Pense Melhor - Tim Hurson

Pense Melhor - Tim Hurson

Descubra o Pensamento Produtivo e como ele pode te ajudar a chegar em soluções criativas para os seus desafios, de forma mais rápida e eficiente.

Quem não quer aprender a resolver problemas de forma mais fácil e utilizar sua capacidade mental a fim de facilitar a criatividade e geração de ideias? Pois é essa a proposta feita pelo autor Tim Hurson em seu livro "Pense Melhor", com a apresentação do Pensamento Produtivo.

Ele narra o contexto em que o Pensamento Produtivo foi criado, passando pelo princípio, ideias e teorias, para depois expor o modelo na prática.

O Pensamento Produtivo é uma metodologia de pensar de forma produtiva na resolução de problemas, e pode ajudar você e sua equipe a chegarem rapidamente a soluções criativas para o seu negócio.

Quer saber mais? Então continue a leitura deste PocketBook e entenda como aplicar na prática esse conceito em todas as áreas da sua vida!

Sobre o livro "Pense Melhor"

Escrito pelo autor Tim Hurson e publicado no Brasil pela primeira vez em janeiro de 2009, pela DVS Editora, com o título completo de "Pense Melhor: Um Guia Pioneiro Sobre o Pensamento Produtivo", o livro apresenta 312 páginas e é dividido em quatro partes e 14 capítulos.

O original foi publicado em inglês pela editora McGraw-Hill Education em 2007 com o título de "Think Better: An Innovator's Guide to Productive Thinking".

Sobre o autor Tim Hurson

Tim Hurson sempre acreditou que o pensamento criativo era algo que poderia ser ensinado, que pessoas poderiam ser treinadas para pensar em soluções criativas para problemas do cotidiano.

Com base nessa ideia e anos de estudo, ele desenvolveu o MPP (Modelo de Pensamento Produtivo), que é a premissa do livro "Pense Melhor".

O autor também é empresário, sendo sócio-criador da empresa ThinkX, que realiza treinamento, assistência e consultoria sobre pensamento produtivo e inovação. Hurson nasceu no ano de 1946 na África do Sul e hoje mora no Canadá.

Esse livro é indicado para quem?

"Pense Melhor" é recomendado para empresários, líderes e coordenadores que buscam melhorar o processo de resolução de problemas de seus negócios ou equipes.

Se você acredita que é possível aprimorar a maneira de pensar, de forma produtiva, então este livro é para você.

Ideias principais do livro "Pense Melhor"

  • O sucesso tem menos a ver com o que sabemos e mais com a forma que pensamos;
  • Saiba separar o pensamento criativo do crítico;
  • Seguir sempre o mesmo caminho pode não ser a melhor solução;
  • A criatividade pode ser aprendida;
  • Pensar exige esforço, mas vale a pena;

Faça o Download do Resumo do Livro "Pense Melhor" em PDF grátis

Está sem tempo para ler agora? Então faça o download gratuito do PDF e leia onde e quando quiser:

[Resumo do Livro] Pense Melhor - Tim Hurson, PDF

Contexto do Pensamento Produtivo

O autor Tim Hurson começa o livro, "Pense Melhor", contando a história de um experimento feito com a lagarta processionária. Essas lagartas basicamente seguem em fila o rastro deixado pela sua líder sem nunca se desviar ou ver o que tem ao redor.

Durante o experimento, as lagartas foram colocadas em círculos e dessa forma ficaram andando sem parar até que algumas morreram ou desmaiaram, impedindo que as outras seguissem em seu rastro e assim forçando-as a seguir para outros lados.

Hurson diz que o Pensamento Produtivo tem a ver com a liberdade de poder pensar por conta própria e não apenas seguir o rastro brilhante à nossa frente como as lagartas fazem.

Benefícios do Pensamento Produtivo

Hurson ressalta que "nada é perfeito", ou seja, não existe nada no mundo que não possa ser melhorado, e você conseguir ter um pensamento produtivo pode te ajudar a enxergar de forma mais fácil soluções para problemas do dia a dia.

Na era da internet, todos têm acesso fácil, rápido e quase sem custo a todas as informações. Portanto, o conhecimento está deixando de ser um grande diferencial no mundo atual. Hurson diz que o que passa a diferir as pessoas não é quem sabe mais, mas quem pensa melhor.

O MPP (Modelo de Pensamento Produtivo) é um método que pode ser ensinado e aprendido, e por isso qualquer pessoa disposta pode aprender a pensar de forma diferente e aumentar sua competitividade no mercado.

Barreiras que nos impedem de sermos criativos e eficazes

O pensamento profundo, aquele que demanda verdadeira concentração, é um trabalho árduo. O nosso cérebro consome 20% do oxigênio e calorias que queimamos diariamente apenas para funções básicas de se manter vivo.

Para economizar energia o cérebro usa três artifícios, ou ele fica disperso, ou em estado de reação ou apenas segue padrões. Tudo isso para evitar o difícil trabalho de pensar.

Apesar de serem úteis para o dia a dia, esses três mecanismos do cérebro para economizar energia ou poupar trabalho servem como barreiras para o pensamento produtivo, para a criatividade.

Hurson traz em seu livro o exemplo da solução do problema de uma caneta que não escreve no Espaço por falta de gravidade.

Enquanto os Estados Unidos gastaram uma fortuna e muito tempo para desenvolver uma caneta que funcionasse, os soviéticos conseguiram resolver o problema simplesmente utilizando lápis.

A solução poderia ser simples, fácil e barata, mas a barreira da criatividade e a regra de sempre tentar desenvolver algo com a tecnologia impediu que os americanos pensassem em utilizar os lápis como solução.

Princípio por trás

Pensamento Produtivo e Reprodutivo

De forma bem simples, Tim Hurson diz que o pensamento reprodutivo se concentra em refinar algo que já se sabe, enquanto o produtivo é focado em gerar novas coisas, novas respostas, novas soluções.

O pensamento reprodutivo é a reação de algo que já se conhece - um certo estímulo vai sempre causar a mesma reação. São como repetições, em que se faz algo pois é assim que sempre foi feito. Isso pode ser bom para ganhar tempo em funções básicas mas, em outras funções, pode inibir oportunidades de melhorá-las.

O pensamento produtivo, por sua vez, cria algo novo, pensa em uma opção melhor, mais eficiente e mais criativa de reagir ao estímulo. O autor diz que:

"O pensamento reprodutivo pode dar feitio e adaptar algo irremediavelmente obsoleto como o chicote. Somente o pensamento produtivo consegue imaginar um carro."

O pensamento produtivo muda nossa forma de ver o mundo - não apenas lidar com as mudanças, mas criar mudanças. Consiste em utilizar da melhor forma o pensamento criativo e o crítico. Isso se faz afastando completamente um dos pensamentos, para focar e potencializar o outro.

Primeiro usamos o criativo para gerar o máximo de ideias e soluções, para apenas depois voltarmos ao pensamento crítico para avaliar sua aplicabilidade.

Investigar os problemas x Saltar para conclusões

Segundo o autor Tim Hurson, saber algo pode ser considerado como um dos maiores obstáculos do pensamento produtivo. Quando uma pessoa já sabe como fazer algo, ela pode impedir outra de criar um jeito novo e mais eficiente de resolver aquele problema.

A ideia do pensamento produtivo é que, mesmo quando nos deparamos com uma resposta óbvia, continuemos questionando, perguntando e investigando. Respostas óbvias e pré-estabelecidas nos impedem de pensar.

Brainstorming bom e ruim

Tim Hurson apresenta em seu livro, "Pense Melhor", a ideia de que existem dois tipos de brainstorming, o bom e o ruim. O ruim é aquele em que as ideias já são automaticamente classificadas como boas ou ruins e estas últimas são descartadas.

Já no brainstorming bom, todas as ideias são válidas, aceitas e colocadas como possibilidades - nele o pensamento crítico é deixado de lado, em um primeiro momento. O autor diz que pesquisas mostram que em um brainstorming bom, as ideias são divididas em três partes que se seguem cronologicamente.

Na primeira surgem as ideias usuais, na segunda as ideias começam a ousar e fugir do comum, e por fim, na terceira as ideias são realmente fora da caixa - é aí que, na maioria das vezes, aparecem as melhores ideias e as soluções mais criativas.

Teoria

Para montar a teoria do MPP, o autor Tim Hurson e sua empresa ThinkX criaram as seis etapas do pensamento produtivo:

1ª Etapa: O que está havendo?

De acordo com o livro "Pense Melhor", essa etapa consiste em realizarmos cinco perguntas para resolver um problema:

  1. Qual é o anseio? - O que precisa ser corrigido ou aprimorado;
  2. Qual é o impacto? - Como esse problema pode abalar as pessoas;
  3. Quais são as informações? - O que temos de informação do problema;
  4. Quem está envolvido? - Quais as partes interessadas;
  5. Qual é a visão? - Focar em como seria o ideal.

2ª Etapa: O que é sucesso?

Tim afirma que, nessa etapa, o foco é no futuro. É importante visualizar o problema já resolvido. Qual a sustentação dessa solução? O que seria o sucesso? Aqui é preciso idealizar uma estrutura para a solução.

3ª Etapa: Qual é a pergunta?

Continuando o método do pensamento produtivo, Tim Hurson diz que é preciso saber identificar quais as perguntas que precisam ser respondidas para que o futuro da etapa anterior seja alcançado.

Questione: o que é preciso fazer, conseguir, criar ou mudar, para que no futuro a resposta almejada se torne possível?

4ª Etapa: Gerar respostas

Aqui você busca respostas para todas as questões levantadas na etapa anterior. Quais são as respostas mais promissoras? Você deve explorá-las. Mesmo que as respostas ainda não se pareçam com a solução final do produto, continue trabalhando.

De acordo com o livro, é preciso explorar e aprofundar todas as respostas mais promissoras para poder estruturar sua solução.

5ª Etapa: Forjar a solução

Somente nessa etapa, depois de aprofundar ao máximo em suas respostas, é possível criar uma solução para o problema proposto. Com as melhores ideias, desenvolvidas na etapa anterior, se molda uma solução real.

É preciso avaliar o potencial das ideias, comparando-as com os critérios da segunda etapa. Depois de identificar a solução que melhor se encaixa, é preciso testá-la e refiná-la até ter uma solução sólida.

6ª Etapa: Alinhar recursos

Nessa etapa, define-se o que é necessário para implementar a solução. Quais recursos, ações, medidas e alterações precisam ser feitas para que a solução criada na quinta etapa seja possível?

Conforme explicado por Hurson, ao terminar a última etapa, você tem um plano de ação realista para a execução da solução, levando em conta as suas variáveis, necessidades e partes envolvidas.

Prática

O MPP é um método que foi desenvolvido com base em muitos estudos e, segundo Tim Hurson, já funcionou em diversas situações. Porém, como toda teoria, ele pode não se adequar, e está sempre sujeito a mudanças e adaptações.

O autor compara o método à uma disposição, dizendo não ser engessado, mas adaptável à realidade dos seus problemas.

Lembrando que não pode haver pressa para gerar resultados criativos e que encontrar respostas erradas por pressa é contra-produtivo e um desperdício de tempo.

Hurson afirma que o MPP é indicado apenas quando é preciso ter novas ideias para enfrentar desafios. Quando uma nova ideia não se faz necessária, o método não precisa ser aplicado.

A prática leva a perfeição, e o pensamento produtivo e a criatividade podem ser treinados e aperfeiçoados.

O autor volta ao ponto inicial do livro "Pense Melhor", em que diz que tudo pode ser aprimorado e, portanto, frente a desafios, é preciso colocar os passos em prática para direcionar o pensamento a encontrar uma solução.

"Se conseguir identificar uma área em que seu universo poderia ser aprimorado, ponha o pensamento produtivo à prova. Quanto mais usá-lo, mais natural ele se tornará, mais afinado você ficará e mais vantagens poderá extrair dele."

O que outros autores dizem a respeito?

Para Daniel Goleman, autor de "Inteligência Emocional", emoções fortes podem interferir na atenção e em todos os aspectos do pensamento claro. Em vez de tentar eliminar seus sentimentos, as pessoas devem se esforçar para encontrar um inteligente equilíbrio entre razão e emoção.

No livro "Rápido e Devagar", o autor Daniel Kahneman ensina como a mente humana funciona. Além disso, ele ensina também a como tomar as melhores decisões.

Por fim, no livro "Mindset", da psicóloga Carol S. Dweck, é debatido como nossas crenças moldam nosso comportamento e nosso crescimento. Seres humanos podem ser ensinados a reagir de diferentes formas às diferentes situações.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

Após descobrir todos os detalhes do Modelo de Pensamento Produtivo elaborado pelo autor Tim Hurson, separamos algumas dicas que podem te ajudar:

  • Saiba identificar os momentos em que soluções melhores podem ser aplicadas;
  • Não tenha medo de pensar diferente. Encontrar uma solução melhor e mais eficiente para um problema pode depender apenas de você;
  • Aplique as etapas do MPP sempre que precisar de novas ideias para enfrentar desafios;
  • Não tenha pressa, a criatividade não pode ser apressada;
  • Saiba diferenciar o brainstorming bom do ruim e busque sempre levar as pessoas para o lado útil da atividade.

Gostou desse resumo do livro "Pense Melhor"?

Esperamos que você tenha gostado do nosso resumo e consiga desenvolver o pensamento produtivo seguindo os ensinamentos do autor Tim Hurson. Deixe sua opinião nos comentários, seu feedback é muito importante para nós!

Além disso, para se inteirar mais sobre o conteúdo, adquira o livro clicando na imagem abaixo:

Livro “Pense Melhor”

Adicionar aos favoritos
Ler mais tarde
Marcar como lido
Create Account
Cadastre-se gratuitamente

E receba semanalmente resumo dos maiores best sellers para ler e ouvir quando quiser!