência no mundo? Conheça aqui a história da Uber e da Airbnb.

Favoritar
Salvar
Lido
Escolha sua linguagem:

Atualmente, Uber e Airbnb são os mais representativos de uma nova geração de empresas de tecnologia: as upstarts, como denomina o autor Brad Stone.

Com seus criadores excêntricos e propostas não precisamente inovadoras em sua finalidade, mas disruptivas e revolucionárias no modelo em que são retratadas, essas empresas estão enfrentando as convenções, à margem de normas e regras que se mostram ultrapassadas diante à rápida ascensão desses novos negócios.

Mirando especialmente nas trajetórias da Uber e Airbnb, esta obra é uma exposição da origem, do crescimento e do gigante impacto, positivo ou negativo, desses jovens monstros do Vale do Silício no contexto empresarial e na vida de todos nós.

Continue a leitura e se surpreenda com uma análise franca e precisa de uma era de negócios que vão transformar o mundo, independente do custo!

 

Sobre o livro “As Upstarts 

 

Publicado em 2017, “As Upstarts”, escrita por Brad Stone, traz a história de dois fenômenos: Uber e Airbnb. Com eles, é possível ver como o enorme ímpeto e autoconfiança de um empreendedor pode mudar o mundo e ainda gerar riqueza.

O livro possui 384 páginas e 12 capítulos que são divididos em três partes: “Projetos Paralelos”, “A Construção de Um Império” e “O Julgamento das Upstarts”. 

 

Sobre o autor Brad Stone

 

Brad Stone é escritor, jornalista americano, editor executivo sênior de tecnologia global na Bloomberg News e autor do best-seller: “A Loja de Tudo”.

Além disso, ele já trabalhou para diversos jornais americanos renomados como Newsweek, New York Times e Bloomberg Businessweek.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

Mesmo que você nunca tenha usado o aplicativo da Uber nem se hospedado em uma casa da Airbnb, sua vida com certeza foi impactada por essas duas companhias, e você verá por conta própria os muitos desdobramentos das batalhas travadas por esses gigantes e as inovações que ainda estão por vir. 

Por isso, além de uma história de superação e sucesso, “As Upstarts” é um retrato de uma era, sendo uma leitura obrigatória para quem quer entender tanto o mundo de hoje quanto o que está por vir.

 

Ideias principais do livro “As Upstarts 

 

  • "Toda grande startup começa como um projeto paralelo que não é prioridade para ninguém";
  • A palavra "Upstart" é usada para mega startups como Airbnb e Uber;
  • "As Upstarts não é o fim de uma história, mas uma excelente história sobre um início";
  • O Airbnb cresceu da ideia de um homem para uma potência no setor de hospedagem;
  • A constante reinvenção da Uber fez dela um sucesso global.

 

Faça o Download do Resumo do Livro "As Upstarts" em PDF grátis 

 

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

 

[Resumo do Livro] As Upstarts - Brad Stone, PDF


Onde tudo começou

 

Airbnb

 

Conforme narrado pelo autor Brad Stone em seu livro “As Upstarts”, em setembro de 2007, os designers Nathan Blecharczyk, Brian Chesky e Joe Gebbia, criadores da plataforma Airbnb, se encontravam sem dinheiro para pagar o aluguel do apartamento onde moravam, em São Francisco.

Então, tiveram a ideia de aproveitar o Congresso Mundial de Design para transformar o apartamento em um Bed and Breakfast, ou “Cama e Café da Manhã” em português. Isso porque, durante o evento, o fluxo da cidade aumentava consideravelmente, assim como os preços de hospedagem.

Os seus hóspedes teriam direito à internet Wi-Fi, um escritório, um colchão para dormir e café da manhã durante os quatro dias do evento. Com o dinheiro que seria arrecadado, os jovens poderiam pagar o aluguel do apartamento.

No começo, o site do Airbnb permitia aos hóspedes encontrar colegas de quarto que fossem compatíveis baseados nos perfis do Facebook e do site de classificados online de aluguel de apartamentos “Craigslist”. No entanto, os primeiros anos do site foram de baixa procura.

 

Uber

 

Garrett Camp e Travis Kalanick, dois norte-americanos de São Francisco, haviam se tornado milionários com as vendas de suas respectivas empresas. Kalanick vendeu a sua empresa Red Swoosh por U$ 20 milhões, enquanto Camp vendeu o seu site StumbleUpon por U$ 75 milhões.

Entretanto, foi no congresso de tecnologia e empreendedorismo de Paris, que uma ideia começou a surgir. Diante do incômodo de não conseguir encontrar um táxi, os dois empreendedores pensaram: “e se as pessoas pudessem pedir um transporte apenas abrindo um aplicativo na palma de suas mãos?”.

Segundo o autor Brad Stone, ao voltarem a São Francisco, começaram a avançar com a ideia, se reunindo com uma empresa de consultoria de aplicativos móveis chamada Mobly que criaria o aplicativo, mas isso aconteceria apenas em 2009.

No início, chamado de Ubercab, o aplicativo oferecia somente carros de luxo. Em outras palavras, a Ubercab era um serviço de táxis tradicionais, mas com carros de luxo.

 

Obstáculos na jornada

 

Airbnb

 

A empresa passou por várias dificuldades: se deparou com a resistência de várias entidades regulamentadoras que controlam a indústria de hospedagens em diversas cidades, uma situação de clonagem em seu site, o que causou um grande transtorno.

Além disso, teve de lidar com uma ocasião em que um dono de casa relatou que havia tido seus pertences roubados, e o apartamento vandalizado por um hóspede do Airbnb.

Essa situação acabou gerando uma repercussão amplamente negativa para a imagem da empresa. Era o momento mais difícil que os jovens empreendedores do Vale do Silício estavam enfrentando.

Várias situações como essa estavam acontecendo e problemas entre anfitriões e hóspedes eram frequentes, fazendo com que a empresa pagasse muitas indenizações. 

O autor Brad Stone relata em seu livro “As Upstarts” que, para resolver esses problemas, os fundadores disponibilizaram uma opção mais segura para os usuários da plataforma. Então, foi criado o sistema de avaliação entre hóspedes e anfitriões.

Dessa forma, outras pessoas passaram a ver a avaliação antes de escolher o seu anfitrião ou então de aceitar o seu hóspede. Além disso, a empresa criou um canal de relacionamento 24 horas com seus clientes para que pudessem relatar possíveis reclamações.

Para resolver o problema de clonagem, os jovens tiveram que comprar um dos clones. A partir daí, a empresa passou a se fixar.

 

Uber

 

Os primeiros anos foram difíceis. A Uber enfrentava dificuldades para atrair investidores, isso vinha do fato de que a empresa possuía problemas vindos da regulamentação com a indústria local de táxi. Além das dificuldades que tinha em fazer uma pessoa se cadastrar.

No segundo semestre de 2010, a empresa recebeu uma ordem da entidade regulamentadora de táxis que afirmava que a Uber era uma empresa de táxi não regulamentada. 

De acordo com o autor Brad Stone, a insistência na operação acarretaria em uma multa de US$ 5 mil por corrida, além de noventa dias de prisão para cada dia de funcionamento.

Para resolver esse problema, os advogados da empresa alegaram que a Uber não era uma empresa de táxi. Ela era nada mais do que uma intermediária entre passageiros e motoristas. Dessa forma, tal alegação permitiu que a empresa continuasse a funcionar.

O livro, “As Upstarts”, conta que esta vitória diante da regulamentação foi um momento de grande fortificação da empresa, com um impacto muito favorável nos blogs de tecnologia do Vale do Silício, aumentando o número de corridas consideravelmente, cerca de 30% superior em relação ao mês anterior.

 

A Expansão

 

Airbnb

 

Uma grande mudança no caminho da empresa foi a Y Combinators, uma aceleradora. Após ela, a empresa começou de fato o seu crescimento, principalmente com o apoio das estratégias de Nathan Blecharczyk, que possuía um amplo conhecimento de mecanismos de busca e anúncios.

Nathan foi o precursor em usar os sistemas de anúncio do Facebook, se tornando especialista em palavras chaves mais procuradas pelos usuários, criando anúncios cativantes e posicionando o Airbnb no topo das ferramentas de busca.

Em 2010, o Airbnb alcançou cerca de 700 mil reservas em mais de 8 mil cidades a partir dos anúncios de Blecharczyk, além de ter lançado o aplicativo. Já em 2011, a empresa conquistou outro investidor, Oliver Jung, que abriu escritórios da Airbnb em várias cidades: Milão, Barcelona, Londres, Berlim, Copenhague, Hong Kong e Cingapura.

Segundo o relato do autor Brad Stone em seu livro “As Upstarts”, com a expansão de Jung, a Europa rapidamente se tornou o maior mercado da empresa. 

No entanto, a empresa lidava com obstáculos regulatórios e ainda não havia conseguido se instalar em Nova Iorque, onde a indústria hoteleira é profundamente inflexível. Belinda Johnson foi chamada para tomar a frente e lidar com os problemas jurídicos da empresa.

Para garantir a regulamentação dos aluguéis em cidades como Chicago, Washington e Phoenix, a empresa passou a cobrar taxas de hospedagem dos anfitriões também. A partir das negociações de Johnson, o Airbnb foi atuando, cada vez mais, de forma totalmente legalizada

No ano de 2016 a empresa tinha mais de 2.600 funcionários, e estava avaliada em U$ 30 bilhões, a quarta startup mais valiosa do planeta, sendo mais valiosa do que qualquer outra rede hoteleira. Atualmente, o site oferece também opções inovadoras como barcos, suítes de avião e iglus.

 

Uber

 

De acordo com o livro “As Upstarts”, no segundo semestre de 2010, a empresa recebeu investimentos significativos do Grupo Série A, que era liderado por Bill Gurley, fazendo com que a Uber fosse avaliada em U$ 60 milhões.

Diante dessa grande potencialização, a empresa começou a se expandir pelos Estados Unidos. Nesse crescimento, uma pessoa acabou se destacando, a estagiária Austin Geidt, que mais tarde virou chefe de operações de motoristas.

Mesmo com a questão de regulamentação resolvida em São Francisco, a empresa tornou a ter problemas, principalmente em Nova Iorque, que impunha que os motoristas de carros de luxo fossem associados a alguma base. 

Contudo, Kalanick se negava a registrar a Uber como base, isso porque as taxas e exigências que a empresa teria que suportar seriam muitas.

O autor Brad Stone explica que o tempo de espera dos clientes era bastante elevado, uma vez que o recrutamento de taxistas também era muito difícil em Nova York, ou seja, o número de motoristas era realmente limitado. 

Para solucionar esse problema, a UberX foi criada. Agora, no lugar dos carros de luxo, qualquer motorista poderia transportar um passageiro até seu local de destino. 

O preço seria fixo, antes da corrida ter início, e o cliente poderia acompanhar toda a rota do motorista, em tempo real.

Além disso, para aumentar mais ainda o número de motoristas, a empresa criou a modalidade de alta demanda, ou seja, a tarifa da corrida seria acrescida de X%.

 

O que outros autores dizem a respeito?

 

O autor José Dornelas defende em seu livro, “Empreendedorismo”, a importância de criar e manter uma rede de contatos que possa te assessorar e ajudar no desenvolvimento e na implementação de uma ideia para a construção de um negócio promissor.

No livro, “A Startup Enxuta”, o autor Eric Ries ensina como é possível validar ideias para saber se o produto agrega ou não valor para os clientes. Isso é chamado MVP ou “produto mínimo viável”.

Para finalizar, em “Empresas Feitas para Vencer”, o autor Jim Collins explica como aplicar a cultura da disciplina em uma companhia pode alavancar os resultados, disseminando essa prática para todos os colaboradores, que são essenciais para o sucesso de uma organização.

 

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

 

Várias ações tornaram a Airbnb e a Uber as empresas que são hoje. Mas os valores adotados por elas certamente contribuíram largamente na busca por resultados. Segundo o autor Brad Stone, eles são:

 

  • Obsessão com o cliente. Comece com o que for melhor para ele;
  • Faça mágica. Procure avanços que resistam ao teste do tempo;
  • Apostas altas e ousadas. Arrisque-se e plante sementes para daqui a cinco ou dez anos;
  • Lado avesso para fora. Descubra a lacuna entre a percepção popular e a realidade;
  • Mentalidade de campeão. Dê tudo de si para vencer as adversidades e levar a empresa à linha de chegada;
  • Liderança otimista. Inspire pessoas;
  • Superpumped (Supermotivado). O mundo é um quebra-cabeça a ser resolvido com entusiasmo;
  • Seja dono, não inquilino. Resoluções são vencidas por quem de fato acredita;
  • Deixe os construtores construírem. As pessoas precisam ter o poder de construir coisas;
  • Sempre com pressa. Consiga mais resultados com menos, ao trabalhar por mais tempo, com mais afinco e mais inteligência;
  • Confronto com base em princípios. Às vezes, o mundo e suas instituições precisam mudar para que o futuro possa chegar. 

 

Gostou desse resumo do livro “As Upstarts”? 

 

Se você gostou da obra de Brad Stone, deixe seu feedback para sabermos sua opinião e oferecermos sempre o melhor para você! 

Além disso, para se inteirar mais sobre o conteúdo, adquira o livro clicando na imagem abaixo:

 

Livro “As Upstarts”

 

                                      

Nota:
 
O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A PocketBook4You respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da PocketBook4You e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.
Favoritar
Salvar
Lido
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!

Aprenda um novo livro a cada dia. Se inscreva na news e confira os destaques de hoje!